Home » Artigos arquivados » Cooler destrói disco rígido

Cooler destrói disco rígido

Autor: Laércio Vasconcelos
Data: 23/mai/2006

Discos rígidos esquentam e na maioria das vezes necessitam de ventilação adicional. Mas é importante lembrar que junto com a ventilação tempos também a poeira e a umidade, que podem destruir a placa controladora do disco. Excesso de ventilação pode fazer mal nesse caso.

Cooler destrói disco rígido

O HD Samsung modelo SP1203N, de 120 GB, tinha 3 anos de garantia. Com menos de um ano de uso, o HD estragou. A Samgung não fez a troca por um HD novo, porque os circuitos da placa controladora estavam como um verdadeiro “filme de terror eletrônico” (figura 1).

hard-01
Figura 1 – Este HD perdeu a garantia

No início era um grande mar de rosas. A placa de circuito do HD tinha o aspecto mostrado na figura 2.

hard-02
Figura 2 – Como era a placa de circuito do HD novo

Todos sabem que “disco rígido esquenta”. Fabricantes como Seagate e Samsung informam que seus discos rígidos suportam temperaturas de até 50 graus, sendo que os modelos mais recentes podem operar com até 60 graus. Ainda assim, é bom evitar que a temperatura atinja níveis elevados. No computador que uso no momento para escrever esse artigo existem três discos Samsung de 160 GB. A temperatura ambiente é de 23 graus, e o interior do gabinete está com 31 graus. No gabinete midi-torre existe instalado um cooler frontal, puxando ar frio externo e refrigerando os três discos rígidos. As temperaturas dos três discos no momento são 28, 33 e 31 graus. Durante a cópia de um arquivo de 2 GB feita dentro do primeiro disco, sua temperatura aumentou de 28 para 30 graus. Chegamos portanto a duas conclusões:

1) O disco rígido pode ficar com uma temperatura bem abaixo da máxima indicada pelo fabricante quando usamos um cooler frontal.

2) Durante períodos de maior atividade, a temperatura do disco rígido fica um pouco maior.

É bom observar também que essas temperaturas estão relativamente baixas porque o ambiente externo está a 23 graus. Em um dia mais quente, com um ambiente a 33 graus, por exemplo, as temperaturas dos três discos rígidos provavelmente seriam 38, 43 e 41 graus, ainda assim dentro de um limite aceitável.

O dono desse HD Samsung instalou por conta própria um daqueles “HD coolers” que são aparafusados na parte inferior do disco (figura 3).

hard-03
Figura 3 – Cooler para HD, um dos tipos mais populares

Estragos causados pela umidade

O nosso herói, feliz possuidor de um HD de 120 GB, sabiamente ficou preocupado com a questão do aquecimento do disco rígido, que realmente pode danificá-lo ou reduzir a sua vida útil. Praticamente todos os usuários que instalam discos rígidos atualmente, usam ventiladores, sendo o mais popular, o mostrado na figura 3. Não estamos aqui entrando no mérito de ventilar o circuito ou ventilar a carcaça, isso deixaremos para outro artigo. A questão aqui é que o usuário morava em um local com muita umidade. Muito fluxo de ar passando pela placa do HD resultou em muita umidade passando por essa placa. As figuras seguintes mostraram o que aconteceu depois de alguns meses com a placa do HD.

hard-04
Figura 4 – Placa do HD teve também seus componentes analógicos danificados.

O grande chip controlador existente na placa do disco rígido teve seus pinos oxidados. Os componentes analógicos como capacitores, resistores, diodos, reguladores e voltagem também sofreram. Os pontos azuis na figura 4 são o resultado da oxidação do cobre que forma as trilhas de circuito.

hard-05
Figura 5 – A memória cache do HD e vários resistores danificados.

Na figura 5 vemos mais um trecho do chip controlador, a memória cache e um grande número de resistores com seus terminais completamente oxidados.

hard-06
Figura 6 – A fita de condutores flexíveis que liga a placa ao motor.

Finalmente vemos na figura 6 o estado em que ficou a fita de condutores flexíveis que liga a placa controladora ao motor principal do HD.

Por incrível que pareça, apesar de toda a oxidação, o HD ainda estava funcionando. O defeito definitivo ocorreu quando uma das ventoinhas do cooler do HD “estourou” e encostou um fio de 12 volts na placa de circuito do HD, que finalmente queimou. É claro que se a ventoinha não estragasse, a placa de circuito do HD acabaria estragando, dado o ritmo da deterioração observado. Em qualquer dos casos, a garantia do disco rígido é perdida.

Informações dos leitores

Vamos sugerir no artigo seguinte soluções para o problema do resfriamento e da proteção contra a oxidação causada pela umidade na placa de circuito do HD. Por hora, recomendamos que dêm uma boa olhada na situação da placa controladora do seu HD. Recomendamos ainda que respondam a nossas perguntas em artigo semelhante a este, encontrado em www.forumpcs.com.br .