Home » Artigos arquivados » 2001 – Upgrades (Perguntas e Respostas)

2001 – Upgrades (Perguntas e Respostas)

1) Troca da placa de CPU
Tinha um computador com uma placa PC100 com processador 366Mhz com o Windows Me e o 2000 instalados e um disco de 8Gb particionado, troquei para uma placa Pc Partner com um processador 450Mhz, ao trocar o Windows ME aceitou todos os componentes e instalou tudo, já na inicialização pelo Windows 2000 o computador apenas começou a iniciar e depois surgiu uma tela azul marinho com uma mensagem cheia de zeros e logo mais abaixo outra em portugues pedindo para eu verificar se o computador não continha vírus ou se havia uma nova controladora de disco rígido instalado e pedindo a sua remoção. Achei que o problema seria o particionamento, fui ao fdisk e exlui tudo tentei novamente com uma só unidade e nada, peguei um hd emprestado consegui instalar o Windows 2000 normalmente, o que pode estar impedido sua instalação neste micro?
Resposta:
É possível trocar a placa de CPU sem reinstalar o sistema operacional. Já fiz isso no Windows 3.x, Windows 95, Windows 98 e Windows ME mais de 100 vezes, mas no Windows 2000 fiz pouquíssimas vezes. Normalmente o Windows detecta os dispositivos da nova placa de CPU e funciona corretamente, mas é possível que no seu caso seja necessária uma reinstalação do Windows 2000. Uma outra questão importante é a configuração do disco rígido. No CMOS Setup da sua placa de CPU original estavam declarados os parâmetros do disco rígido (número de cilindros, cabeças e setores). Esses mesmos parâmetros precisam ser declarados no CMOS Setup da segunda placa de CPU. Finalmente, instale o Service Pack 1 do Windows 2000. Sua nova placa de CPU pode eventualmente apresentar alguma incompatibilidade que pode ser resolvida com esta atualização.

2) Upgrade em um PC de 1996
Aquiri um Computador Pentium 133 que foi fabricado no final do ano de 1996 e gostaria de saber se para trocar este processador 133 por um de 233 MMX, teria que configurar algum detalhe no setup ou simplesmente instalá-lo na placa mãe?
Resposta:
Talvez seja possível fazer a expansão para 233/MMX. No final de 1996 existiam algumas placas de CPU que suportavam o Pentium MMX/233, mas outras chegavam no máximo ao Pentium comum (não MMX), de até 200 MHz. É preciso verificar no seu manual se existe suporte para o MMX. Além disso, será preciso alterar jumpers para indicar a tensão interna de 2,8 volts, usada pelo Pentium MMX (o Pentium comum usa 3,3 volts). Se um Pentium MMX for ligado em uma placa de CPU incompatível, usará a voltagem errada e apresentará instabilidades freqüentes e poderá queimar. Se não suportar o MMX, sua placa tem grandes chances de funcionar com um Pentium comum, de 200 MHz, mas também será preciso alterar seus jumpers. O Pentium/133 opera com 66 MHz externos e multiplicador 2x. O Pentium/200 usa os mesmos 66 MHz externos e o multiplicador é 3x. É realmente necessário ter o manual da placa de CPU.

3) Expandindo a memória
Estou com a seguinte dúvida: Tenho 64 Mb de RAM em meu computador e gostaria de colocar mais 64 Mb. Mas não sei se minha mamória é DIM ou SIM ou qualquer outro tipo, como faço para identificar o tipo de memória e o tipo de slot que é necessário para cada estilo de memória?
Resposta:
A forma mais simples é abrir o computador e verificar diretamente os módulos existentes. Módulos SIMM/72 têm cerca de 11 centímetros de comprimento, enquanto os módulos DIMM/168 têm cerca de 13 centímetros. Recomendo que a expansão de memória seja feita por um técnico ou por um usuário com experiência em expansões de hardware. Um usuário inexperiente nesta operação pode por exemplo danificar os chips de memória com a eletricidade estática das mãos (leia o artigo a respeito em www.laercio.com.br). Leia também neste site o artigo “Expandindo a memória”, onde existem todas as instruções para que você mesmo faça a expansão com sucesso.

