Home » Artigos arquivados » 2002 – Utilitários, backup, scandisk, vírus… (Perguntas e Respostas)

2002 – Utilitários, backup, scandisk, vírus… (Perguntas e Respostas)

1) Antivírus VirusScan ou Norton?
Recentemente adquiri um micro Metron 850mhz ,Intel Celeron, 10 Gb, 128 Mb, windows Me. Preciso instalar um antivírus, mas estou em dúvida entre o McAffe e o Norton. Qual é o melhor?
Resposta:
Os dois pacotes são muito bons e podem ser comprados facilmente, tanto pela Internet como no comércio brasileiro. Tenho alguns computadores que usam o Norton, outros com o VirusScan, da McAffee. Considero ambos os anti-vírus com níveis de qualidade e eficácia semelhantes, porém é preciso sempre fazer as atualizações (gratuitas) para os vírus mais novos. Lembre-se que a maioria dos vírus chegam hoje aos computadores como anexos em mensagens de correio eletrônico. Normalmente são mensagens não solicitadas de remetentes desconhecidos. Não deixe de usar um bom programa anti-vírus e não abra anexos de mensagens não solicitadas.

2) Winamp desconfigurado
Hoje quando abri o computador, coloquei um disco no drive D: e o disco começou a tocar usando o Winamp. Assim que abriu, apareceu uma mensagem em inglês, que sumiu agora, falando alguma coisa a ver com C-Media e SPDIF, perguntando se o tal SPDIF não teria sido anexado ao cartão do C-Media, alguma coisa assim. Sei que é vago, mas foi isso que aconteceu e daí em diante o volume do som tocado abaixou uns 60% em relação à altura normal. Reiniciei o computador várias vezes mas não adiantou. O que começou a ocorrer foi o seguinte: a tal frase de alerta do tal C-Media sumiu; algumas vezes quando eu acionava o Winamp, parecia que o problema tinha se resolvido, mas quando eu clicava em qualquer parte dos controles do Winamp o som diminuía drasticamente. Não encontrei nenhum arquivo com esses nomes C-Media ou SPDIF. Como sou apaixonado por música e estava escutando o Van Halen, estou ficando meio desorientado com isso. Se puder me ajudar, desde já agradeço.

Resposta:
Realmente, escutar o Van Halen com volume baixo perde um pouco a graça. O SPDIF é uma interface sonora digital, presente nas placas de vídeo mais sofisticadas. Não sei qual é o chip C-Media existente no seu computador (normalmente é embutido na placa de CPU), você pode consultar no site da C-Media (www.cmedia.com.tw) para tirar a dúvida. Por exemplo, o chip 8738 é produzido em várias versões. O 8738LX e o 8738SX possuem porta SPDIF, já as demais versões do 8738 não possuem este recurso. Mas isso não é a solução do seu problema. Recomendo que no caso de desconfigurações como esta, seja feita a restauração do registro. Execute um boot no modo MS-DOS (no Windows ME será preciso usar um disquete de boot) e use o programa SCANREG. Use o comando Exibir backups, selecione o backup anterior à data do problema e use Restaurar. Como todos os programas guardam suas configurações no Registro (exceto programas muito antigos, para Windows 3.x), este comando irá restaurar as configurações corretas. No caso do Windows XP, pressione F8 durante o boot e no menu apresentado escolha a opção “Última configuração válida”. Você ainda tem um outro recurso, que é desinstalar o Winamp, apagar seu diretório e instalá-lo novamente.

3) Dividindo arquivos grandes com o WINZIP
Tenho algums arquivos em MP3 que gostaria de transporta-los em diskete. Mas como sao muito grandes nao cabem. Como farei para transporta-lo? Consigo fazer isso com o Winzip? ou algum outro programa/comando?
Resposta:
Sim, o Winzip é capaz de dividir um arquivo grande em vários disquetes. Execute o Winzip e abra a pasta na qual está o arquivo que você quer transportar. Com as janelas lado a lado, arraste os arquivos desejados para a janela do Winzip. Se for arrastar vários arquivos, marque-os simultaneamente, usando a tecla CONTROL. Quando os arquivos forem arrastados, aparecerá automaticamente a janela DRAG AND DROP, mostrada na figura anexa. Preencha o nome do arquivo ZIP desejado. No nosso exemplo, usamos A:\MUSICA.ZIP. O que garante a divisão em vários disquetes é a opção Multiple disk spanning, que deve ser configurada como automática. O Winzip pedirá que sejam colocados discos à medida em que forem necessários. Esses discos devem estar previamente vazios. Numere os discos, pois ao serem descompactados, será preciso colocá-los na ordem pedida pelo programa.

