2000-20) Miscelânea de dúvidas

Volta ao índice de Dúvidas

1) Linux
2) No-Break
3) Display digital
4) Estabilizadores de voltagem
5) Stand by
6) Detectando problemas na rede elétrica
7) Gabinete que pisca
8) Interferência
9) PC avança para 2094
10) Estudando eletrônica
 

1) Linux
Tenho um AMD K6-2 500MHz e gostaria de instalar Linux nele. Só que minha placa é toda on-board e me disseram que o computador não vai aceitar o programa, é verdade? Coloquei senha na Bios e queria saber se existe algum arquivo onde fica locado essa senha? Seria possível colocar mais de uma senha no computador como no Linux Administrador /Usuário?

Resposta:
Sim, existe realmente um problema em relação ao reconhecimento de soft modems no Linux. Os fabricantes desses modems não têm cooperado na liberação de informações técnicas necessárias para a produção de drivers para Linux, por isso tem sido bastante lenta a disponibilização dos drivers, criados através de engenharia reversa. Mesmo assim as empresas distribuidoras do Linux têm mantido informações sobre os soft modems já suportados. Acesse a página da Conectiva (www.conectiva.com.br) ou de outros distribuidores do Linux e verifique se o soft modem da sua placa de CPU já é suportado.

Volta ao topo da página

2) No-break
Tenho No-break, e quando ligo o sistema, o PC liga e, logo em seguida, desliga. Aciono o botão Power e ele se liga novamente. Para desligá-lo, já que tem fonte ATX e está com o ACPI habilitado, basta acionar o botão Power e ele faz todo o processo de desligamento. Já tentei todas as configurações relativas a gerenciamento de energia no BIOS e também no Windows para que o liga-desliga e ligar novamente ocorram, mas foi em vão. O meu técnico diz que essa é uma característica de computadores com fonte ATX com ACPI ativado, ou sistema "on now", e o computador deveria sempre estar conectado na energia, mesmo quando desligado. Como desligo o no-break, o liga-desliga ocorre. Mas acho que deveria haver uma maneira de se evitar isto ( o liga-desliga), como no meu caso, usuário de no-break. Outra coisa estranha diz respeito ao sistema de espera. Ás vezes, quando o computador está no regime de espera, ele se ativa normalmente quando aciono a tecla "espaço" do teclado, e em outras vezes, nas mesmas circunstâncias, ele faz uma re-inicialização. Esse comportamento é imprevisível, já apelei para a Microsoft, com a Troni e o meu técnico disse que está tudo normal, que é próprio da combinação ATX+ACPI+ on-now. Eu desconfio que deve ser algum defeito em minha placa-mãe que justificaria isso o que está acontecendo. Você poderia me esclarecer o que está ocorrendo? Meu PC tem placa-mãe Asus P2-99 (full) com BIOS Award, processador Pentium III 500 Mhz, 64 MB RAM SDRAM com placa de vídeo ATI Rage II AGP 8MB Ram, placa de som SoundBlaster 16 ISA, placa controladora SCSI Iomega Zoom/Adaptec, placa PCI ISDN Trellis, drive CD-ROM Creative 52x. Também tenho dois discos rígidos, o master um Quantum Fireball de 4.3 MB e o slave um Samsung 8.4 Mb. O gabinete é ATX da marca Troni.

Resposta:
Eu experimentaria utilizar outra fonte de alimentação. Já observei este efeito em alguns casos. Ocorre apenas com algumas placas de CPU, e ainda assim, depende da fonte utilizada. Com algumas fontes ocorre, com outras não. Com a maioria das placas de CPU o problema não ocorre com fonte alguma, com algumas fontes, o problema não ocorre com placa de CPU alguma. Mesmo quando tudo é ATX e quando é utilizado o ACPI e o On Now. Para mim isto é conseqüência da grande variedade de fabricantes das peças usadas nos PCs. Isso nunca vai ocorrer com um Macintosh, já que eles projetam as placas e a fonte. Nunca vai ocorrer também um um computador de grife como Compaq ou IBM, pois eles simplesmente não vão homologar uma fonte que tenha esta característica (eu espero que não). Tenho aqui por exemplo uma placa Asus K7M que dá este problema com uma fonte Upson, mas não dá com uma fonte usada em um gabinete Genius, nem em um gabinete Microcase.

O uso do estado de espera permite que o PC volte a ficar ativo em poucos segundos, mas para isto é preciso que o fornecimento de energia elétrica não seja interrompido, ou seja, você não pode desligar o no-break. Se for desligado, o PC executará um boot ao ser ligado novamente. Se mesmo assim, com o no-break ligado, o on-now não funcionar, existe ainda a questão da compatibilidade. Muitas placas de CPU produzidas em 1997, 1998 e até 1999, não eram 100% compatíveis com as funções de gerenciamento de energia do Windows. Em alguns casos é necessário realizar atualizações de BIOS. A sua placa pode estar neste caso.

Volta ao topo da página

3) Display digital
Percebi que existem alguns jumpers dentro do gabinete logo na plaquinha do mostrador. É possível configurá-los?