4) Melhorando o desempenho de um Pentium MMX
Tenho um Pentium 233, com 32 MB de Ram. Teria como eu acelerar meu pc com mais memoria por exemplo 128 ? Caso não qual seria a melhor solução ? Trocar de Processador?
Resposta:
É preciso consultar o manual da sua placa de CPU e checar quais são os processadores suportados. As placas de CPU Pentium produzidas a partir de 1998 aceitam processadores mais velozes, chegando até o K6-2/550, mas modelos mais antigos podem realmente chegar no máximo ao Pentium-233 MMX. Se for o seu caso, a única forma de melhorar o desempenho é instalando um Turbo Chip, que é um K6-2 adaptado a um soquete compatível com o do Pentium MMX. Pode ser obtido na Kingston (www.kingston.com.br). Isto vai aumentar a velocidade do processamento, mas em muitos casos a lentidão não é causada pelo processador, e sim pela baixa quantidade de memória. Realmente 32 MB é pouco para os padrões atuais, e eu arriscaria afirmar com quase certeza que este é o seu maior problema. Para confirmar, observe o LED de acesso ao disco rígido nos períodos de lentidão. Se ocorrerem muitos acessos em momentos nos quais você não está fazendo operações de acesso a disco, significa que o Windows está usando a memória virtual para compensar a baixa quantidade de RAM. Nesse caso, aumentar a memória RAM vai acabar com essas situações de lentidão.

5) Fazer upgrade ou comprar um PC novo?
Tenho um Compaq Presario 7463, com processador AMD K6-2 de 500MHz, 64Mb de RAM, Hd de 8.0Gb, Placa de vídeo de 8Mb (on-board), Modem PCTel de 56Kbps (on-board), Drive de CD-ROM de 40x, Placa de som on-board (não sei a a marca) e um Monitor Colorido Compaq B420 de 14 polegadas. Há dois anos, meu PC era um dos melhores, mas hoje já está defasado; mas não quero comprar um PC novo, e sim atualizá-lo. Queria sanar cinco dúvidas:

1. Eu uso o meu PC para navegar pela Internet, mandar e-mails, fazer trabalhos e páginas da Web, participar de chats na Web e jogar games com gráficos 3D (como os mais novos). Que configuração seria a melhor para mim?

2. Quais são os novos componentes que deveria pôr no lugar dos antigos?

3. Quais são as melhores marcas dos novos componentes?

4. Em que lojas de Goiânia posso achá-los?

5. Quais são os serviços autorizados (sup. técnico/revendedoras) da Compaq em Goiânia?
Agradeceria a resposta o mais breve possível. Desejaria que todo o upgrade não fosse mais de 2.100, ou valeria mais a pena comprar um PC novo.
Resposta:
Os computadores Compaq, IBM e de outras marcas de grife normalmente não são produzidos para suportar upgrades. Normalmente utilizam uma placa de CPU com “tudo onboard” e não possuem slots para expansões. A sua placa de CPU nem mesmo suporta upgrade de processador. Como já tem um K6-2/500, e este processador foi descontinuado, não existem processadores mais novos que possam ser usados na sua placa de CPU, exceto o K6-2/550, mas a diferença de desempenho é tão pequena que não vale a pena. Será portanto preciso trocar a placa de CPU, e como ela já tem “tudo onboard”, você acabará tendo que trocar tudo. Recomendo que você venda o seu atual PC e compre um novo, mas preste muita atenção com a questão da qualidade, pois existem muitos PCs ruins no mercado nacional. Quanto aos PCs de grife, normalmente são bons, mas muitos deles não permite upgrades.
O seu novo PC deve utilizar um processador na faixa de 1000 MHz, pode ser Pentium III ou Athlon. Deve usar uma placa 3D AGP de alto desempenho com 32 MB de memória. Sugiro uma baseada em chips Nvidia Gforce. Uma memória de 128 MB é suficiente, mas para maior comodidade, recomendo 256 MB. Quanto ao HD recomendo que seja de marca Quantum ou Seagate, com capacidade entre 30 e 80 MB, dependendo do custo. Preste atenção à marca da placa de CPU. Recomendo Intel, Asus, Soyo, Supermicro, FIC ou A-Trend. A placa de som Sound Blaster Live é ideal para jogos, e um bom modem é o US Robotics, modelos 5610, 2976 e 2977.