4) Vírus destrói arquivos MP3
Oi Laercio, sempre leio sua coluna em O popular e justo nela aprendi a resolver vários problemas em pc (obrigado!), esses dias quando liguei meu computador e fui dar uma olhada na minha pasta de mp3 pode perceber que elas estavam com extensão diferente, ao invés de musica.mp3 esta musica.vbs e elas nao executam mais!. Gostaria de saber o porque isso aconteceu, ja que tinha muitas musicas, será que perdi todas elas ou existe alguma soluçao? O tamanho delas passou de 3.00 mb (media) para 0.11 kb mas quando vejo o tamanho total da pasta aparece como anteriormente mais ou menos 400 mb.
Resposta:
Parece que suas músicas MP3 foram atacadas por um vírus, mas eu não saberia dizer qual. É relativamente fácil para um vírus fazer este tipo de ataque. O apagamento de arquivos e a sua substituição por outros são feitos com comandos básicos de programação. O máximo que pode ser feito é tentar encontrar essas músicas na lixeira. Esses produtores de vírus são mesmo uns parasitas da informática, verdadeiros pichadores cibernéticos. Você pode ainda usar um comando de busca para procurar arquivos MP3, é possível que ainda os encontre em alguma parte do computador. Este tipo de problema pode acontecer com qualquer um, e as únicas proteções eficientes são fazer backup dos dados importantes e usar um bom programa anti-virus. E usar uma regra bem simples: não abrir anexos de e-mails suspeitos, como aqueles de remetentes desconhecidos, e-mails sem subject, mensagens em inglês, etc.

5) Vírus DIABLO
Olá, Laércio! Gostaria que me solucionasse uma dúvida a respeito de um vírus que tenho em meu computador! Seu nome é Diablo e foi criado agora em Abril de 2002! Não consigo tirá-lo do computador, pois quando eu dou curto circuito na BIOS, ele torna a aparecer! Me disseram que teria que regravá-la! é verdade? E se ele estiver também no HD? Porque o HD não reconhece mais a segunda partição nem o Drive de CD-Rom! Aguardo sua resposta! Obrigado pela atenção!
Resposta:
O vírus DIABLO não ataca o BIOS do computador, e sim o registro de inicialização, que fica na trilha zero do disco rígido. Você não deve fazer alterações no BIOS, nem apagar o CMOS Setup. Existem várias formas de eliminá-lo, mas a mais simples e segura é usar o seu programa anti-vírus. Todos esses programas apresentam informações, algumas vezes bem detalhadas, outras vezes mais resumidas sobre milhares de vírus. O seu computador não está reconhecendo a segunda partição do disco rígido justamente porque o vírus adulterou a trilha zero. Já o não reconhecimento do drive de CD-ROM não tem relação com o vírus. Se você realizar um boot com um disquete de inicialização do Windows e suporte a CD-ROM, este deverá funcionar. Recomendo ainda que o Windows seja reinstalado “por cima”, para que eventuais arquivos corrompidos sejam corrigidos.