Resposta:
O display digital existente na parte frontal do gabinete pode ser programado para exibir qualquer número, mediante o posicionamento de jumpers na sua parte traseira. Os gabinetes são sempre fornecidos com uma tabela que explica como configurar os jumpers para que o display exiba o número desejado. Infelizmente muitos usuários compram computadores que não são acompanhados desta tabela. Particularmente não considero esses números importantes. Em todos os PCs do meu laboratório, deixo os displays com as configurações que vieram de fábrica (mesmo porque estou sempre desmontando e montado esses computadores, trocando processadores, etc.). Mesmo sem a tabela de configurações você pode configurar o display, na base de tentativas e erros. Terá que desaparafusá-lo do gabinete e com o PC ligado, atuar individualmente em cada um dos diversos jumpers até que seja formado o número desejado.

Volta ao topo da página

4) Estabilizadores de voltagem
Um estabilizador de 1 KVA significaria que ele aquentaria aparelhos ligados à ele em que o consumo total seja igual à 1000W?? Porque um estabilizador para PCs não é recomendado para outros usos como televisões, receivers, etc?

Resposta:
Não, a conta não é feita desta forma. Em corrente contínua, 1 Watt é igual a 1 Volt x 1 Ampère (W=VA), mas em corrente alternada, entra em jogo o chamado “fator de potência”. Para saber a correspondência entre Watt e VA, divida a potência em VA por 1,5 (este fator pode variar bastante em função da carga, mas 1,5 é uma boa aproximação para um PC típico). Sendo assim, troque 1000 VA por 660 Watts. Por outro lado, não é recomendável utilizar a máxima carga no estabilizador. Um valor seguro é 60% do máximo. Podemos então ligar com segurança de sobra, 400 Watts. Esta é a recomendação dos fabricantes. Valores de carga superiores podem ser ligados no estabilizador, mas isto reduz a sua capacidade de estabilizar a tensão.

Quanto à proibição de ligação de outros aparelhos em estabilizadores para PC, não tenho notícias sobre tal restrição. Nunca vi tal restrição em manuais de estabilizadores, e nos sites de fabricantes consultados por mim também não existe referência ao assunto. Pode enviar outro e-mail especificando a origem de tal afirmação. Se algum leitor também souber de restrições semelhantes, por favor envie um e-mail com a indicação.

Volta ao topo da página

5) Stand by
Gostaria de saber quanta energia é gasta quando o computador está em modo Stand by (excluindo o monitor), e também em uso normal. Notei também que no modo Stand by, a ventoinha do processador é desligada, mas a da fonte continua girando, o que parece ser um gasto desnecessário de energia.

Resposta:
Um PC Pentium II/350 (pouca diferença existe no caso de clocks mais elevados) com um disco rígido, drive de CD-ROM, placa de vídeo e placa de som consome em torno de 100 watts (excluindo o monitor) durante seu funcionamento normal, e menos que um décimo deste valor quando em stand by. Valores exatos são muito difíceis de especificar, já que variam muito de um modelo para outro. Discos rígidos consomem entre 5 e 10 watts durante o funcionamento normal, e menos de 1 watt quando em stand by. Circuitos eletrônicos podem consumir até 100 vezes menos em stand by. De um modo geral, pode confiar que os circuitos do computador consumem bem pouco em stand by. Durante o funcionamento normal, um computador bem equipado, com muitas placas e drives, pode chegar mais próximo de 150, quase chegando a 200 watts.

A ventoinha do processador é desligada em stand by porque ele realmente reduz a quase zero o consumo de corrente. Já o mesmo não acontece com a fonte. Fontes de alimentação ATX precisam continuar funcionando quando o computador está em stand by, fornecendo corrente para os circuitos do computador. Ocorre que as fontes de alimentação, mesmo quando geram pouca corrente, continuam a dissipar alguma potência no processo de retificação e redução de voltagem. Desta forma, o calor dissipado por uma fonte em stand by é quase igual ao calor dissipado durante seu funcionamento normal. Por isso, a ventoinha da fonte precisa continuar funcionando.

Volta ao topo da página

6) Detectando problemas na rede elétrica
Problemas na rede elétrica são difíceis de serem diagnosticados. Depois de muito quebrar a cabeça, descobrimos que o computador doméstico de um dos nossos sócios estava travando no instante em que era usado o acendedor do fogão elétrico. Isto é muito ruim quando ocorre com um cliente, pois sempre coloca a culpa no computador. Existe alguma forma de diagnosticar este tipo de problema?

Resposta:
É possível descobrir o equipamento causador do problema, experimentando individualmente cada um dos aparelhos envolvidos. De um modo geral, aparelhos que provocam interferência no som do rádio ou da TV também podem causar problemas no PC. Uma forma fácil e barata é ligar um rádio próximo ao PC e começar a ligar e desligar aparelhos elétricos. Aqueles que provocarem interferência no rádio poderão prejudicar o funcionamento do PC. As interferências são bastante reduzidas com o uso de um estabilizador de voltagem. Para fazer uma medida mais precisa, sugiro o Power Sentry, aparelho que mede as tensões da fonte, assim como as variações bruscas (ripple) nas voltagens. Essas variações ficam registradas em um display digital. Você encontrará em www.laercio.com.br um artigo que trata sobre placas de diagnóstico como esta.