6) Upgrade de placa de CPU
Possuo um AMD K6-2 500MHz, placa-mãe M598 Sys 530 (tudo onboard), 64MB RAM e HD 20GB. Freqüentemente está ocorrendo travamentos e não estou conseguindo conexão com a internet. Compensaria fazer um upgrade com uma placa-mãe Soyo SY-5EHM, modem Motorola Winmodem, placa de som Yamaha e placa de vídeo ATI considerando que o K6 não é mais fabricado? Não seria melhor instalar somente um modem, manter a mesma placa-mãe e o resto onboard e dar uma manutenção no HD?
Resposta:
Se ocorrem travamentos, o problema pode ser de software ou hardware. Se for software, a reinstalação do sistema operacional e dos drivers pode resolver o problema. Por outro lado, esta placa é muito problemática, e é possível que esteja defeituosa. Para ser mais claro, a placa M598 é #?%*@!! e deixa muitos dos seus usuários insatisfeitos. Você corre o risco de trocar o modem, conseguir boas conexões na Internet mas continuar com problemas de travamento. Se puder trocar por uma placa de CPU Soyo ou Asus, é um bom caminho. Pode utilizar um modelo com som onboard, o que normalmente não traz problemas, mas quanto ao vídeo, se quiser um desempenho melhor, é mesmo bom instalar uma placa de vídeo avulsa. A escolha desta placa dependerá da aplicação que você deseja dar. Lembre-se que maior desempenho e maior qualidade gráfica representa maior custo. Existem placas 3D muito boas com o chip Nvidia TNT2 e ATI Radeon, o problema é que elas são boas demais para o K6-2. A geração de imagens 3D é feita, parte pelo processador, parte pela placa 3D. Se o K6-2 não for capaz de realizar a sua parte em alta velocidade, não adiantará muito ter uma placa 3D cara e de alto desempenho. E o K6-2/500 não é um processador tão veloz quanto muitos pensam. É apenas um pouco mais rápido que o K6-2/300, e bem mais lento que um Pentium III/500. Você corre o risco de gastar com uma nova placa de CPU e uma nova placa 3D e concluir que o K6-2 não é veloz como você esperava. Acho melhor a opção de adotar uma placa para Athlon/Duron, pois você terá desempenho muito maior, mesmo usando apenas um Duron/800 (que está com excelente preço), e ainda suportará futuros upgrades.

7) Upgrade de processador
Gostaria de saber se posso trocar meu processador K6-2 de 500Mhz (Compaq 7463) que tem plataforma Socket7 por um K6-III de 500Mhz e se esta alteração vai significar um bom aumento de velocidade ou apenas uma ligeira melhora. Já fui informado de que a troca da placa mãe e do processador por uma Asus com Athlon ou Duron seria muito bem vinda. Desde já agradeço vossa colaboração.
Resposta:
O K6-III é consideravelmente mais veloz que o K6-2 de mesmo clock. A diferença fica por conta da velocidade da cache L2. Enquanto no K6-2 a cache L2 trabalha com 100 MHz fixos, não importa qual seja o clock do processador, o K6-III tem uma cache L2 que opera com o mesmo clock que o seu núcleo. Isto significa que, por exemplo, em um K6-III/450, o clock da cache L2 é 450 MHz, contra apenas 100 MHz de um K6-2/450. Nos processadores atuais, é muito mais importante que a cache L2 seja veloz, e não apenas grande. Por isso o Pentium III antigo tinha 512 kB de cache L2, operando com a metade da freqüência do núcleo, enquanto o Pentium III novo (os modelos atuais) têm apenas 256 kB de cache L2, porém operando com a mesma freqüência do núcleo. Infelizmente o K6-III/500 não existe. Foi produzido apenas nas versões de 400 e 450 MHz. Tenho em meu laboratório um K6-III/450, ele tem desempenho similar ao de um Pentium II/450, e preço muito menor. Portanto você não vai conseguir fazer este upgrade. Se encontrar um K6-III/450 (à venda atualmente só no mercado de segunda mão), vale a pena instalá-lo no lugar do K6-2/500, ou mesmo do K6-2/550.
O desempenho dos processadores Athlon e Duron é bastante superior ao do K6-2 e do K6-III. Será entretanto necessário trocar a placa mãe por uma que tenha “Socket A”, próprio para esses processadores.

