Home » Artigos arquivados » 2001 – Utilitários, backup, scandisk, vírus… (Perguntas e Respostas)

2001 – Utilitários, backup, scandisk, vírus… (Perguntas e Respostas)

1) Scandisk reporta problemas no disco rígido
Estou com um problema no meu computador, que acredito que tenha sido causado por uma queda na energia elétrica há alguns dias atrás. Quando eu ligo o computador sempre aparece uma mensagem dizendo para passar o scandisk porque existiria a probabilidade de problemas na superfície do disco. Passei o scandisk, que acusou a existência de um setor defeituoso e o marcou como “bad block”. Acontece que mesmo assim, sempre que eu ligo o computador a mensagem dizendo que ainda existem setores defeituosos aparece. Passei o scandisk mais de uma vez mas não resolveu. O que pode estar acontecendo? Seria um indício de que o HD está prestes a queimar ou seria algum defeito na área de sistema, local aonde o scandisk não consegue consertar?
Resposta:
Assim que o computador é ligado aparece a mensagem de erro do Scandisk, na versão para MS-DOS. Deixe então o próprio Scandisk para MS-DOS fazer os seus testes, realizar o exame de superfície até o final, e deixe que ele marque os setores defeituosos. Apenas quando o Scandisk terminar o seu trabalho, continue com o boot do Windows. Este problema sofrido pelo seu HD pode ser um indício de que ele está com tendência a apresentar novos problemas. Pode continuar a usá-lo, mas faça backup dos seus dados importantes com maior freqüência. Existem realmente problemas que o Scandisk não consegue resolver. Neste caso recomendo que você utilize um software mais poderoso, o Norton Disk Doctor, que faz parte do Norton Utilities.

2) Ataque de vírus
Doutor Laércio Vasconcelos, no dia 13 de Março de 2001 um vírus (acho que foi) travou minha máquina, mas o HD continuou funcionando (disparado e sem interrupção) como se estivesse atualizando alguma coisa. Passados alguns minutos resolvi reiniciar a máquina tendo uma supresa logo após, vários arquivos corrompidos e a inutilização do Windows98. Resolvi entrar com disco de boot, e logo um dir para conferir. Somente um diretório com uns caracteres estranhos com a data de 13/17/04. Agora o interessante é que após essa tragédia, particionei e formatei o disco sendo que o disco ainda continua disparado (fazendo alguma leitura). Também já resetei a BIOS Setup. Desligo e ligo a máquina mas continua disparado logo após ser detectado. Ser for resetado, o HD não para o seu funcionamento, continua disparado. ( HD da marca Quantum Big Foot 2.5Gb ). ( Este HD está funcionando normalmente, cria-se diretórios,faz cópias de arquivos…).
Resposta:
Olá Marco, lembro apenas que não sou doutor, sou só um engenheiro eletrônico. Mesmo assim agradeço pela demonstração de estima. O vírus chegou no seu computador de alguma forma. O e-mail é o método mais comum, e muitos usuários desavisados são vítimas dessas armadilhas. Todos os dias, milhões de usuários recebem e-mails, muitas vezes anônimos, com arquivos em anexo. Ao executarem inocentemente esses arquivos, os usuários estão ativando os vírus. Normalmente a formatação do disco rígido resolve o problema, mas como você utiliza um disco Quantum, sugiro que você acesse o site www.quantum.com e faça o download do programa ZEROFILL. Este programa preenche com zeros, todos os setores do disco rígido, o que apaga eventuais vírus “escondidos” que podem continuar ativos mesmo após o uso do FORMAT. Lembro ainda que os vírus também podem chegar ao seu computador através de disquetes provenientes de ambientes duvidosos (escolas, por exemplo, onde os vírus de computador são transmitidos com facilidade devido às muitas trocas de programas entre os alunos) e de CDs piratas (não que eu esteja afirmando que este é o seu caso, é só para alertar os outros leitores). Se mesmo com o ZEROFILL os acessos estranhos ao disco rígido continuarem, recomendo uma atualização de BIOS, mas acho melhor que esta operação seja feita por um técnico com experiência.

