Home » Artigos arquivados » 2000 – Placas de vídeo e monitores (Perguntas e Respostas)

2000 – Placas de vídeo e monitores (Perguntas e Respostas)

1) Problemas em placa de vídeo TNT2
Tenho um micro K6-2 500 Mhz, Placa mãe Soyo sem nada on-board (modelo: SY-5EHM/5EH5), 64 de memória ram (PC-100),e utilizo um monitor Five Star (modelo: FS4950) que suporta no máximo 1024 x 768 Pixels. A pouco tempo adquiri uma placa de vídeo Riva TNT2 Vplus 32Mb (AGP), Após ter instalado, começou os problemas. Quando mudo a opção do Setup “AGP-2X Mode”para “Enable”, o micro passa a travar! Estando esta opção “Disable” o micro funciona quase normal, pois ao testar o DirectDraw, Direct3D e Textura AGP, a tela fica preta e aparecem linhas coloridas e o monitor chegar a emitir um barulho muito agudo, como um assovio. Depois volta ao normal (para a tela do Windows). Já instalei o Directx7.0 e o 8.0 e nos dois acontece a mesma situação. Já mudei a taxa de Atualização do adaptador de vídeo, de “Otimizado”para “Padrão do adaptador” mas nada resolveu.
Resposta:
No CD-ROM que acompanha a sua placa de CPU, você encontrará o AGP Miniport Driver específico para o chipset que ela utiliza. Este driver precisa ser instalado para que as placas AGP funcionem corretamente. Quando este driver não é instalado, ocorrem problemas de tela preta, partes piscando e troca de cores nos modos 3D. Quando o monitor emite um barulho agudo, pode estar sendo usada uma taxa de atualização indevida. Junto com a sua placa de vídeo você deve ter recebido um utilitário para regular as taxas de atualização para diversas resoluções. Você pode ter feito a regulagem para resoluções como 640×480, 800×600 e 1024×768, mas essas configurações não se aplicam a todos os modos da placa, e os jogos que você está utilizando podem estar utilizando modos gráficos não configurados, com taxas de atualização incompatíveis com o seu monitor. A melhor coisa a fazer para resolver esses problemas é declarar a marca e o modelo do seu monitor, através da guia de Configurações do quadro de propriedades de vídeo. Isso irá garantir que em todos os modos gráficos, sejam eles 2D ou 3D, com quaisquer resoluções e números de cores, serão usadas taxas de atualização compatíveis com o seu monitor. Algumas vezes encontramos dificuldades em localizar determinadas marcas de monitores. Por exemplo, se eu fosse um distribuidor e quisesse criar um monitor “Laércio”, bastaria importar um lote de monitores genéricos ou de um pequeno fabricante e colocar a marca nesses monitores. Nesse caso é preciso procurar o “fabricante” do monitor para obter o driver apropriado, para que ele seja reconhecido pelo Windows.
2000_07
Declarando a marca e o modelo do monitor

2) Placa Voodoo com problemas
Eu comprei uma placa de video Voodoo 3 3000 PCI, mas não consigo instalar ela direito. Quando eu instalo a tela fica preta antes de iniciar o windows, e ainda aparece mensagens de erros Vxd. Outra coisa também que acontece é que a placa esquenta muito. Vocês acham que pode ser defeito da placa ou a instalação foi mal feita? O que eu devo fazer?
Resposta:
Normalmente os drivers oferecidos pelos fabricantes através da Internet são mais recentes que os encontrados nos CDs que acompanham as placas que encontramos no comércio. Acesse o site do fabricante, em www.3dfx.com e faça o download dos drivers mais novos. Os que chequei pela última vez eram de 6/nov/2000. Quanto ao aquecimento, você está com a razão. A Voodoo 3 3000, assim como a maioria das placas 3D modernas, produzem muito aquecimento. Em alguns casos pode ser necessário instalar um cooler adicional no gabinete do computador.
2000_08
Placa Voodoo 3 3000 AGP

3) Desabilitando o vídeo onboard
Recentemente substitui minha placa de vídeo on board da placa-mãe SIS 530 por uma da Creative Labs Riva TnT 3d de 32 mb de memória. Procedi como manda o figurino, ou seja, primeiro desinstalei o drive antigo no item Sistema do painel de Controle, desliguei o micro, retirei a placa antiga e instalei a nova. Já no boot o Windows ME reconheceu a nova placa e pediu a instalação do drive, o que foi feito corretamente. Todavia, depois disso, mesmo retirando o drive antigo e a placa antiga, quando inicio o computador o maledeto avisa ter detectado a placa de vídeo do Sis 530 e pede para instalar o drive respectivo. Quando retirei a placa de vídeo on board, verifiquei no manual da placa-mãe se havia algum jumper para ser desativado, mas não achei nada. Pergunto: como parar de receber esse aviso para instalação da placa antiga?
Resposta:
A placa de vídeo que você instalou merece uma nota 9.0. Seu chip gráfico é excelente, possui uma generosa memória, entretanto utiliza o barramento PCI, que é de 4 a 8 vezes mais lento que o barramento AGP. Ainda assim, é uma expansão que vale a pena ser feita. É o melhor que pode ser feito no seu computador, que não possui slot AGP.
Pelo menos nas placas com o SiS530 que tomei contato até agora, não é possível desabilitar o vídeo onboard. Ele continua ativo, apenas fica sem monitor conectado. No CMOS Setup existe um comando para escolher a interface de vídeo a ser usada como primária (AGP onboard ou PCI). Escolha a PCI, ela será utilizada como padrão, o vídeo onboard ficará ativo mas não atrapalhará muito. Configure sua memória de vídeo para o menor valor possível (1 MB), conecte um monitor e configure a resolução de 640×480 com 16 cores, na guia Adaptador do quadro de configurações avançadas do vídeo, escolha para o SiS530 a menor taxa de atualização possível (provavelmente 60 Hz). Isso fará com que os acessos do chip onboard atrapalhem menos o uso da memória do processador.
2000_09
Reduzindo a taxa de atualização do vídeo onboard