6) Acentos duplicados II
Lendo a coluna do Sr. La´´ercio Vasconcelos – Micro soluç~~oes – deparei-me com um problema id^^entico com o meu, o que podera ser comprovado atrav´´es deste e-mail, que ´´e a respeito do acento.
Meu teclado ´´e um padr~~ao ABNT, meu Pc um K-6 2 450, utilizo o programa Windows 98 e oficce 2000
J´´a tentei solucionar este problema atrav´´es da dica repassada pela coluna no jornal desta data (30/10) mas como v^^em acima n~~ao obtive exito.
Agora eu pergunto o que fazer??.
Obrigado pela atenç~~ao e se poss´´ivel me mandem alguma dica para solucionar este problema.
Resposta:
Quero agradecer aos vários leitores que enviaram suas sugestões e experiências com este problema. Um leitor explicou que este problema é causado por um arquivo executável que é instalado no menu Iniciar, que foi instalado por um vírus que chegou por e-mail. O arquivo pode ser removido manualmente, mas volta quando o Windows é reiniciado. O problema foi resolvido com um bom programa ant-vírus. O leitor Marcelo Vieira explica que este vírus é chamado W32Bugbear, e pode ser eliminado com o software Panda anti-vírus, que pode ser encontrado em (www.pandasoftware.com). Agradeço aos leitores que ajudaram, como sempre bastante prestativos.

7) Vírus Elkern
Tenho um pentium II – 250 MHz – 128 MB de RAM e estou tendo o seguinte problema: Descobri que minha máquina está infectada com algum tipo de vírus, apenas não consegui descobrir qual é. Esse vírus aparentemente não tem causado nenhum mal no meu micro, apenas sei que ele existe porque diferentes arquivos vivem “aparecendo” no “C” da minha máquina. Arquivos com dupla extensão do tipo .htm.rar, .xls.exe, .pdf.rar, .bak.exe, .bat, .scr, .pif dentre outros, todos com nomes estranhos e, as vezes, convidativos aos mais curiosos. Como tentativa de solucionar meu problema passei vários antivírus disponíveis na internet, todos atualizados. o AVG e o Norton também foram passados, detectaram vírus, mas não eliminaram os mesmos, como não funcionaram desinstalei os dois. Já houve momentos em que nenhum vírus era encontrado, mas no dia seguinte, lá estavam eles, todos novamente no “C”. Agora eu lhe pergunto, Laércio: o que devo fazer? Já formatei minha máquina e nada deste bendito vírus desaparecer.
Resposta:
Pelo que li nos seus relatórios, seu sistema está contaminado pelo vírus Elkern ou uma de suas variantes. É um vírus perigoso e pode ser removido através de um programa disponível no site da Symantec. O vírus pode entretanto voltar a contaminar o sistema se não existir um escudo anti-vírus ativo. Se você pode formatar o seu disco, então faça-o e a seguir instale um bom anti-vírus, como o da Symantec. Com a proteção de vírus fazendo checagem na Internet, em e-mails e em arquivos, faça a importação das mensagens de correio eletrônico que você tem armazenadas. Se você formatou o disco rígido e o vírus voltou, significa que o programa contaminado está sendo executado novamente e reativando o vírus. Também é possível que você esteja recebendo novas mensagens de e-mail contaminadas. Depois de reinstalar o Windows, antes de instalar qualquer outro programa ou fazer conexões com a Internet, instale a versão mais nova do Outlook Express, caso você utilize este programa. O Outlook versão 5.x tinha um problema que o tornava vulnerável a vírus como o W32.Klez, o Elkern e outros que utilizavam o mesmo método de contaminação.

8) Desfragmentador volta a 0%
Quando acesso o assistente de manutenção do Windows, o computador faz a primeira parte, verifica se há erros no disco. Quando vai para a desfragmentação do disco, vai até 0%, 1%, 2% e volta a 0%. Gostaria de saber se você pode me ajudar.
Resposta:
Não use outros programa enquanto o Desfragmentador ou o Scandisk estiverem trabalhando. Deixe o computador quieto. Desative programas anti-vírus. Se mesmo assim o problema persistir, faça um boot no modo de segurança para utilizar o desfragmentador. Experimente ainda usar o Norton Speed Disk, similar ao Desfragmentador porém mais poderoso. É encontrado no pacote Norton Utilities. Uma versão é vendida nas livrarias de informática, contida na revista PC Expert Premium, com vários utilitários da Symantec. Quando comprei, custou R$ 16,00. Este pacote também pode ser encomendado pelos correios, na CD Expert.