8) Upgrade em um Pentium-200
Estou pensando em fazer um upgrade do meu computador, um Pentium 200 MMX, 32 MB de RAM (memória EDO 72 pinos), placa de vídeo de 2 megas, fax Motorola 56K e placa de som. Como a “grana” anda curta, gostaria que você me desse uma sugestão. Um K-6 II 500 Mhz, placa mãe onboard, com som, vídeo, fax e 64 MB de RAM, um Pentium 500 Mhz, um Celeron ou um Duron? Qual placa devo usar? Existe placa mãe onboard de boa qualidade? Dá pra rodar programas pesados, navegar na internet e jogar?
Resposta:
Você tem um típico computador de 1997. Não recomendo uma expansão baseada no K6-2, pois este processador já saiu de linha e seu computador não mais aceitará novos upgrades. Além disso a maioria das placas de CPU para K6-2 são de baixo desempenho e com vídeo onboard. Desta forma o seu desempenho pode ficar praticamente igual ao do seu atual PC. Recomendo uma placa de CPU de boa qualidade (Intel, Asus, FIC, Supermicro, Soyo, A-Trend, por exemplo). Quanto ao processador, você pode adotar a linha Intel Pentium III. As placas de CPU com vídeo onboard dos fabricantes citados são de boa qualidade, mas o desempenho é inferior ao obtido se fosse usada uma placa de vídeo avulsa.

9) Uprade de Pentium MMX/200 para Pentium III/800
Possuo um Pentium 200 MMX, 128 MB de RAM, HD 20 GB Sansung, adaptador de vídeo Trident 9440 PCI, kit multimídia 24x, placa de som Sound Blaster Windows 98 SE. Estou fazendo um upgrade e pretendo trocar a placa-mãe e o processador. Gostaria de transformá-lo em um Pentium III 800 Mhz. Qual a melhor placa e o melhor processador? Devo comprar mais alguma coisa? Quanto vou gastar? Existe um modem bom (e barato) que também resolva meu problema de lentidão na internet?
Resposta:
Na minha opinião uma das melhores placas é a Intel D815, mas existem outras boas opções, como a Soyo SY-7ISA+. Essas placas têm vídeo onboard, que é satisfatório para aplicações que não necessitam de excepcional desempenho gráfico, como os jogos 3D de última geração. Se for o caso, você pode usar também uma placa de vídeo 3D AGP com 32 MB, existem bons modelos da Nvidia, e ATI. O som onboard é satisfatório para a maioria das aplicações, mas se você gosta de jogos com sons tridimensionais, ambientais e efeitos sonoros especiais, sugiro uma placa Sound Blaster Live. Quanto ao modem bom e barato, posso recomendar os modelos com chip da Lucent, que custam em torno de 70 reais. Existem modelos mais baratos, mas não vale a pena a economia. Lembro que a lentidão na Internet nem sempre é culpa do modem, mas também pode ser da linha e do provedor, e também do uso em horários nos quais a Internet está congestionada.