4) Múltiplos monitores
Tenho um micro equipado com um k6 2 533, MHz com 64 de Ram um hd de 1.2 gb e outro hd de 3.0 gb. placa mãe SIS 530 (todos os componentes Onboard) e um monitor samsung VGA (modelo desconhecido). Os problemas começaram quando instalei um segundo monitor Samsung syncmaster 3ne. Ele está instalado no adaptador de vídeo onboard (resolução 1024×768); uma placa de vídeo de 2 MB Trident (9685) foi usada para instalar o monitor VGA (res.640X480), de forma que os dois funcionam conjuntamente. Ocorrem erros fatais de formas esporádicas quando abro programas pesados como 3DMAX 3.11 ou Corel Photo Paint 9 e Bryce 4 mas depois do anúncio de erro tudo continua normalmente. A situação fica crítica qdo a internet é conectada. Os erros são frequentes e acontecem a cada página que é acessada fazendo com que o navegador caia. Depois de instalado o Netscape 4.7 (utilizava o IE 5.0) os problemas pareciam resolvidos mas agora tudo voltou a situação anterior. O computador já foi formatado e reinstalado novamente mas nada mudou. Existe alguma coisa que pode ser feita para tornar esse sistema estável?
Resposta:
O funcionamento de múltiplos monitores no Windows nem sempre funciona. Certos modelos entram em conflito que resultam em problemas, desde o não funcionamento puro e simples, até anomalias e travamentos. Existe a possibilidade do problema ser resolvido através da instalação de novos drivers para essas duas placas. Você pode obter esses drivers nos sites da SiS (www.sis.com.tw) e da Trident (www.tridentmicro.com). No seu diretório C:\Windows, você encontrará o arquivo DISPLAY.TXT, no qual existe a relação das placas de vídeo que apresentam compatibilidade para múltiplos monitores. A Trident 9685 é compatível, mas o vídeo do chip SiS530 não é. Possivelmente esta é a razão dos seus problemas. A Microsoft detectou essas anomalias e não listou este vídeo na relação de modelos compatíveis com a ligação de múltiplos monitores.
2000_010
Configuração para dois monitores

5) Ajustando a imagem no monitor
Venho sofrendo com isso pois as margens da tela não estão ajustadas e assim ao rodar alguns programa ou jogos, vários dados são “comidos” pela tela. Como o televisor não possui um ajuste de margens como um monitor comum, não consigo fazer esse os ajustes necessários. Existe algum programa ou alguma solução no próprio Windows para esse meu problema?
Resposta:
Com um pouco de sorte você poderá ajustar a imagem na tela da TV apenas usando as opções de taxa de atualização (Refresh Rate), encontradas em Configurações / Avançadas / Adaptador, no quadro de propriedades de vídeo. Ao utilizar uma taxa de atualização maior, a tendência é a imagem ter a altura vertical reduzida. Muitas placas de vídeo são também acompanhadas de um utilitário que permite fazer esta regulagem. Quase sempre este utilitário fica incorporado ao quadro de propriedades avançadas e vídeo, através de novas guias (Refresh, por exemplo). Se você não conseguir fazer este ajuste pelos métodos citados, utilize o programa Display Doctor, obtido na versão DEMO (45 dias de uso), em www.scitechsoft.com. Existe um artigo em português que ensina a usar este programa, em www.laercio.com.br. Entre as várias funções deste programa, existem a centralização e a regulagem de altura e largura da imagem. Note que os ajustes feitos para a TV não servem para o monitor, e vice-versa. Você poderá precisar mudar o ajuste cada vez que comutar entre monitor e TV.
2000_011
O programa Display Doctor

6) Procuro driver de vídeo para IBM Aptiva
Minha irmã tem um Pentium 120 IBM Aptiva antigo e recentemente ele deu problemas de funcionamento. Ela, sem saber o que era, chamou um técnico, que de cara formatou o HD do computador. Pois bem, como é um IBM, bastava o CD de restauração que ele formatava sozinho. E após inúmeras tentativas, não consegui e nem a assistência técnica também restaurar os softwares originais. Ocorre que instalei o Windows 95 normalmente e instalei cada componente manualmente também, tudo funciona normal, com somente uma ressalva: o monitor só está funcionando com 16 cores. Ele era 256 e não sei o que fazer para que ele retorne.
Resposta:
Para resolver o problema basta restaurar o driver da placa de vídeo. Ele deve estar em algum lugar deste CD de restauração. Use o comando Localizar para procurar arquivos de extensão .INF e observe os nomes dos diretórios onde esses arquivos foram localizados. Certamente você encontrará algum nome sugestivo, como \Drivers\Win95\VGA ou similar.
Se você não encontrar os drivers, use o pacote Display Doctor, que pode ser obtido gratuitamente em www.scitechsoft.com. Este pacote possui, entre vários programas e recursos, drivers para placas de vídeo. O programa funciona por tempo limitado, mas você pode desinstalá-lo e deixar apenas o driver da placa de vídeo. Outra opção é observar a janela de informações sobre a placa de vídeo apresentada pelo Display Doctor. Além de indicar a quantidade de memória de vídeo e outras informações, esta janela mostra também a marca e modelo da placa de vídeo. De posse desta marca e modelo você pode fazer manualmente a instalação do driver, caso o Windows possua driver apropriado, ou então procurar no site do fabricante do chip gráfico, agora conhecido, o driver apropriado para esta placa.

7) Vídeo onboard lento
Tenho um Pentium II 350 com 32 MB de RAM e placa de vídeo on board 8 MB com aceleradora AGP. Entretanto, quando vou rodar o jogo Madden 2000, no modo acelerado ele roda mal, sempre quebrando a imagem. Quando desligo a aceleração, o programa roda muito bem, mas o gráfico fica bem inferior. Gostaria de saber se posso comprar uma placa 3D e instalar mesmo tendo a minha de vídeo on board. Seria recomendado colocar mais 16 MB de RAM?
Resposta:
Toda semana recebo meia dúzia de cartas idênticas à sua. O video onboard existente na maioria das placas de CPU não é adequado a jogos. É verdade que já existem alguns modelos de placas de CPU que possuem um chip gráfico 3D de alto desempenho, mas essas placas são as mais caras, e no Brasil praticamente só encontramos as mais baratas, dotadas de vídeo onboard mais lento. Essas placas são ideais para uso em empresas, primeiro porque dificultam a “jogatina” na hora do trabalho, segundo porque a aceleração gráfica 2D é satisfatória para o que chamamos de “office applications” (edição de texto, acesso à Internet, e-mail, planilhas, bancos de dados, etc.).
O jogo ficou lento porque o chip gráfico existente na sua placa (e em todas as demais à venda no Brasil) é de baixo desempenho. Quando você desativou a aceleração gráfica, o trabalho de renderização passou a ser feito pelo processador, mas mesmo sendo veloz, apresenta limitações na qualidade gráfica 3D. Imagens mais simples são geradas mais rapidamente, mas o que queremos nos jogos modernos são imagens 3D fantásticas. A solução para este problema é instalar uma placa de vídeo 3D de verdade. Cuidado, pois placas mais baratas que 100 reais são tão fracas quanto o vídeo onboard. Placas com preços mais elevados apresentam melhor desempenho. A Diamond Viper V330 já não é mais fabricada, mas ainda pode ser encontrada à venda em algumas lojas. Apresenta preço entre 150 e 200 reais e seu desempenho gráfico 3D é muito bom. Uma opção ainda melhor é a Diamond Monster Fusion. Esta placa acelera gráficos 3D em todos os padrões (Direct3D, Glide e OpenGL).