3) Scandisk e Desfragmentador travam
Tenho um PC AMD-K6, 300 MHZ, 96 de memória RAM e 4 GB de espaço sendo a metade já utilizada. Já faz uns três anos que trabalho com ele sem problemas graves, mas de um tempo para cá não consigo mais executar o ScanDisk e nem o Defrag porque ele trava tudo menos o cursor do mouse, sendo a única solução dar um reset no computador. Por que isso acontece e o que fazer?.
Resposta:
Você pode ter instalado algum programa que interferiu com o funcionamento do disco, provavelmente um utilitário. Programas anti-vírus podem causar este efeito. Antes de usar o Scandisk, use Control-Alt-Del e elimine os programas que aparecem na lista de tarefas ativas. Depois que o Scandisk terminar, você pode usar o desfragmentador. Uma outra opção é fazer o boot no Windows usando o modo de segurança. Recebo várias cartas relatando anomalias nos programas Scandisk e Desfragmentador, e normalmente o boot no modo de segurança resolve o problema. Um outro caminho bom é usar ao invés desses programas, o Norton Disk Doctor e o Norton Speed Disk. Você pode encontrar esses programas na revista Expert Premium, que reúne os programas Norton Utilities 4, Norton Antivírus 5, Norton Crashguard 4, PC AnyWhere 8, Norton CleanSweep 4.5 e WinFax Pro 8, tudo por R$ 15,00. Vale a pena. Já saiu de circulação das bancas, mas ainda é possível encontrar nas lojas e livrarias especializadas em informática.

4) Transporte de dados
Tenho um problema que há tempos venho pensando em resolver, tenho um winchester de 540 mb que uso ele como slave (copiar programas de amigos ou instalar programas de minha autoria), mas como para usar este winchester preciso abrir o computador do cliente, uma vez que é um serviço lento, há muito venho procurando um periférico para este serviço. Descobri que a gaveta externa de HD é uma boa saída, mas não resolve muita coisa, pois terei que abrir o PC. A minha dúvida é: Você conhece algo parecido como uma gaveta externa para HD e que possa ser conectado à porta serial ou paralela do PC (sem ter que abrir o PC).
Resposta:
Existem realmente dispositivos nos quais podemos instalar um disco rígido e fazermos a sua ligação na porta paralela, mas são muito difíceis de encontrar no Brasil. Recomendo que você utilize para esta conexão um ZIP Drive paralelo. Os dados serão transportados em Zip Disks de 100 MB, você ainda usar o dispositivo para backup e a instalação no PC dos clientes é muito simples, basta executar o programa GUEST.EXE e o ZIP Drive passa a ser reconhecido. Este programa não altera as configurações do computador do cliente, o que é uma boa coisa.

5) Backups
Possuo backups de arquivos do Excel (versão 97) criados com o Windows 95. Acontece que instalei o Windows 98 e o programa de backup deste não consegue ler os antigos. Gostaria de saber como resolver este problema, inclusive se há algum arquivo da Microsoft na internet que possa me ajudar.
Resposta:
Os arquivos de extensão QIC, gerados pelo Microsoft Backup que acompanha o Windows 95, podem sim ser lidos pelo Backup Exec, que acompanha o Windows 98 e o Windows 98 SE. Use no programa, a opção Restaurar. Especifique onde está o arquivo QIC e a seguir clique no botão Atualizar. A janela do programa mostrará o conteúdo armazenado no arquivo de backup, você poderá então selecionar os arquivos a serem restaurados. Se você não conseguir restaurar, os arquivos podem estar danificados. Seu problema pode não estar ligado a incompatibilidade de programas de backup, mas por mídia danificada. Não vá cometer o mesmo erro que milhares de pessoas cometem, que é usar o Scandisk ou o Norton Disk Doctor para “consertar” os arquivos. Esses programas não consertam arquivos corrompidos (aliás, quem disse que consertam?), e podem estragar arquivos bons. Se ocorrer um erro de leitura pelo fato da cabeça do drive de disquetes estar suja (bastaria limpar ou usar outro drive), esses programas “consertadores” acabarão de estragar definitivamente os arquivos. Se esses seus dados estão armazenados em disquetes, faça antes uma cópia de segurança e trabalhe com esta cópia. Quando um disquete tem alguns anos de uso, quanto mais é lido, mais poderá ser danificado, pois sua camada magnética entra em processo de deterioração. Quando temos dados para restaurar a partir de disquetes antigos (a vida útil de um disquete é em torno de 5 anos) devemos inicialmente fazer uma limpeza na cabeça do drive, a seguir copiamos o seu conteúdo para um diretório vazio do disco rígido. Guardamos o disquete original, fazemos uma segunda limpeza nas cabeças do drive e podemos agora trabalhar com esta cópia no disco rígido ou em uma duplicata feita em um disquete novo.