9) Desfragmentador
O que é desfragmentador de disco? Ele pode ser usado todo mês ou todo ano?
Resposta:
Provavelmente quando a sua mesa está arrumada, você encontra com mais facilidade o que procura. O mesmo pode ser dito sobre o seu armário de roupas. Com o disco rígido ocorre a mesma coisa. Conforme os arquivos de um disco rígido são apagados, são criadas lacunas de espaço vazio. Quando novos arquivos são criados, eles podem preencher duas ou mais desses lacunas. Os arquivos ficam então divididos em várias áreas do disco. Isto não afeta o funcionamento dos programas, mas requer mais tempo para que os acessos sejam feitos, já que serão necessários vários movimentos com as cabeças do disco. Além de resultar em acesso mais lento, aumenta o desgaste mecânico do disco rígido. Para resolver esses problemas devemos usar periodicamente o programa Desfragmentador de Disco do Windows ou um similar, como o Norton Speed Disk. Esses programas acessam todos os arquivos e os regravam de forma que ocupem áreas contíguas, ou seja, de forma não fragmentada. Uma vez por mês é uma boa periodicidade para utilizar este programa.

10) Norton em versão DEMO
Adquiri numa banca de jornal o kit de proteção Symantec. Quando instalei-o (Norton Antivírus 5.0, CrashGuard 4.0 e CleanSweep 4.5), tudo funcionou às mil maravilhas. Então recebi uma dica de amigos que disseram que eu poderia fazer um download da versão 2001, disponível no Tucows. Assim fiz, com tudo funcionando e eu fazendo as atualizações semanais. Mas decorrido um certo tempo, começou a aparecer uma mensagem dizendo que faltavam tantos dias para a sua expiração e que eu deveria comprar outro software. Já passaram 30 dias e a mensagem continua aparecendo quando inicio o computador. O que faço para eliminá-la?
Resposta:
Você pode tentar eliminá-la com o programa MSCONFIG. Para isso, pressione Control-Alt-Del quando a mensagem aparecer, e veja na lista de tarefas ativas, o nome do programa que exibe a mensagem. Procure então este nome na lista de programas que o MSCONFIG mostra e desmarque-o. Este é o método tradicional, mas é possível que a Symantec tenha utilizado um método mais difícil de desabilitar. O kit que você comprou é completo, mas a versão 2001 encontrada no Tucows é DEMO. Isto deveria ter sido avisado a você quando foi feito o download. Você terá que desinstalar esta versão para usar a mais antiga, ou então comprar o software. É claro que existem versões piratas na Internet, ou programas para “crackear” demos, mas o caso foge ao alcance desta coluna, que nunca ensinará técnicas ilegais para obtenção de softwares. Eu recomendo que você compre o software, vale muito a pena.

11) Tornando o PC menos vulnerável a vírus
Meu computador foi infectado pelo vírus VBS/Haptime@MM. Tive que formatar o HD. Para que isso não voltasse a acontecer, sugeriram-me o seguinte: como primeiro passo, ir em Iniciar/Configurações/Painel de Controle/Adicionar e Remover Programas. Em seguida, clicar na aba Instalação do Windows e depois em Acessórios. Abaixo, em detalhes, rolar a setinha lateral até que apareça Windows Scripting Host. Se estiver marcado, era só desmarcar. Procedi assim, mas quando fui atualizar o Norton, foi pedida a instalação do Windows Scripting que eu havia eliminado. Seria essa dica um boato?
Resposta:
A melhor proteção contra vírus é não ter o hábito de abrir arquivos anexos, sobretudo aqueles que chegam de remetentes desconhecidos. A desabilitação do Windows Scripting Host pode realmente dificultar a contaminação, já que certos vírus dependem deste recurso para funcionarem. Por outro lado, muitos programas também dependem dele para a sua instalação, e mesmo para o funcionamento normal. Você pode instalar este componente quando for instalar novos programas, e desativá-lo durante o uso normal do computador, tornando-o menos vulnerável aos vírus. Instale um pacote anti-vírus com proteção contra vírus que chegam pela Internet, como o VirusScan. Não navegue por sites de hackers ou dedicados a pirataria em geral, podem existir armadilhas.