10) Upgrade em um Pentium MMX
Possuo um Pentium 200 MMX, 128MB RAM, 20 GB Samsung, adaptador de vídeo Trident 9440 PCI, kit multimídia 24x e placa Soundblaster Win98 SE. Estou fazendo um upgrade e pretendo trocar a placa-mãe e o processador. Gostaria de transformá-lo em um Pentium III 800 MHz. Qual a melhor placa-mãe e o melhor processador que devo comprar? Devo trocar mais alguma coisa? Quanto vou gastar? Estou com problemas também com meu modem Motorola 56k. Existe outro bom e barato (R$80,00) que resolva meu problema de lentidão na internet?
Resposta:
Sempre me perguntam o que é melhor: fazer um upgrade ou trocar o micro inteiro. Quando o micro tem muitos pontos fracos, é melhor trocá-lo inteiro. Quando são poucas as deficiências, o upgrade é mais vantajoso. A outra vantagem do upgrade é que normalmente pode ser feito aos poucos. Sua placa de CPU precisará ser trocada, com um novo processador e novas memórias. As placas com Pentium MMX ou usam memórias SIMM/72, que não funcionam nas placas modernas, ou DIMM/168 padrão PC66, que podem ser conectadas em algumas placas modernas, mas com queda de desempenho, ou então não podem ser usadas. A maioria das placas de CPU atuais aceita apenas memórias PC100 e PC133, não suportando PC66. Se funcionassem, seu Pentium III/800 ficaria com jeito de Celeron, apesar da cache L2 maior. Você poderia vender a sua placa de CPU atual, com processador e memória, e comprar uma placa de CPU nova, com o Pentium III e memórias PC133. Sugiro a placa Intel D815EEAA ou outra da FIC, Soyo, MSI ou Asus, equipadas com o chipset Intel i815. Essas placas possuem vídeo onboard de desempenho satisfatório, e substituirão a sua atual Trident PCI. Também possuem som onboard similar ou melhor que o da sua SoundBlaster (dependendo do modelo). Não caia na tentação de comprar placas PC Chips com “tudo onboard”, pois essas placas já foram “desmascaradas” no mercado brasileiro, e muito lojistas nem as vendem mais, de tantos que foram os problemas. Quanto ao modem, posso sugerir os modelos com chip da Lucent. Custam cerca de 80 reais e funcionam muito melhor que os da PCTel, Motorola e os Winmodems da US Robotics.

11) Upgrade para jogos
Tenho um Pentium MMX, 233, 32 de memória RAM, HD de 13 GB, placa de vídeo de 1 MB. Gostaria de saber como posso melhorar o desempenho do meu computador para jogos em geral. Vale a pena aumentar a memória RAM para 64 e trocar a placa de vídeo 16 ou 32 RAM? Qual a minha melhor saída?
Resposta:
Os jogos tridimensionais de última geração necessitam de processadores mais velozes. A maioria requer um Pentium III/500 ou superior. O Pentium MMX/233 fica bem abaixo deste patamar, mas ainda assim poderá executar vários jogos 3D que não sejam de última geração, produzidos até aproximadamente 1999. Por exemplo, em bancas de revistas e lojas de informática podemos encontrar vários jogos desta época em promoção, muitos deles excelentes, por preços na faixa de 15 a 30 reais. Esses jogos em geral funcionarão bem no seu Pentium MMX/233, desde que seja feita uma expansão de memória e que seja instalada uma placa 3D. A memória pode ser aumentada para 64 MB, suficiente para executar a maioria dos jogos produzidos até 1999. Os atuais já requerem ainda mais memória, como o Heavy Metal FAKK2, que roda bem apenas com 128 MB. A placa de vídeo também tem que ser um modelo 3D. Como a sua placa de CPU não tem slot AGP, você terá que usar uma placa 3D PCI. É possível encontrar no comércio uma placa Creative TNT2 PCI com 32 MB, custando pouco mais de 200 reais. Os resultados serão bastante satisfatórios, mas se você quiser executar todos os jogos 3D de última geração, será preciso também trocar a placa de CPU por outra com um processador mais veloz. Verifique também o manual da sua placa de CPU e veja se ela suporta processadores K6-2. Se suportar, você poderá instalá-lo no lugar do Pentium MMX, o que irá melhorar um pouco a situação dos jogos mais novos.

