Home » Uncategorized » 2014 – Descargas eletrostáticas danificam o computador

2014 – Descargas eletrostáticas danificam o computador

Descargas eletrostáticas danificam o computador

Autor: Laércio Vasconcelos, ago/2014

Se você não tomar os cuidados devidos com a eletricidade estática, seu PC poderá ser danificado seriamente quando for manusear placas, processadores, memórias e unidades de disco. Técnicos e vendedores de informática, que também manuseiam esses produtos, também precisam tomar cuidado.

Todos os dias, um incontável número de usuários, técnicos e até vendedores manuseiam peças de computadores, como processadores, chips, memórias, placas, etc. Basta ler a Ciranda Cibernética e podemos constatar, por exemplo, quantos usuários abrem seus computadores para fazer instalações e upgrades. O que poucos sabem é que esta operação exige cuidados especiais, caso contrário as peças são danificadas. Os cuidados a serem tomados são muito simples e não dão trabalho algum.

Os chips possuem no seu interior, milhões de transistores. Cada um desses transistores é muito pequeno. Em um processador Pentium 4, por exemplo, cada transistores mede o equivalente a 1 milímetro dividido por 8.000. Sendo tão pequenos, os transistores que formam os chips são muito sensíveis às descargas eletrostáticas (ESD). Apenas ao tocar um chip, nosso corpo pode transmitir a ele uma descarga de centenas, e até milhares de volts. Como a descarga é muito rápida (dura bilionésimos de segundo), normalmente não sentimos o choque (exceto quanto a tensão é superior a 3000 volts). Mas devido ao seu minúsculo tamanho, os transistores dos chips são seriamente danificados. Ao simplesmente andarmos em um carpete, colocarmos ou retirarmos um casaco, sentarmos e levantarmos de uma cadeira, nosso corpo pode ficar carregado com alguns milhares de volts de eletricidade estática. Quem nunca levou um choque por descarga eletrostática, por exemplo, ao tocar na maçaneta de uma porta ou mesmo em um automóvel?

A figura 1 mostra um trecho do interior de um chip, visto por um microscópio, danificado após o toque de um usuário.

HARD-02
Figura 1 – Interior de um chip danificado pelo usuário

Para não danificar os chips e placas, é preciso tomar algumas providências simples, ao alcance de qualquer usuário:

1) Descarregar o corpo antes de manusear as peças. Para isso basta tocar uma janela metálica, não pintada, com as duas mãos. É recomendável repetir a descarga a cada 10 ou 15 minutos. Esta descarga também pode ser feita tocando a fonte de alimentação (figura 2) ou a carcaça metálica interna do computador.

HARD-03
Figura 2 – Descarregando a sua eletricidade estática

2) Segurar as peças do computador (placas, memórias, chips em geral) sem tocar os circuitos com as mãos. Segure sempre pelas bordas laterais. As figuras seguintes mostram como manusear corretamente memórias, processadores e placas.

HARD-04
Figura 3 – Como manusear um módulo de memória

HARD-05
Figura 4 – Como manusear um processador

HARD-06
Figura 5 – Como manusear uma placa