12) Ataque de vírus
O Word do Office 2000 não está aparecendo, nem as barras de ferramentas, nem a barra de menu. Isso ocorreu de uma hora para a outra. Já fiz a reinstalação e nada aconteceu. Será que vai ser preciso ser radical e formatar o HD para ver se o problema é mais profundo?
Resposta:
Isso provavelmente ocorreu devido a um ataque de vírus. Este é o chamado “vírus de macro”, que vem embutido em documentos do Word e Excel, e é capaz de desconfigurar os aplicativos do Office. Sugiro que você use um anti-vírus atualizado para a eliminação do problema. Lembro ainda que o Word tem um comando Exibir / Barras de ferramentas, com o qual podemos selecionar quais barras serão e quais não serão mostradas. Com o comando Ferramentas / Opções / Geral, temos ainda mais alguns comandos que permitem ocultar por exemplo as barras de rolagem. Verifique como estão configuradas essas opções, pode ser possível corrigir os problemas desta forma, mas mesmo assim não deixe de fazer uma checagem de vírus.

13) Vírus afeta Outlook
Em meu computador está instalado o Windows Millennium ME, com Outlook atualizado para 6.0 e instalado também, o Norton 2001. Recentemente, foi infectado por virus, através do correio eletrônico, virus esse que passou pelo sistema de proteção de meu provedor ( Prointernet) e o que tenho instalado, afetando vários setores, tais como, desconfiguração do teclado ( aceitava somente sistema inglês), o Norton deixou de funcionar e o Windows não se encerrava. Chamei um técnico, que fez uma varredura com um antivirus AVG 6, tendo, aparentemente, limpado toda a máquina. Entretanto, agora, não estou conseguindo imprimir as mensagens do Outlook. Minha impressora ( HP 640C ) funciona normalmente no Word. Tentei várias coisas ( atualizei o Windows, desinstalei e reinstalei a impressora) e continuo não conseguindo imprimir.
Resposta:
Não existe regra geral para eliminação de vírus. Cada um opera de uma forma, apesar de vários deles terem características semelhantes. Normalmente os programas anti-vírus podem eliminá-los, mas não é possível reverter os estragos causados, exceto a partir de backups. Como praticamente todos os PCs são atualmente ligados à Internet, é relativamente fácil a contaminação. Usuários experientes já conhecem os métodos de prevenção, mas os principiantes podem cair nas armadilhas. Não devemos abrir anexos executáveis em e-mails, nem anexos de mensagens vindos de pessoas desconhecidas. Mesmo quando o remetente é conhecido, devemos tomar cuidado, pois vários vírus enviam e-mails com mensagens para contaminação, a partir da lista de contados do computador infectado. Outra precaução importante é não instalar programas embutidos em páginas da Internet. É possível que este vírus tenha desconfigurado o Outlook, impedindo o uso da Impressora, ou que o programa tenha sido corrompido. Neste segundo caso, reinstalar o Outlook (aproveite para instalar a versão mais recente) pode resolver o problema. É possível que exista algum macete específico para remover este vírus, mas eu não conheço. Tente usar outros programas anti-vírus, em versões mais recentes. Se não conseguir, o procedimento mais confiável neste caso é mesmo a formatação do disco rígido e a reinstalação do Windows.

14) Vírus reaparece depois de removido
Tenho tido muita dificuldade em lidar com o vírus datom.worn, que infecta o computador via registro do Windows 98. Ele se instala como um arquivo DLL, aparecendo no \windows\system como MSVXD*.DLL9MSVDXD32.DLL, MSVDX.EXE e outros. Já busquei informações no site da Symantec, mas eles apenas indicam que devo extrair essa informações do registro, bem como do msconfig (guias “iniciar” we “win.ini). Contudo, depois de alguns dias o vírus reaparece. Não é destrutivo, mas incomoda. Gostaria de saber como não deixar que ele se instala no msconfig, como retirá-lo para sempre.
Resposta:
O vírus pode estar voltando pelo fato de estar agregado a algum programa que você utiliza com freqüência. É preciso usar um anti-vírus mais recente, é possível que ele identifique o programa no qual o vírus está alojado. Uma segunda tentativa é a reinstalação de softwares, caso você tenha desconfiança de que o vírus se encontra em algum software específico. Em último caso, a solução é formatar o disco rígido, instalar o sistema operacional e a seguir instalar um bom anti-vírus atualizado. Depois disso os softwares devem ser reinstalados.