6) Falha ao desinstalar programas
Tinha no meu PC o Norton Anti-vírus e o Vírus Scan. Tudo estava funcionando perfeitamente bem até o momento em que resolvi remover o McAfee Virus Scan e McAfee Active Shield da minha máquina atraves do Painel de Controle ( Adicionar/Remover Programas) . Ocorreu um conflito interno no PC paralisando-o totalmente e após resetá-lo, o mesmo apresentou a seguinte mensagem : ” Não foi possível encontrar um arquivo de dispositivo que pode ser necessário para executar o Windows ou um de seus aplicativos. A janela de registro ou o arquivo SYSTEM.INI refere-se a este arquivo mas o arquivo do dispositivo não existe mais. Se você excluiu esse arquivo propositalmente, tente desinstalar o aplicativo associado usando sua desinstalacão ou o programa de instalacão. Se ainda quiser usar o aplicativo associado a este arquivo de dispositivo,reinstale o aplicativo para substituir o arquivo que esta faltando. C:\WINDOWS \ SYSTEM\VSHINIT.VXD ” . Criei um disco de emergência para que o boot fosse feito via disquete, rodei o scan disk e não foi encontrado nenhum erro. O Windows voltou a funcionar sem ser pelo modo de seguranca, mas toda vez que o PC é reinicializado ainda aparece a mesma mensagem e o McAfee Active Shield ainda está na máquina. Como posso resolver estes problemas?
Resposta:
Este é um problema que ocorre com qualquer tipo de programa, não apenas com anti-vírus. É o resultado de uma desinstalação mal sucedida. No seu caso, o problema está ocorrendo porque a desinstalação do Vírus Scan não foi completada com sucesso. Arquivos foram removidos, mas entradas no Registro e possivelmente em arquivos de inicialização ainda não estavam removidas no instante em que ocorreu o travamento. Agora o Windows reclama a falta do arquivo VSHINIT.VXD, componente do Vshield, o escudo anti-vírus do Vírus Scan. É possível eliminar esta chamada manualmente, procurando por este nome dentro do Registro, usando o Regedit. Existem entretanto uma forma mais simples e que pode trazer menos efeitos colaterais. Instale novamente o programa e ao término, reinicie o computador e modo de segurança e desinstale o programa. No modo de segurança é sempre menor a chance de ocorrerem conflitos entre programas e entre dispositivos de hardware. Se a desinstalação for feita com sucesso, o erro que você descreve não mais ocorrerá.