12) Troca de Pentium II por Pentium III
Possuo um Pentium II 300 MHz e placa-mãe Asus P2BS. Gostaria de fazer um upgrade, só que minha placa-mãe suporta processadores de 450 MHz. Com cartão adaptador S370133 é possível fazer um upgrade para Pentium III?
Resposta:
Antes de mais nada, é possível encontrar o Pentium III no encapsulamento de cartucho, com 1000 MHz internos e 100 MHz externos, sendo portanto compatível com a sua placa. A Asus testou entretanto apenas até o modelo de 600 MHz. Modelos mais rápidos têm chance de funcionar, o único problema é a voltagem. A voltagem exigida pelo novo Pentium III pode estar fora da faixa de voltagens geradas pela sua placa. Nesse caso o processador não funcionará, mas não será estragado, já que a especificação VRM exige que a tensão seja desligada quando um processador requer uma voltagem não suportada. Por outro lado, quando a placa de CPU possui jumpers para programação manual de voltagem, é mais fácil fornecer a tensão correta. Basta desativar a tensão automática e usar a tensão manual. Verifique no seu manual se existe programação manual de voltagem. Note que as antigas placas para Pentium II só geram voltagens entre 1,8 volts e 3,1 volts (confirme no seu manual, isso depende da especificação VRM utilizada). Os processadores Pentium III entre 600 e 1000 MHz normalmente operam com tensões de 1,65 ou 1,7 volts, portanto seriam incompatíveis com uma placa que opere com tensões a partir de 1,8 volts. Já o Pentium III-600 e 600B no encapsulamento de cartucho opera com 2,05 volts, e portanto pode ser usado em placas de CPU antigas que geram tensões entre 1,8 e 3,1 volts. Mesmo limitado a 600 MHz, é uma boa coisa usar este processador no lugar do seu Pentium II/300.

13) Upgrade de Pentium II
Meu computador é um Pentium 2 350Mhz, 120RAM e no manual da minha placa diz que posso fazer upgrade de processador até pentium 2 450Mhz.. entretanto, na BIOS existe a opção onde dizemos qual é o clock do processador vai até 800Mhz… ou seja, poderia eu colocar um processador Pentium 2 acima de 450Mhz?!?
Resposta:
Sim, provavelmente o seu manual é antigo e o seu BIOS é mais recente. Descubra o fabricante da sua placa de CPU (isto pode ser feito com o programa CTBIOS, encontrado na área de download de www.laercio.com.br) e obtenha as informações atualizadas sobre os processadores suportados pela sua placa. Provavelmente ela aceitará Um Pentium III com barramento externo de 100 MHz para Slot 1. Também será preciso comprar um cooler adequado ao Pentium III. Note que a sua placa tem barramento de 100 MHz, portanto o Pentium III a ser usado tem que ser de 100 MHz externos, não pode ser de 133 MHz, caso contrário você não conseguirá a sua velocidade plena. Por exemplo, um Pentium III/600 com barramento externo de 133 MHz irá operar com apenas 450 MHz ao ser ligado em um barramento de 100 MHz.

14) Upgrade em K6-2/550
Tenho uma placa M598LMR (Socket 7) da PC Chips com um processador AMD K6-2 de 550 MHZ, com 128 mega de memória RAM. Gostaria de saber se existe algum outro processador mais rápido para essa placa ou ela estará limitada somente a esse processador? Caso um dia fosse fazer um upgrade nessa placa.
Resposta:
O Socket 7 chegou ao seu crepúsculo. Há vários meses não são lançadas novas placas e novos processadores para esta plataforma, coisa que já estava anunciada há mais de um ano pelos fabricantes. Não são mais produzidos processadores K6-2 e não serão lançadas novas versões de processadores para o Socket 7. O K6-2/550 foi o último processador para placas como a sua. Não será possível realizar novos upgrades de processador. Ainda encontramos no mercado PCs equipados com o K6-2/550 porque existe um final de estoque nos distribuidores, e também porque os preços são baixos. A maioria dos programas atuais ainda funcionam com este processador, mas com o passar do tempo, novos programas poderão não mais funcionar com ele, devido à sua limitação de desempenho. Comprem PCs com o K6-2 apenas se não tiverem interesse em futuros upgrades e se bom desempenho para programas futuros não for problema. Quanto às aplicações atuais, ele executa bem o Windows Me e a maioria dos programas modernos, por enquanto.