8) Placa Viper V550 com problemas
Recentemente comprei uma placa 3D Viper 550 da Diamond e estou tendo problemas em rodá-la. Instalei os drivers da mesma e instalei o Directx 6.1. A instalação foi normal. No Windows, a placa funciona perfeitamente, mas quando rodo vídeos mais de uma vez ou jogos, a placa retorna erro (erro em módulo desconhecido em b00c6e69). Meu computador é um Pentium 233 MMX, motherboard with 430 TX chipset, 64 MB, Windows 98.
Resposta:
Você instalou uma excelente placa de vídeo, equipada com um chip gráfico bastante poderoso. Tome cuidado porque esta placa (assim como muitas placas 3D mais sofisticadas) tem um chip gráfico que esquenta muito. Procure melhorar a ventilação do interior do gabinete, organizando os cabos flat para que não atrapalhem o fluxo de ar, deixando desimpedida a entrada frontal de ar e fechando as fendas existentes na parte traseira do gabinete, deixando apenas a saída da ventilação da fonte.
Problemas com placas de vídeo sso resolvidos mediante a instalação da versão mais recente do Directx (www.microsoft.com/directx/) e da versão mais recente dos drivers da placa. No seu caso, os drivers são obtidos em www.diamondmm.com. Note que esta placa foi lançada no final de 1998, e o CD de instalação que a acompanha possui drivers relativamente antigos, que podem realmente apresentar problemas.

9) Notebook só chega a 640×480
Tenho um notebook Texas Extensa, Cd 565, pentium 75, com 40 de RAM e Windows 95. Sempre que tento mudar a resolução de vídeo da tela de 640 para 800 p, ele não aceita, continuando em 640, o que prejudica muito a vizualização principalmente de páginas da web. Há solução?
Resposta:
Notebooks atuais oferecem resoluções de 800×600 e 1024×768, mas modelos um pouco mais antigos só chegam a 640×480. O chip gráfico existente no notebook pode operar com resoluções diferentes, mas a matriz da tela opera com resolução fixa. Ao contrário do que ocorre com os monitores, as telas de cristal líquido possuem pixels de tamanho fixo. O máximo que esses notebooks permitem é percorrer uma janela virtual de 800×600 usando uma tela real de 640×480. Conforme o mouse é movido para as extremidades da tela, a imagem é deslocada para permitir a visualização daquela área. Não existe portanto nada de errado com o seu notebook, esta é uma limitação da sua tela.

10) OpenGL x MiniGL
Na edição de 24/01/2000 na coluna Ciranda cibernetica o Sr. Laercio Vasconcelos comenta na resposta “Processador” que a Placa Viper V770 limita-se a utilizar as API’s DirectX ( Direct 3D) e a Mini GL, sendo que a segunda API é errada pois a Viper utiliza o chip da Nvidia TNT2 que e conhecido como o melhor chip para suporte a OpenGL ICD e não o Mini GL que e um “quebra galho” das Placas 3DFX para rodar a API OpenGL. E na minha opinião a API Glide boa mas a OpenGL e muito melhor vide Quake3. E todos suportam a API DirectX ( Direct3D). Obrigado, eu gosto muito do Caderno. Ob’s pode verificar nos sites:

www.nvidia.com
www.s3graphics.com

Resposta:
Tem razão. O Mini GL é subconjunto do OpenGL utilizado por fabricantes de jogos (bom para jogos mas ruim para CAD), mas a placa V770 possui o OpenGL completo. E os gráficos do OpenGL são realmente muito melhores que os do DirectX e Glide, mas por serem mais complexos podem tornar lenta a execução de jogos extremamente velozes (por exemplo, corridas). Por esta razão o Glide é o preferido de empresas que produzem jogos de corridas. E obrigado pela colaboração!

11) Monitor ligado em Notebook
Foi-me respondido e compreendi porque por que não consigo colocar meu notebook Texas (Pentium 75) com monitor em resolução em 800. Caso eu conecte um bom monitor externo, poderei usar esta opção? Tenho memória RAM de 40, HD 3.2, memória de video de 1 mega e Windows 98.
Resposta:
Sim, perfeitamente. Nos notebooks, quando a resolução é programada acima da máxima suportada pela tela de cristal líquido, a imagem completa é visualizada por deslocamento, como se você movesse uma janela de 640×480 mm sobre um quadro de 800×600 mm. Entretanto, quando é ligado um monitor externo (a maioria dos notebooks permite esta ligação), a imagem inteira é visualizada de uma só vez na tela deste monitor. É claro que não é o ideal, já que você estará perdendo mobilidade, mas pelo menos poderá trabalhar em um ponto fixo com o notebook conectado a este monitor com a resolução máxima.

12) Placa de vídeo para 1280×1024
Tenho um Pentium MMX/233, 96 MB de memória RAM, placa de video SIS 5597/5598. Adquirí um monitor 17″ Samsung SyncMaster 750p, sua configuração indicada no manual é de 1280×1024, trabalho com CAD e Corel. O que devo fazer para atingir esta configuração, que tipo (modelo) de placa de vídeo devo usar? Grato.
Resposta:
Uma placa 3D para uso profissional e de custo acessível, capaz de operar nesta resolução, é a Diamond FireGL 1000 Pro. Pode ser encontrada com relativa facilidade no mercado. Você encontrará na área de links de www.laercio.com.br, endereços de vários fabricantes de placas de vídeo, caso deseje informações mais detalhadas e também conhecer outros modelos de placas de vídeo. Como você vai trabalhar com CAD, é importante que você opte por uma placa que possua suporte nativo para a API OpenGL. Esta API resulta em gráficos menos velozes mas de maior precisão. É o contrário do que obtemos com o Direct3D, voltados para jogos: menor precisão e maior velocidade, o que é importante para os jogos de ação.

13) Placa de vídeo para jogos modernos
Tenho um pc Pentium III, 450 MHz com placa de vídeo vodoo3 3000. É necessário colocar placa de vídeo para rodar jogos modernos como “última ascenção”, “need for speed III”, “flight simulator”, etc? Qual placa devo usar? Caso minha placa apresente problemas para rodar tais jogos, o que posso fazer além de trocar de placa?
Resposta:
A sua placa de vídeo é uma das melhores do mercado, altamente indicada para jogos 3D, mesmo os mais modernos. Caso você encontre problema com um jogo qualquer, a melhor coisa a fazer é procurar ajuda no site do fabricante do próprio jogo. Na seção de suporte existirão informações sobre compatibilidade com placas de vídeo. Em alguns casos pode ser preciso instalar o driver de vídeo fornecido pelo fabricante do jogo, ao invés daquele que acompanha a placa de vídeo. No caso de jogos mais recentes, é possível que o seu próprio CD já tenha esses drivers. Portanto tente primeiro executar os jogos com os drivers que acompanham a placa de vídeo ou o próprio Windows. Em caso de problemas, procure informações no próprio CD do jogo, se possível instalando um novo driver. Por último procure o site do fabricante do jogo.