7) Scandisk não completa o seu trabalho
Meu micro é um AMD K7 700 Mhz, RAM 64 Mb, placa de vídeo NVidia TNT2, placa mãe ASUS e HD Quantum 15 Gb. Estou tendo problemas com o scandisk e o desfragmentador, que não estão finalizando. No caso do scandisk, aparece a mensagem: “O Scandisk foi reiniciado 10 vezes porque o Windows ou outro programa estava gravando dados nesse disco. Se você encerrar alguns programas em execução, talvez o scandisk termine mais rapidamente.” Gostaria de saber como resolver este problema, já que nunca há outro programa aberto ou funcionando.
Resposta:
Certos programas podem realmente fazer acessos ao disco sem que saibamos que isto está ocorrendo. É o caso de softwares para otimização do disco, que operam enquanto o usuário não utiliza o teclado e o mouse. Nunca devemos o Scandisk ou o Desfragmentador de Disco operarem enquanto usamos o computador. Devemos deixar o computador “quieto” nessas ocasiões. Mesmo fazendo isso, programas que rodam em segundo plano e fazem acessos a disco podem interferir no funcionamento do Scandisk e do Desfragmentador. Uma solução simples para este problema é executar o Windows e modo de segurança, para então usar o Scandisk, ou no seu caso, o Desfragmentador. Você também pode usar Control-Alt-Del para ter acesso à lista de programas ativos e finalizar aqueles que suspeita serem desnecessários.

8) Vírus e janela misteriosa
Um certo dia, ao ligar o computador apareceram duas janelas que nunca tinham aparecido anteriormente, a da janela da conexão dialup e a do C:\. Liguei para meu provedor e os técnicos me orientaram a passar um antivirus, pois parecia um sintoma de infecção. Passei a versão que eu tinha e o mesmo me avisou que teria achado um Trojan, mas que não poderia deletá-lo, pois o antivirus estava desatualizado. Tratei de atualizá-lo pela internet e consegui apagar o Trojan. A partir daí, a janela da conexão Dialup não carregou mais, mas durante a inicialização do sistema, a outra continua carregando. Já li seus artigos (REGEDIT E MSCONFIG), mas não consegui desativar, principalmente porque não consegui localizar, no computador o “Msconfig”. O que pode estar acontecendo? Como posso resolver este problema?
Resposta:
O procedimento correto para eliminar janelas que se abrem misteriosamente na inicialização do Windows é primeiro verificar se existe chamada correspondente em Iniciar / Programas / Iniciar. Se nesta pasta existir um atalho para C:\, abrirá a janela do drive C na inicialização do Windows. Se existir um atalho para uma página da Internet, a janela para a rede Dial-Up abrirá na inicialização. Isto pode realmente ter sido causado por um vírus, ou melhor, um Trojan (vírus com atuação similar à do “Cavalo de Tróia”), que foi agora eliminado. A chamada da janela do drive C não foi removida pelo anti-vírus, mas você pode encontrá-la através do programa MSCONFIG (exceto no Windows 95, no qual este programa não funciona). Para isso use Iniciar / Executar e digite MSCONFIG. Você terá acesso aos arquivos SYSTEM.INI, WIN.INI e demais módulos de inicialização do Windows. Nas sessões LOAD e RUN desses arquivos você poderá encontrar a chamada indevida ao drive C, e poderá então removê-la.

9) Problemas com o Scandisk
Uso o Windows 98 e está acontecendo o seguinte com as operações do Scandisk e da Desfragmentação: quando comando o início da operação de uma qualquer dessas duas funções, o quadro correspondente inicial da função é apresentado na tela. O seu ícone é mostrado com animação habitual, mas não há qualquer progresso no andamento da função. Portanto, ela não se realiza. A lâmpada vermelha do H/Disk também não indica progresso na função. Não é mostrada também nenhuma mensagem de erro. Muito apreciaria seus comentários sobre o que está acontecendo.
Resposta:
Tanto no Scandisk como no Desfragmentador de Disco, quando clicamos em Iniciar o trabalho começa imediatamente. O Scandisk movimentará o seu ícone e apresentará mensagens indicadoras da operação que está sendo feita. No seu caso, o trabalho não inicia, como se o programa estivesse aguardando algum evento. É possível que algum programa ativo esteja impedindo o funcionamento desses programas. Use Control-Alt-Del e desative um a um os programas que estão rodando em segundo plano. Se ainda assim o Scandisk e o Desfragmentador não funcionarem, reinicie o computador em modo de segurança e tente usar novamente esses programas. Uma outra boa opção é usar os programas correspondentes do Norton Utilities, que pode ser encontrado em oferta nas bancas de revistas, por R$ 10,00. Faz parte da revista ( Expert Premium”, e contám entre vários utilitários, o Norton Utilities 4.0, onde encontramos o Norton Disk Doctor (corresponde ao Scandisk) e o Norton Speed Disk (corresponde ao desfragmentador). Mesmo depois de sair de circulação das bancas, essas revistas podem ser encontradas em livrarias e lojas especializadas em informática.