15) Atualização de anti-vírus
Oi! Tenho uma dúvida a respeito do Norton Antivirus. Eu uso esse sofware em meu PC e estou constantemente atualizando as definições de antivirus (pelo menos 1 vez por semana), no entanto, irei formatar meu HD em alguns dias e queria saber se existe uma maneira que eu possa salvar minhas atualizações, para quando eu instalar novamamente o Norton eu não precisa baixar todas as definições de antivirus novamente!
Resposta:
Realmente as atualizações automáticas têm seus prós e contras. Quando funcionam bem, ocorrem de forma transparente, sem que o usuário precise lembrar de fazê-lo. Quando a conexão com a Internet é de banda larga, nem chegamos a perceber a operação, mas em conexões lentas (modems de 56k), podemos ter uma lentidão indesejável e em hora indevida. Uma outra desvantagem é que se o disco for formatado e o software reinstalado, será preciso repetir a atualização. Uma forma de escapar deste incômodo é fazer o download das atualizações, e é exatamente o que você quer fazer. No site da Symantec (www.symantec.com.br) clique em downloads e “atualize seu anti-vírus”. Você poderá então fazer o download de um arquivo executável que instala a atualização. Não é preciso armazenar inúmeras atualizações, basta usar a última, que engloba as anteriores. Verifique a data da atualização na ocasião do download. Verifique também a data do arquivo de definição de vírus presente no seu programa. Para isso use o Norton Antivírus e clique em status. No campo “definições de vírus”, será mostrada a data da última atualização. Você não precisará fazer o download se já estiver com a versão mais nova.

16) Arquivos de mídia se alteram
Uso o Kazaa para troca de arquivos. Ao fazer um upgrade do programa, vários arquivos de mídia já baixados (.mp3, .mov etc) simplesmente foram transformados em arquivos com extensão .vbs. Será isso algum vírus ou do próprio upgrade? Tenho como recuperar esses arquivos? Meu PC é um K6 2 de 400 mhz, 20 gb e 128 mb de Ram com Windows 98.
Resposta:
É preciso usar um anti-vírus para ter certeza se o seu sistema está contaminado ou não. O vírus VBS.Loveletter.CV@mm, por exemplo, utiliza um tipo de ataque parecido com o que você descreve. Muitos vírus apagam os arquivos originais e fazem cópias de si mesmos sobre esses arquivos, mas com extensões VBS ou outras. Se os arquivos modificados têm tamanhos todos iguais e menores que os originais, então provavelmente estão todos perdidos. Pode ser possível encontrar alguns desses arquivos na lixeira, entretanto nem sempre a recuperação é possível. O Kazaa e outros sistemas para troca de músicas e filmes pela Internet é perigoso, pois deixa o computador vulnerável a ataques de hachers, vírus e coisas piores. Existem por exemplo programas que se instalam no computador sem o usuário perceber e monitoram toda a atividade do teclado. Desta forma conseguem descobrir senhas, números de contas bancárias, cartões de crédito, etc.

17) Scandisk roda automaticamente
Ao desligar o computador pela maneira convencional (Iniciar/Desligar) e vou ligá-lo novamente, surge a mensagem de que o micro não foi desligado corretamente e começa a rodar o Scandisk. Por que isso acontece e como faço para corrigir?
Resposta:
É preciso deixar o Scandisk fazer o seu trabalho até o fim. Ao término da checagem, não serão mais realizadas outras checagens quando o computador for reiniciado.

18) Atualização de anti-virus
Tinha a versão 2002 do Norton Anti-Virus em inglês. Comprei o Norton SystemWorks Profissional. Desinstalei pelo painel de controle em “Adiconar/Remover Programas, mas quando vou usar o SystemWorks, recebo uma mensagem que o programa não está instalado por que já está no sistema. O que faço?
Resposta:
Antes de desinstalar um programa, é sempre bom checar se no menu do referido programa existe um comando de desinstalação. Se existir, devemos fazer a desinstalação preferencialmente a partir deste programa, e não pelo comando de Adicionar/Remover programas do Painel de controle. Sugiro que você instale novamente o Norton Anti-Virus 2002, e a seguir faça a sua desinstalação pelo comando existente no menu. Só então instale o SystemWorks. Em caso de problemas, você poderá contar com o suporte técnico da Symantec, em www.symantec.com.br.