14) Problemas no monitor
Vez por outra, surgem “piscadas” na tela do monitor, do tipo de um pequeno flash, como por ação de um pique de energia ou a incidência de um raio de luz. Tudo é rápido e imprevisível. Posso trabalhar horas num dia sem que isso aconteça e no outro dia, depois de uma hora de trabalho, acontece as piscadelas. Elas não são contínuas e seu número é variável. Ás vezes, acompanhadas de pequenos estalos. O monitor foi instalado defronte a uma janela e duas caixas de som, cada uma de um lado do monitor. Não sei se isso pode estar gerando algum problema. Após desligar o computador, ouço estalos no monitor e nas caixas de som. O que pode estar acontecendo?
Resposta:
Provavelmente o problema está no monitor. Não tem como uma placa de vídeo gerar este tipo de anomalia. Para confirmar você pode ligar este monitor em outro computador, trocando temporariamente com o seu. Você verá então que o seu monitor vai apresentar os mesmos estalos no outro computador. Este é um tipo de problema que o usuário não tem como resolver. A solução é enviar o monitor para uma assistência técnica especializada, de preferência indicada pelo fabricante do computador.

15) Imagem não ocupa a tela inteira
Meu PC está equipado com um monitor SyncMaster 3, da Samsung. Eu não consigo que a imagem ocupe todo (ou quase todo) o espaço disponível, ficando sempre uma feia e grande “margem” negra em volta da tela verde/azul do Windows. Além deste inconveniente estético, para centralizar a tela do Windows, preciso deslocar tanto a imagem (usando os controles disponíveis), que as mensagens de inicialização aparecem totalmente embaralhadas ou fora de campo, sendo quase impossível ler o resultado de alguns testes iniciais (como o tamanho da memória que foi testada, ou a configuração do hardware, por exemplo). Já me disseram que o problema é o driver do vídeo. Como posso resolver este problema?
Resposta:
A posição da imagem na tela pode ser ajustada dentro de certos limites em termos de largura horizontal, posição horizontal, altura vertical e posição vertical. Ocorre que este posicionamento não depende apenas do monitor, mas também da placa de vídeo. A freqüência horizontal está relacionada com a largura da imagem na tela. Quanto maior é a freqüência, menor tende a ser a largura. O tempo decorrido entre o pulso de sincronismo horizontal e a exibição do primeiro pixel (o mais à esquerda) de cada linha definem a posição horizontal (mais para a direita ou mais para a esquerda) na tela. A primeira providência a ser tomada é declarar corretamente o monitor. O SyncMaster 3 e outros modelos antigos não são detectados pelo Windows, portanto são indicados como “Monitor desconhecido”. Um monitor novo ligado a uma placa de vídeo antiga também não é reconhecido, sendo indicado como desconhecido. O reconhecimento automático do modelo de monitor só é possível quando tanto o monitor quanto a placa de vídeo são compatíveis com o padrão DDC (todos os modelos novos são). Trata-se de um mecanismo através do qual o monitor transmite para a placa de vídeo um código que o identifica. A placa de vídeo por sua vez passa esta informação para o Windows. Isto permite ao Windows que ajuste parâmetros no driver de vídeo que resultam em melhor aproveitamento da tela. Isto pode ser feito com o seu monitor, basta declará-lo corretamente. Use o quadro de propriedades de vídeo, selecione a guia Configurações e clique no botão Avançadas. Na guia Monitor você poderá indicar a marca e o modelo do monitor. Se mesmo assim você não conseguir o ajuste desejado, use o programa Display Doctor, obtido em www.scitechsoft.com.

16) Só 256 cores
Comprei uma placa de vídeo ATi All-in-Wonder 128 e instalei em um micro K6 III 400MHz, placa mãe FIC VA 503 e a mesma só quer funcionar na resolução de 256 cores, quando mudo para High Color (16 bits) ou True Color (32 bits) a máquina trava. Gostaria de frisar que fiz a instalação utilizando o CD que acompanha a placa. Para ter certeza se o problema era com a placa, fiz a instalação em um micro Celeron 400 MHz da Compaq e não tive nenhum problema. Fica a pergunta será que esta placa só funciona bem com processadores Intel? Ou teria que configurar mais alguma coisa no micro com processador AMD?
Resposta:
O seu caso é raro. Na esmagadora maioria das vezes, placas vendidas separadamente funcionam perfeitamente, não importa em qual PC sejam instaladas. Existem entretanto casos de incompatibilidades que podem ser resolvidas por uso de novos drivers e ajustes no CMOS Setup. Em outros casos não há solução, a menos que seja um problema muito comum a ponto do fabricante tentar resolvê-los através de um novo driver. A primeira coisa a ser testada é a instalação do driver existente no site da ATI. O driver existente no CD-ROM que acompanha uma placa nem sempre é o mais recente, por isso use sempre o driver disponível na Internet. Outro detalhe importante é que você precisa instalar o AGP Patch, um software existente no CD-ROM que acompanha a sua placa. Sem ele as placas de vídeo AGP podem apresentar problemas. Nunca vi esses problemas ocorrerem pela simples alteração do modo gráfico, normalmente só ocorrem nos programas que usam modos 3D, mas não custa você tentar. Finalmente realize ajustes no CMOS Setup. Use inicialmente o comando LOAD BIOS DEFAULTS. Ajuste o AGP Aperture Size com a metade da memória RAM do seu PC, tente também usar o modo AGP 1X. Indique também no Windows, através do quadro de propriedades de vídeo, a marca e o modelo do seu monitor.