10) Scandisk trava
Travamento indica defeito ou vírus? Quando tento rodar o Scandisk no modo rápido, o mesmo indica 0.1% de erro no meu HD. Quando tento rodar corrigindo erro, ele trava no grupo 15000 de um total de 54000 e não continua. Isto é defeito no HD ou ser virus? Como devo proceder?
Resposta:
Existe um defeito físico no seu disco rígido. Se ele ainda estiver na garantia, recomendo que seja trocado. Caso não esteja, será preciso tentar mapear os setores defeituosos para que não sejam mais usados. O Scandisk não deveria estar travando, mas você pode tentar fazer o seu trabalho de outras formas: 1) Use o SCANDISK em modo de segurança; 2) Faça um boot no modo MS-DOS (no Windows ME é preciso usar um disquete de boot) e use o SCANDISK para MS-DOS; 3) Use o Norton Disk Doctor, um programa mais completo que o Scandisk. O Norton Disk Doctor pode ser encontrado no pacote Norton Utilities. Pode ser comprado por R$ 10,00 nas bancas de revistas ou em lojas de informática. Basta procurar pelo Expert Premium – Kit de proteção da Symantec, um pacote que vale a pena ser adquirido.

11) Diretórios do WinZIP
Como faço para descompactar o arquivo Winzip para um diretório de minha preferência?
Resposta:
Quando comandamos a descompactação de um programa “auto-descompactável”, é apresentado um quadro onde podemos especificar o diretório onde deve ser feita a descompactação. Podemos ainda copiar para este diretório o arquivo auto decompactável e nele fazer a descompactação, o que dá o mesmo resultado. Uma vez instalado o WinZIP, arquivos de extensão ZIP, ao serem clicados, provocarão imediatamente a execução do Winzip, no qual temos também a indicação do diretório a ser usado.

12) Problemas com o Norton
A configuração da minha máquina é K6 II 300, Windows 98, memória de 64 MB. Meu problema é que depois que instalei o Norton System Works minha máquina começou a apresentar os seguintes problemas: o gerenciador de energia não funciona automaticamente após o tempo pré-determinado (só funciona no modo desligar/colocar computador em tempo de espera); e o scandisk do DOS não está mais funcionando. Existe alguma solução?
Resposta:
Um dos programas que ficam ativos quando você instala este pacote pode estar impedindo que o computador entre em inatividade, e assim, impedindo também que entre sozinho em modo de espera. Para testar, programe o tempo de inatividade para 1 minuto e use Control-Alt-Del para finalizar seletivamente os programas em execução (Crash Guard, Anti-vírus, etc.). Depois de descobrir qual é o programa que causa o problema, você poderá decidir se abre mão do seu uso ou do uso do modo de espera sendo ativado de forma automática. Este problema realmente pode ocorrer, pois softwares em execução em segundo plano podem manter o PC ativo, mesmo quando não usamos o teclado e o mouse. Quanto ao Scandisk, copie novamente os arquivos a partir de um outro PC com o Windows 98, ou então use o programa SFC.EXE (Verificador de Arquivos do sistema) para restaurar o Scandisk a partir do CD de instalação do Windows.