15) Upgrade em IBM Aptiva
Minha máquina é um IBM Aptiva, adquirido em 1996, possui as seguintes características: Modelo 2162 E 91; Processador Intel MMX; Memória 32 MB; Windows 95; Disco C – 999 MB; D- 999 MB; E-1094MB; CD ROM; Modem ATT Win. Desejo saber se posso midifica-la,ampliando o HD, a placa modem para 56K V-90 e mais 32 de memória, pois tenho receio de comprar e a máquina não aceitar.
Resposta:
Provavelmente podem ser feitas essas instalações. Não posso dizer “na mosca”, pois existem muitos modelos de Aptiva e normalmente a IBM (assim como a maioria dos fabricantes) não disponibiliza de forma fácil, especificações internas como tipo de memória, tipo de cache, interfaces, slots, etc. Entretanto, qualquer técnico de manutenção está apto a abrir seu computador e verificar o tipo de memória necessário, a disponibilidade de uma interface IDE e um slot livre para o novo modem. Empresas que fazem manutenção e upgrades normalmente checam as opções para o computador do cliente e oferecem opções compatíveis com a configuração do cliente.

16) Atualização em 486
Sei que parece meio surreal nos dias de hoje, com gente comprando micros de 1.2ghz eu ainda tenho um 486 dx2-66. Procurei o fabricante da placa mãe para ver se seria possível uma atualizaçao de bios (p/ colocar um hd maior) e encontrei o seguinte:

Chipset: 2C4X6 = UMC UM498/496F
PLACA: H01-00 = Hsing Tech (PcChips).

Eu ainda encontro esse manual em algum lugar? Tem como atualizar a bios dessa placa?
Resposta:
A Hsing Tech é uma subsidiária da PC Chips. Já encontrei o site deles uma vez, mas estava tudo escrito em chinês, e voltando agora a aquele site, encontrei uma mensagem de ERRO 404, também toda em chinês. Recomendo que você vá até a página www.wimsbios.com e na lista de fabricantes, procure em PC Chips, onde existirão informações para a atualização do BIOS. Não espere muito, pois o suporte da maioria dos fabricantes para placas antigas é muito precário. Além disso a maioria das placas para 486 não tinham seu BIOS gravado em Flash ROM, portanto não permitem atualizações. Se você pretende instalar um HD de maior capacidade, recomendo que você obtenha no site do fabricante do disco, o programa Disk Manager ou o EZ-Drive, que implantarão a função LBA na trilha zero do disco, permitindo instalar discos de maior capacidade.

17) Upgrade em Pentium
Tenho um pc com a seguinte configuração:

processador: pentium 166 mhz
132 mb de memória ram
placa de vídeo matrox
placa fax/modem u.s. Robotics
placa de som creative labs

Necessito de um pc com capacidade e velocidade para processar softwares gráficos (como autocad, 3d max) bem como de um gravador de cd. Será mais econômico fazer um upgrade ou comprar um pc novo? Qual a configuração ideal? Em se tratando de um gravador de cd, qual o melhor, interno ou externo ?
Resposta:
Será preciso instalar uma nova placa de CPU e um novo processador. As memórias do Pentium-166 (provavelmente SIMM/72 EDO) não poderão ser usadas com a nova placa de CPU, portanto será preciso comprar mais memória. O seu disco rígido provavelmente tem baixa capacidade para softwares modernos, e sua placa de vídeo tem recursos limitados. Considero que para fazer um upgrade para um bom computador você gastará praticamente o mesmo que o custo de um PC novo. Sugiro que você venda o PC inteiro e compro um novo. Como regra geral, quanto maior é o número de peças a serem trocadas em um upgrade, menos será vantagem faze-lo. O upgrade é ideal quando o computador é relativamente novo e tem poucos pontos fracos. Seu PC tem uma configuração forte para os padrões de 1995, está portanto muito desatualizado. Observe que é possível utilizar esses softwares com um upgrade de disco rígido, mantendo a memória e o processador, ou mesmo usar um processador um pouco mais veloz, caso a sua placa de CPU suporte (Pentium 233 MMX, por exemplo), mas mesmo assim a produtividade será muito baixa. Se você vai usar este PC para aplicações profissionais, será mais produtivo partir para um modelo mais moderno. Ele acabará se “pagando” depois de alguns meses de uso, graças à maior produtividade.
Procure um PC com uma placa de CPU de boa qualidade, como Soyo, FIC, Asus ou Intel. Use um processador na faixa de 1 GHz, Pentium III ou Athlon, memória de 256 MB, disco rígido entre 20 GB e 40 GB e uma boa placa 3D. O gravador de CDs da LG está muito bem conceituado no mercado. Use o modelo IDE interno.