17) Desempenho e vídeo onboard
Meu PC tem um processador K6-III 400 e 128 MB de memória DIMM SDRAM PC 100. Qual é a melhor configuração para este computador para que eu possa aproveitar ao máximo o seu desempenho? Mudei a especificação nas propriedades do sistema para “Servidor de Rede”. No CMOS Setup, a “velocidade” da memória RAM está em 10 ns. Mas, sendo ela PC 100, não deveria estar em 8 ou 7 ns? Posso mudar sem problemas? Tenho um IBM Aptiva K-45 com 40 MB de RAM e a sua placa de vídeo, que é on-board, queimou. Há como eu desabilitá-la através de jumpers? Em caso negativo, onde eu poderia achar uma placa compatível por um preço acessível?
Resposta:
As opções oferecidas pelo Windows são Computador móvel, Desktop e Servidor. O ajuste deve ser feito de acordo com a quantidade de memória RAM disponível. Use a opção Móvel para modelos com até 16 MB de RAM, Desktop para PCs com até 32 MB e Servidor para maiores quantidades de RAM, como é o seu caso. Esta opção está relacionada com o modo através do qual a cache de disco do Windows utilizará a memória RAM para “cachear” localizações de arquivos e diretórios. O resultado final dependerá também da velocidade do disco rígido e do processador. Eu ajustaria como Servidor, mas para ter 100% de certeza que no seu sistema esta é a melhor opção, utilize programas medidores de desempenho para verificar os resultados nas opções Servidor e Desktop. Um bom programa para isto é o WinBench, que pode ser obtido em www.zdbop.com.
Sua memória RAM é do tipo PC100, portanto o seu “tempo de acesso” é de 8 ns, e assim deve ser feito o ajuste no CMOS Setup. Você estará assim aproveitando melhor o desempenho da memória. Quando à queima do vídeo onboard, ela pode ocorrer por “morte natural” dos circuitos ou por conexões e desconexões do monitor com o equipamento ligado. Não sei se é possível desabilitar o vídeo defeituoso por jumpers, e em alguns casos mesmo a desabilitação pode não resolver os problemas. É difícil obter informações técnicas sobre os modelos de PCs de grandes fabricantes, a maioria deles não as disponibiliza para o público. Seria melhor pedir ajuda à assistência técnica da IBM. Caso seja possível desabilitar o vídeo onboard, você poderá comprar uma placa de vídeo compatível com os slots livres da sua placa de CPU, caso existam. A princípio qualquer marca e modelo funcionará desde que o tipo do slot seja respeitado.

18) Só 256 cores – II
Li a coluna Ciranda Cibernetica do Jornal Estado de Minas, do dia 10 de abril, que tem uma pergunta sobre cores e placa de video. A resposta da coluna provavelmente não resolveu o seu problema, pois ele está relacionado aos drivers do chipset da sua placa-mãe, um erro do Windows. No CD da sua placa deve ter uns drivers para a sua placa personalizados (o Windows na instalação usa os drivers genéricos da sua placa), você deve instalar eles, geralmente na pasta IDE ou AGP do CD-ROM. Tive este problema com a minha placa de video INTEL 740 (que dizem não funcionar com o processador da AMD), instalei os drivers personalizados e meu AMD III 400, Placa-mae ASUS P5 AB funcionou uma maravilha. Se você não achar no CD a melhor solução é identificar o chipset da placa, ir no site do fabricante e fazer o download (bem melhor, pois o drivers com certeza são mais atuais.
Resposta:
Anomalias podem ocorrer por bugs em drivers, mas é impossível determinar com 100% de certeza onde está o bug, sem fazer uma observação “ao vivo”. No seu caso da sua placa (tenho aqui tanto a sua Asus P5AB como a FIC-VA 503+ do leitor que fez a pergunta original, mas não tenho as respectivas placas de vídeo), os drivers presentes no CD-ROM são o IDE Bus Master e o AGP Miniport Driver (o mesmo que sugeri ao leitor instalar). Note que sua placa de CPU e sua placa de vídeo são diferentes das do leitor que fez a pergunta original (a placa de vídeo dele só chega a 256 cores e o PC trava quando ele altera o número de cores), portanto não é possível afirmar com certeza que a sua solução – instalar os drivers do chipset da placa, a mesma solução que dei – irá funcionar com o computador dele. Anomalias como esta em geral são resolvidas com a instalação de novos drivers. Primeiro tentamos os drivers da placa de vídeo. Depois tentamos o driver AGP para o chipset da placa de CPU. Finalmente tentamos, caso exista no CD que acompanha a placa de CPU ou no site do fabricante da placa ou do chipset, drivers relativos ao próprio chipset. No Windows NT4 ocorriam problemas com certas placas de vídeo que foram resolvidos com a instalação de um Service Pack… Realmente é difícil descobrir onde está um bug novo, devemos dar tiros em todas as direções. Depois de descoberto, a coisa fica fácil.

19) Placa de vídeo lenta
Possuo um Pentium 200 MMX com 32 MB de RAM e, recentemente, comprei uma placa de vídeo SiS 6326 PCI Graphic Accelerator de 8 MB. Depois de devidamente instalada, não consegui rodar satisfatoriamente o FIFA 99. A imagem realmente melhorou muito, porém, a velocidade do jogo caiu drasticamente. No 3D Setup do jogo, aparece que a placa é incompatível. Que posso fazer? Tentar atualizar o driver? Qual é o chipset da SiS 6326?
Resposta:
SiS 6326 não é o nome da placa, e sim o nome do chip gráfico. Muitos fabricantes menos conhecidos utilizam em seus produtos, ao invés do próprio nome, o nome do chip. É o caso da Trident, que fabrica chipsets e acaba “emprestando” o nome para centenas de fabricantes de placas que os utilizam. Talvez você consiga fazer com que a placa funcione através do DirectX. Obtenha e instale a versão mais recente, em www.microsoft.com/directx/. Se a placa for “reconhecida” pelo DirectX, a maioria dos jogos poderá utilizá-la, já que quase todos são capazes de operar neste padrão. Alguns jogos oferecem as opções Glide e OpenGL. Esses são os três padrões gráficos utilizados por jogos. Esta placa não funciona no padrão Glide, que é característico das placas Voodoo. O padrão DirectX é o mais comum, mas muitas placas oferecem ainda o padrão OpenGL. É realmente difícil encontrar uma placa que atenda a todos os padrões gráficos, capaz de operar com 100% dos jogos disponíveis no mercado. Eu diria que uma placa Vodooo, como opera com Glide, DirectX e MiniGL (uma versão simplificada do OpenGL), pode operar com mais de 95% dos jogos modernos. Placas para DirectX e acompanhadas de drivers OpenGL também funcionam com mais de 95% dos jogos do mercado. Mas para isso é preciso utilizar uma versão bem recente dos drivers, como é o caso do DirectX.
2000_012
Placa com chip gráfico SiS 6326

20) AGP x PCI
Possuo uma placa mãe desprovida de slot AGP, e tenho comigo uma placa de vídeo bastante “competente”, porém com conector do tipo AGP. Gostaria de saber se existe algum tipo de adaptador para que esta referida placa possa ser usada em um conector PCI de minha placa mãe. Obrigado pela atenção e desde já agradeço.
Resposta:
Não existe este tipo de adaptador. Os barramentos AGP e PCI são completamente diferentes, tanto do ponto de vista mecânico (formato e posição do conector) quanto do ponto de vista eletrônico. As placas de CPU produzidas sem o slot AGP destinam-se a aplicações simples, nas quais o vídeo onboard é satisfatório. As placas dotadas de slot AGP são as destinadas a computadores que vão executar aplicações mais avançadas que demandam maior poder de processamento (CAD, programas gráficos profissionais e até jogos 3D). Se quiser melhorar os gráficos com a instalação de uma nova placa de vídeo, esta deverá ser um modelo PCI.