19) HOAX sobre JDBGMGR
Outro dia recebi um email dizendo que havia um vírus de nome jdbgmgr.exe no computador da pessoa que me enviou e como meu nome estava na sua agenda ela pediu para excluir este programa e avisar todos os meus da minha lista. Fiz isto e agora queria saber se este programa tinha alguma função no meu windows e como faço para instalar novamente? Será possível um vírus entrar no meu PC e sair para todos que estào na minha lista de endereços sem um comando meu de enviar?
Resposta:
Este tipo de aviso é o que chamamos de “HOAX”, ou seja, um “alarme falso” na Internet. Começam com algum engraçadinho enviando SPAMs sobre o assunto e pedindo que seja retransmitido para todos os contatos do usuário. São inofensivos ao computador, mas o usuário crédulo poderá ser prejudicado com a remoção de arquivos do sistema. Para solucionar o problema, basta obter o arquivo original e guardar na pasta apropriada. No caso do Windows 98, este arquivo está embutido em WIN98_44.CAB, no seu CD-ROM de instalação. Copie para a pasta C:\Windows\System e o problema estará resolvido. Não acredite em tudo o que você lê na Internet, principalmente aquilo que chega por e-mail, existem muitos boatos como este. O primeiro HOAX que recebi foi sobre um livro de geografia americano, no qual o mapa do Brasil não tem a Amazônica, que está indicada como “área internacional”. O fictício livro estaria ensinando aos jovens que a Amazônia não pertence ao Brasil, para que todos se acostumem com a idéia de invadir a região. Quase acreditei, mas achei que algo estava errado, já que os americanos normalmente não sabem onde fica o Brasil. Quando você receber um “alerta” como este, procure antes na Internet, você encontrará muitos avisos de veículos respeitáveis explicando que se trata de alarme falso. Experimente por exemplo procurar no Altavista pela expressão “jdbgmgr” e você encontrará mais de 100 referências.

20) Backups de mensagens
Li um dos seus artigos publicado no dia 26 de setembro de 2002. O artigo trata-se na criação de backups de e-mails do Outlook. Gostaria conhecer os procedimentos para a criação do backup e se o método efetuado é um método eficaz para cópia segura de mensagens e da minha estrutura de pastas que estão no meu Outlook. Estou utilizando Outlook 6.
Resposta:
Use o comando Pesquisar (ou Localizar) e digite o nome do arquivo a ser procurado: Caixa de entrada. Depois de alguns instantes será mostrado o local onde este arquivo está armazenado (Caixa de entrada.DBX). Será indicada também a pasta na qual o mesmo foi encontrado. Se você agora abrir esta pasta encontrará vários arquivos de extensão DBX, cada um deles correspondente a uma das pastas do Outlook Express. Faça agora o backup desses arquivos. A partir deste backup você poderá transportar todas as mensagens para outro computador, através do comando Importar do Outlook Express. Também poderá formatar o seu disco rígido, reinstalar o Windows e importar novamente suas mensagens já existentes. Não só as mensagens serão copiadas, mas será também mantida toda a estrutura de pastas.

21) Seleção de arquivos
Tenho a seguinte duvida:No Windows XP , quando seleciono mais de 100 arquivos de uma vez , na tabela detalhes , localizada ao lado esquerdo do programa MEU COMPUTADOR , ele deixa de mostrar o tamanho total dos arquivos . Isso acontece somente quando seleciono mais de 100 ao mesmo tempo. Existe alguma maneira de configurar isso?
Resposta:
Esta é uma característica do Windows XP. O tamanho total ocupado pelos arquivos selecionados é mostrado na parte direita da janela, mas apenas para o máximo de 100 arquivos. A partir daí o espaço total não é mais mostrado. Você pode entretanto ver este valor na barra de status, que fica na parte inferior da janela. Use o comando Exibir / Barra de status, e você poderá obter a informação do espaço total ocupado pelos arquivos selecionados.