13) Demora no Scandisk e Desfragmentador
Uso um microcomputador Pentium III 650 mhz, HD de 10.2 GB, memória 64 MB, desde janeiro deste ano e gostaria de saber quanto tempo, em média, gasto para concluir o scandisk e desfragmentador. Há um outro programa que realiza esta mesma tarefa de uma maneira fácil, rápida e eficaz? De quanto em quanto tempo tenho que ser feito estes processos?
Resposta:
As operações desses programas são realmente muito demoradas. Duram várias horas, e em alguns casos é preciso deixar a operação sendo feita de um dia para outro. Não existe tempo padrão determinado, já que além de depender da capacidade do disco, depende também da sua velocidade. A velocidade do disco depende por sua vez de vários fatores, como taxa de transferência interna e externa, além do tempo de acesso. Ao usarmos esses programas, não devemos deixar outros softwares em execução, pois acessos a disco atrapalharão o trabalho desses utilitários. Desabilite programas anti-vírus durante o seu uso. Use primeiro o Scandisk e ao terminar, pode usar o desfragmentador. O trabalho do desfragmentador será demorado, mas quando você usa-lo novamente, a operação será bem mais rápida, já que muitos arquivos estarão ainda “arrumados”. Também não existe critério de tempo para o uso desses programas. Eu por exemplo os uso uma vez por mês.

14) Problemas na desfragmentação
Gostaria de saber qual medida deve ser tomada quando eu tenho um micro-computador cujo o Win98 não consegue desfragmentar o disco rigido. Existe alguma forma de resolver este problema sem ter formatar o mesmo. Obs.: O Aplicativo Scandisk funciona normalmente tanto no Windows como pelo DOS.
Resposta:
Um abraço para o pessoal de Recife, cidade que me encantou quando a visitei, onde tenho parentes no bairro da Tamarineira e onde escrevo uma coluna no Jornal do Comércio. O desfragmentador de disco pode ter problemas quando outros softwares fazem acesso ao disco rígido enquanto ele está trabalhando. Quando fizer uma desfragmentação, deixe o computador quieto, não o use. Verifique se existem outros programas ativos (tecle Control-Alt-Del) para ver a lista de programas. Escudos anti-vírus ativos, como o Vshield do Vírus Scan, também podem interferir com o desfragmentador. Uma forma de cortar os problemas pela raiz é iniciar o Windows em modo de segurança. Isto fará com que a maioria dos drivers e programas que são executados em segundo plano fiquem desativados, facilitando a desfragmentação. Também é recomendável que, antes de desfragmentar o disco, seja utilizado o programa Scandisk para corrigir problemas na estrutura lógica do disco, que de outra forma impediriam o funcionamento do desfragmentador.

15) Scandisk engasgando
Estou com um problema e não consigo resolver, particionei meu HD (c:\ d:\), mas na hora de instalar o Windows ME, ele não consegue passar o scandisk, ele detecta erro na estrutura de pastas (c:\dir00001\3csidbar.dib possuía uma cadeia de fat inválida), peço para corrigir, ele corrige, mas depois aparece uma tela dizendo que não corrigiu a cadeia. Sendo assim o Windows ME não instala. O mais estranho é que esse HD era do micro1, aí comprei outro micro (micro2) e coloquei esse HD no micro novo. Essa semana comprei um HD novo de maior capacidade para o micro novo (micro2) e voltei o HD antigo para o micro 1. Antes de fazer essa última troca, ele estava funcionando perfeitamente. O que pode ter acontecido? Será que o HD está danificado? Tem solução? OBS: Quando troquei o HD (as duas vezes) ele foi formatado, uma vez que o micro reconhece na bios, mas não dá boot. Todas vez que for trocar o HD de micro precisa formatar?
Resposta:
Se o problema for só o Scandisk, pode ser resolvido usando para a instalação do Windows, o comando INSTALAR /IS. Com o parâmetro /IS, o Scandisk será ignorado. Depois que o Windows for instalado, pode ser necessário remover os diretóprios com problemas, usando o Scandisk do Windows. Este tipo de problema pode ocorrer quando o disco rígido de um PC é instalado em um outro PC mas os parâmetros do CMOS Setup não estão corretos. O disco é acessado, novos arquivos são criados, mas os antigos ficam corrompidos. Ao retornarmos o HD para o PC oringial, os arquivos antigos ficam bem e os novos aparecem corrompidos. Certifique-se de que o HD utiliza o mesmo número de cilindros, cabeças e setores em ambos os computadores.