21) Imagem trêmula
Recentemente, comprei uma placa de video Trident Blade3d com 8Mb de memória. Mas infelizmente não consegui ajustar ela adequadamente ao meu monitor (Samsung SyncMaster 3Ne). Quando coloco no modo 1024×768 High Color, nao consigo que a imagem fique legal. Ou ela fica tremida ou embaçada. Tendo em vista que a taxa de atualização (refresh rate) para minha placa tem somente 3 opções (Padrão do adptador, otimizado e 44Hz) não sei mais o que fazer. Já usei o o Display doctor mas a opção para o ajuste do refresh rate está desabilitada, tedo em vista que esse prorgama não reconhece minha placa de vídeo.
Resposta:
A imagem aparece trêmula e embaçada na resolução de 1024×768 porque está sendo usada a varredura entrelaçada. Seu monitor pode operar nesta resolução com varredura não entrelaçada. Para isso, declare o modelo do seu monitor no quadro de propriedades de vídeo. Em geral os drivers de vídeo só precisam desta declaração para que possam operar com a taxa de varredura adequada à resolução e ao monitor utilizado. As opções de taxa de atualização mudarão com a declaração do novo monitor. Você poderá usar a taxa de 60 Hz, compatível com este monitor em 1024×768. Se ainda assim não tiver acesso, utilize a versão mais recente do Display Doctor. Novas versões são sempre lançadas para suportar novos monitores e placas de vídeo.

22) Driver AGP para chipsets não Intel
Tenho um Pentium II/400 com placa de vídeo S3 VIRGE GX2 AGP e Windows 98. Precisei reinstalar o sistema operacional. Agora quando vou usar algum aplicativo ou jogo 3D, o programa não funciona e o PC trava. Já reinstalei o DirectX 7.0 e o driver da placa de vídeo mas não adiantou. Outro problema, de 3 em cada 5 vezes em que ligo meu PC, ele não consegue detectar os discos rígidos, um Maxtor de 4.2 GB e um Fujitsu de 3.2 GB. O que devo fazer?
Resposta:
Este é um problema muito comum. O Windows 98 não possui suporte para AGP com chipsets não Intel. Você precisa instalar um driver AGP existente no CD-ROM que acompanha a placa de CPU (AGP VxD Driver ou algo similar). Esses drivers também podem ser obtidos nos sites dos fabricantes dos chipsets. Instale o driver correto para o chipset da sua placa e tudo funcionará bem. Se por acaso você não tem este CD e não sabe qual é o fabricante do chipset, use o programa CTBIOS, encontrado em www.ping.be/bios ou www.wimsbios.com.
Quanto ao problema dos discos rígidos, não existe lógica para resolvê-los “na mosca”, como foi o caso do seu problema com a placa AGP. Pode existir defeito de hardware, mau contato, problema na fonte ou vários outros problemas sutis. Você pode tentar resolver o problema desabilitando a opção FAST BOOT no Advanced CMOS Setup. Talvez a identificação dos discos rígidos pelo BIOS esteja sendo feita antes de estarem totalmente “acordados”, ou seja, podem ainda estar realizando seu Power on Self Test interno.

23) Radiação do monitor
Li no Estado de Minas sobre a emissão de radiação dos monitores mais antigos e gostaria de saber sobre o índice de emissão dos seguintes modelos: Sansung 14 polegadas Sync Master 3 mod. NO CVM4967t, manufactured: February 1993, e LG 14 polegadas Studio Works 45i, fabricado em abril de 1998. Eles são muito prejudiciais à saúde? O uso da máscara “filtro de vidro” da marca Leadership dá proteção suficiente?
Resposta:
Quando um monitor não tem certificações de baixa radiação, como MPR-II ou TCO, o fabricante não informa os níveis de radiação. Normalmente os fabricantes nem mesmo avisam “este monitor não tem os certificados MPR-II e TCO”, simplesmente omite esta informação. Assim os monitores podem ser vendidos para muitos usuários desavisados. A única coisa que você pode ter certeza é que se não existem as certificações, os níveis estão acima dos recomendados pelas normas, e podem fazer mal à saúde. O uso de filtros reduz o nível de radiação, entretanto não existem normas de redução para esses filtros. Isto significa que qualquer fabricante pode fazer um vidro colorido e vender com o filtro. Sendo assim não é possível calcular a radiação dos seus monitore (os fabricantes não informam os níveis) e nem calcular a atenuação do filtro (também não é dado o índice de atenuação). Por via das dúvidas, evite exagerar no brilho do monitor e mantenha uma distância confortável entre os olhos e a tela, evitando ficar muito perto.

24) Monitor com risco branco horizontal
Recentemente, comprei um computador Pentium 133 Mhz, 32 MB de RAM, HD de 1.2 GB, monitor de 14 polegadas marca Daewoo, kit multimídia Creative 32X, placa de som Soudblaster AWE64, placa de vídeo Trident 9440 Linear Accelerated for PCI V1.0a. O problema é que o monitor está com uma risca branca no sentido horizontal, brilhante como se nessa faixa viesse mais luz que no resto do monitor. Algumas pessoas que eu perguntei me disseram que poderia ser a placa de vídeo. O que pode ser e como resolver esse problema? Outra questão é que o PC sempre trava quando tento abrir uma faixa multimídia de um CD de áudio, me obrigando a reiniciá-lo. Qual a solução? Para finalizar, gostaria de lhe pedir uma opinião sobre um possível upgrade, que ficasse barato, e também, quais são as linguagens e sistemas operacionais que um programador deve dominar, já que pretende ser um.
Resposta:
Este tipo de problema tem maior chance de estar localizado no monitor, e não na placa de vídeo. Para tirar a dúvida, ligue este monitor em outro computador e observe se ocorre o mesmo problema. Ligue um monitor bom no seu computador, verifique o que ocorre. Se o novo monitor funcionar bem no seu computador, e se o seu monitor apresentar o mesmo problema no outro computador, ficará duplamente comprovado que a culpa é mesmo no seu monitor. Também pode ocorrer o contrário, ou seja, seu monitor funcionar bem no outro computador e o outro monitor apresentar o mesmo problema no seu computador. Ficará então caracterizado problema no seu computador, e não no seu monitor. A placa de vídeo será a maior suspeita neste caso, mas problemas na fonte de alimentação também podem resultar em anomalias na imagem como esta. A placa de vídeo não tem conserto, a fonte pode ser consertada mas não vale a pena devido ao baixo custo de uma nova. O monitor pode ser consertado, mas faça isso apenas em oficinas especializadas. O travamento ao abrir CDs de áudio pode ser um defeito no drive de CD-ROM. Note que seu equipamento é relativamente antigo, pode estar precisando de uma revisão feita por um bom técnico. Quanto ao upgrade, pode ser possível instalar um Pentium-233 MMX e mais memória, mas será preciso consultar no manual da placa de CPU quais são as opções possíveis, bem como as configurações de jumpers. Pode ainda instalar um novo disco rígido e um modem. O custo vai depender das peças que forem consideradas satisfatórias.