Volta ao topo da página

7) Gabinete que pisca
Meu PC tem um gabinete ATX e está ligado a um nobreak. Quando ligo o nobreak, os LEDs do gabinete piscam momentaneamente e o ventilador é ligado e depois de 1 segundo desliga. Quando ligo o gabinete o funcionamento é normal. Já troquei a placa mãe e o nobreak e não adiantou.

Resposta:
Isto não deveria acontecer. Pode existir um defeito no nobreak (ou mesmo um erro de projeto) ou um defeito na fonte de alimentação. Para tirar a dúvida, use um filtro de linha entre o nobreak e o gabinete. Ligue primeiro o nobreak e depois o filtro de linha. Se o problema não ocorrer mais, significa que o nobreak está gerando um transiente de tensão muito elevado no instante em que é ligado. Se isso aconteceu com dois nobreaks de mesmo modelo, receio que isto seja um erro de projeto do nobreak. O transiente não chegará ao computador porque neste momento o filtro estará desligado. Quando o filtro é ligado, a tensão que chega ao gabinete já está estabilizada. O problema também pode estar na fonte de alimentação, que não deveria gerar tensão enquanto o botão Power não é pressionado. Você tem razão de ficar preocupado com este problema, pois a variação anormal de voltagem está chegando à placa de CPU, podendo danificar seus componentes e até mesmo o disco rígido. OBS: Desative no CMOS Setup as opções Wake Up on LAN e Wake Up on modem, isto pode resolver o problema.

Volta ao topo da página

8) Interferência
Gostaria de saber se aparelhos de som, receivers, micro system podem causar interferência em micros, causando um mal funcionamento a ponto de danificar um HD.

Resposta:
Esses aparelhos emitem ondas eletromagnéticas de alta freqüência e baixa intensidade. Não causam problemas para os PCs, nem para os discos rígidos. Por outro lado, aparelhos elétricos que exigem muita corrente (ar condicionado, motores, geladeiras, freezers e até ferros de passar roupa) durante o seu uso normal, aumentam bruscamente o seu consumo de corrente, causando flutuações na rede elétrica que podem resultar em travamentos no computador e na geração de setores defeituosos no disco rígido, mas não chegando a inutilizá-los. Já os computadores podem causar interferência eletromagnética em aparelhos de som e vídeo, resultando em zumbidos no som, chuviscos ou listras na imagem.

Volta ao topo da página

9) PC avança para 2094
Um amigo tem um PC 486DX2-66 c/12 MB RAM que está funcionando perfeitamente com exceção do que aconteceu na virado para o ano 2000. Ao ligar o micro ele inicializa com a data do ano de 2094. (não me lembro o dia e mês). Ao aparecer a tela do Windows 95 atualizo a data e trabalho normalmente. Quando desligo e ligo novamente a data volta para o ano de 2094. Inicialmente pensei que fosse a bateria. Mas não é pois fiz alteração da data no Setup da máquina e salvei. quando inicializo ela continua no ano de 2094. Será um problema na BIOS?

Resposta:
O problema pode estar no BIOS ou no RTC (Real Time Clock), ou em ambos. Você pode testar a compatibilidade com o ano 2000 de várias formas, sugiro que você use o programa TIMESHIELD, encontrado em www.trinitech.com.br. Para a maioria dos PCs, até em certos modelos de 386, o simples acerto da data no primeiro dia em que for usado no ano 2000 foi suficiente. Alguns poucos PCs antigos entretanto ficaram com problemas como este. Uma solução barata (na verdade grátis) é adicionar no AUTOEXEC.BAT o comando DATE, para que a data seja acertada manualmente a cada operação de boot. Uma solução menos trabalhosa mas que tem um custo é utilizar uma placa com relógio compatível com o ano 2000, como a SystemMax 2000, encontrada também em www.trinitech.com.br.

Volta ao topo da página

10) Estudando eletrônica
Gostaria de saber quais sites possuem apostilas de eletrônica. Estou precisando muito deste material. 

Resposta:
Sugiro o site do Steve Ciarcia, autor de vários artigos técnicos na revista Byte americana durante os anos 80, na qual aprendi bastante em eletrônica. Juntamente com Peter Norton na área de software, posso afirmar que o Steve Ciarcia foi meu professor à distância, responsável por boa parte dos meus conhecimentos de hardware. O endereço é www.circuitcellar.com. Voltando ainda mais no tempo, chegando aos anos 70, cito a revista Eletrônica Saber, ao lado da Nova Eletrônica. Felizmente a Eletrônica Saber continua nas bancas ensinando este fascinante assunto a milhares de jovens técnicos e hobbistas.

Volta ao topo da página

       

Copyright (C) Laércio Vasconcelos Computação
Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem o consentimento do autor. Apenas
usuários individuais estão autorizados a fazer download ou listar as páginas e figuras para
estudo e uso próprio e individual, sem fins comerciais.