25) Vídeo onboard reduz desempenho do processador
Trabalho do Departamento de Processamento de Dados da Montical Representações Ltda. Aqui na empresa, tenho um sério problema com placas-mãe que possuem vídeo e som onboard. Isso faz com que o desempenho de uma estação com 16 MB de RAM, com um processador Pentium 233 MHz, fique mais lento que um com 16 MB de RAM, com processador Pentium 166 MHz. Então eu gostaria de esclarecer um dúvida: se eu desabilitar o vídeo onboard e colocar uma placa independente, o desempenho do micro será significativo?
Resposta:
Placa de CPU com vídeo onboard é o que tem de melhor em matéria de redução de custo do processador, e o que tem de pior em matéria de redução de desempenho. Pior ainda, muitas dessas placas têm baixa qualidade, fazendo com que além de lentas sejam pouco confiáveis. Acho que o usuário deveria ser avisado na ocasião da compra que o vídeo onboard reduz muito o desempenho do processador. O seu Pentium MMX/233 acabou ficando tão lento quanto um Pentium-166 não MMX, assim como um AMD K6-2/400 pode ficar com o desempenho de um K6/266. Em muitos casos o problema tem solução. Se existir uma forma de desabilitar completamente o vídeo onboard, uma placa de vídeo avulsa poderá ser instalada, acabando com a “desaceleração” do processador. Infelizmente em muitas placas de CPU, o vídeo onboard não é desabilitado, e sim passa a operar como vídeo secundário. Mesmo instalando uma placa de vídeo, os circuitos de vídeo onboard continuarão funcionando (mesmo sem monitor) e “roubando” tempo do processador. Seria o caso de fazer o teste. Você pode experimentar uma placa de vídeo qualquer e medir o desempenho do processador, antes e depois da instalação desta placa de vídeo. Para medir o desempenho pode usar o programa Norton Sysinfo, que faz parte do pacote Norton Utilities, que provavelmente você tem disponível no seu departamento. Se o desempenho melhorar, pode comprar mais placas de vídeo e instalar nesses PCs. Nos PCs nos quais o desempenho não for alterado, será melhor deixar mesmo com o vídeo onboard.

26) AGP e 3DFx
Qual a diferença entre uma AGP e uma 3DFX?
Resposta:
AGP é um barramento utilizado para placas de vídeo (assim como o PCI e o ISA são outros barramentos usados para conexão de placas), e 3DFx é um fabricante de placas de vídeo e chips gráficos 3D de alto desempenho. Inclusive a própria 3DFx produz placas de vídeo no padrão AGP, assim como também no PCI.
O barramento AGP foi criado pela Intel para ser utilizado por placas de vídeo 3D de alto desempenho. A transferência de dados entre a placa de CPU e a placa de vídeo é feita em velocidade muito mais elevada que a obtida com o barramento PCI. Outra vantagem das placas AGP é que podem utilizar a memória da própria placa de CPU para o armazenamento de texturas, permitindo assim a geração de imagens com melhor qualidade e maior resolução. Se não fosse por este recurso, a placa de vídeo precisaria ter uma quantidade de memória de vídeo muito maior.
Entre todos os fabricantes de chips gráficos 3D, a 3DFx é o que produz os chips mais sofisticados. O chip 3DFx Voodoo 2 e os modelos mais recentes Voodoo 3 são considerados entre os melhores do mercado. Vários fabricantes de placas de vídeo compram chips da 3DFx para utilizar em suas placas. A Diamond, por exemplo, utiliza o chip Voodoo 2 na sua placa Monster 3D II. Para aqueles interessados em qualidade gráfica excepcional em jogos, além de elevado desempenho, essas são as placas mais recomendadas.

27) Mais memória compensa lentidão do vídeo onboard?
Lí na seção MicroSoluções de O Popular que computadores com placa de CPU que tem placas de vídeo onboard apresentam uma redução de desempenho dos processadores, quando se compara com aqueles que tem placas de vídeo independentes. A razão desta redução de desempenho seria somente porque a placa de vídeo compartinha a memória RAM? Então se aumentarmos esta memória de 32Mb para 64Mb, por exemplo, o problema estaria solucionado? Ou será que a placa de vídeo compartilha também o trabalho do processador?
Resposta:
O aumento da quantidade de memória RAM não melhora o desempenho do vídeo onboard que usa memória compartilhada. A razão disso é que existe apenas um barramento de dados e um barramento de endereços. Quando o chip gráfico usa este barramento para obter dados da memória de vídeo e enviar o monitor (e faz isso continuamente), o processador não pode utilizar esses barramentos, daí vem a redução no desempenho. O problema não ocorreria se a memória de vídeo fosse formada por chips independentes, como ocorre com algumas placas de CPU.

28) Monitor perde nitidez em 800×600
Possuo um AMD K6-2 300 MHz com placa de vídeo SIS 530 AGP e placa de som, ambas onboard. Recentemente fiz um upgrade de meu monitor Samsung Syncnaster 3 para um LG 550M de 15″ com caixas de som laterais. Porém, venho observando algumas alterações na imagem que não ocorriam antes. Utilizando a resolução de 800×600, a imagem perde um pouco a nitidez (que é mais notável) nas bordas inferiores da tela) e em 1024×768, esta perda aumenta ainda mais. Em 640×480 não ocorre nenhuma perda de nitidez. já tentei alterar a freqüência de vídeo nas configurações do adaptador de vídeo para 72Hz, 75 Hz e até 85 Hz que é o máximo alcançado pelo meu monitor e não obtive nenhum sucesso. O que devo fazer para resolver o problema?
Resposta:
A nitidez piora quando aumentamos demais a freqüência vertical. O que melhora é a cintilação, que começa a ser totalmente eliminada a partir de 72 Hz. Regule a freqüência vertical para 72 ou 75 Hz, valores superiores a esses não trazem vantagem alguma. Para avaliar a perda de nitidez, devemos comparar o dot clock com a banda passante do monitor. O dot clock pode ser calculado multiplicando a freqüência vertical pela resolução horizontal, pela vertical, e finalmente pelo valor 1,2. No seu caso, com 72 Hz e 800×600, teremos 72x800x600x1,2 = 41,5 MHz. Agora divida a banda passante do monitor (no caso do seu modelo é 110 MHz, esta informação está no manual do monitor). Temos então 110 / 41,5 = 2,65. O valor encontrado depois dessas contas dará uma noção da nitidez da imagem. Valores acima de 2 corresponde a imagens nítidas. Valores inferiores a 2 indicam baixa nitidez. Note que na resolução de 640×480, fazendo as mesmas contas, encontramos 4,15, indicando uma nitidez melhor que em 800×600. Faça as mesmas contas com 85 Hz e com 1024×768 (o resultado é 1,37) e você verá que os resultados são piores. Ainda assim, não justifica a perda de nitidez em 800×600 com 72 Hz. O problema pode estar sendo causado por cabo de má qualidade. Você está usando o cabo que acompanha o monitor LG ou o que era usado no Samsung, que operava com freqüências menores? Finalmente, o problema pode estar na própria dificuldade do chip gráfico da sua placa de CPU em gerar dot clocks elevados sem distorção de nitidez. Para tirar a dúvida, experimente ligar seu monitor em outro computador e compare a qualidade da imagem. Se em outro computador a imagem for melhor, fica comprovado que o problema está nos circuitos de vídeo da sua placa.

29) Monitor perdeu o sincronismo
Fiz upgrade de meu antigo 486. Agora a máquina é um AMD K6-2 3D processor, 500MHz, 32Mb de RAM, com motherboard PC 100 Super Socket 7 M585LMR com placa compartilhada de vídeo 8MB tipo aceleradora AGP Trident 8400 PCI/AGP (V6.50.5480). Foram mantidos : a fax/modem 33.600 US Robotics; Scanner de mesa TCE S430 e monitor Tatung 214SBS. Uso o Windos 98 4.10.1998. Anteriormente usava o Windows 95B. A resolução de vídeo é a 800×600 (32 bits). Quando tento passar para a resolução de 1024×768 (32 bits) surgem quatro telas que ocupam 1/3 horizontal do monitor. o Windows tem vários drivers Tatung coreanos e americanos, mas nenhum deles serviu para o meu monitor). Quando ele era usado com placa Trident de 1Mb no 486, apresentava a resolução 1024×768(256). E Agora nem esta antiga resolução consigo. O que fazer?
Resposta:
Você fez mais duas perguntas, vou deixar para responder na próxima semana. Uma das funções mais importantes do driver de um monitor é informar ao Windows as freqüências horizontais e verticais suportadas. Quando esta informação não é passada corretamente, ocorre perda de sincronismo. Ela pode se manifestar com várias telas repetidas como ocorre no seu caso, ou então com a imagem rolando na tela. Se você não encontrou o driver do seu monitor, declare-o como outro modelo de mesmo tamanho, mesmo que seja de outro fabricante. Se você declará-lo por exemplo como Samsung Syncmaster 3, os problemas cessarão, apesar de ocorrer uma pequena contilação em 800×600. Declare-o como SyncMaster 3N para resolver isso. Experimente outros modelos até obter bons resultados, sem cintilação, mesmo em 1024×768. A alteração do tipo de monitor é muito simples. No quadro de propriedades de video, o mesmo onde você escolhe a resolução e o número de cores, use o botão Avançadas. Selecione então a guia Monitor e uso o botão Alterar. Indique então a marca e o modelo que você quer usar. Uma outra forma de resolver o problema é instalando o software Display Doctor, encontrado em www.scitechsoft.com. Ele possui suporte a um número de monitores muito maior que os oferecidos pelo Windows.

30) Problemas com uma Voodoo 3 3000
Tenho um K6 2 450 MHz, 64 de RAM, e anteriormente, troquei a minha placa de video, de um modelo comum, por uma Voodoo 3 3000. Então, quando iniciei o Windows, foi até normal, reconfigurei os padrões de cores de 16 cores para 16 bits, e quando reiniciei começou a dar o problema. Em média uns dois minutos para iniciar o Windows. Como não sabia que iria finalizar a inicialização do Windows, desligava. Quando entrava em modo de segurança, eu desligava, e reiniciava o computador. Então, o Windows entrava com 16 cores, e eu repetia processo de reconfiguração das cores, e o mesmo problema continuou. Tá até hoje assim. E de vez em quando, ele inicia normal, sem a demora. O que será que é?
Resposta:
Você não especificou se está usando uma Voodoo 3 3000 AGP ou PCI, seria uma informação importante. Se for AGP, você deve instalar o AGP Miniport Driver, encontrado no CD-ROM que acompanha a sua placa de CPU. Sem este driver os programas 3D não funcionam. Entre também no CMOS Setup e ajuste a opção AGP Aperture Size para a metade da quantidade de RAM instalada. Seu PC tem 64 MB, portanto o correto é configurar este item com 32 MB. Também seria importante se você indicasse a marca da sua placa de CPU, eu poderia indicar o site do fabricante. Seja como for, descubra esta informação e verifique se na área de FAQs do fabricante da placa de CPU existe alguma informação sobre compatibilidade com a Voodoo 3 3000. A princípio, qualquer placa de vídeo deveria ser compatível com qualquer placa de CPU, mas na prática isto nem sempre ocorre. Existem inúmeros casos de placas de CPU que não funcionam com determinadas placas de vídeo. Sugiro ainda que você instale os drivers mais atualizados para a Voodoo 3 3000, em www.3dfx.com.

31) Placa de vídeo x placa 3D
Vários jogos de computador lançados recentemente no mercado requerem a instalação de uma placa aceleradora 3D. Observei, em anúncios, que diversos modelos de computadores são vendidos com placas de vídeo AGP ou PCI, no mínimo com 4 Mb. Se comprar um computador com uma placa dessas, devo comprar também uma placa aceleradora 3D? Ou a placa de vídeo poderá processar as imagens dos jogos? E qual a diferença entre uma placa de vídeo AGP e uma PCI?
Resposta:
São dois nomes diferentes que na maioria das vezes são usados para a mesma coisa. O termo “placa de vídeo” é usado de forma genérica para qualquer tipo de placa na qual é ligado o monitor. As placas de vídeo produzidas há 5 anos atrás eram aceleradoras gráficas 2D, as atuais são também aceleradoras 3D. Ocorre que algumas dessas placas são mais especializadas que outras. As placas de vídeo aceleradoras 3D mais sofisticadas costumam ser chamadas simplesmente de “aceleradoras 3D”. As placas conhecidas como Voodoo e Voodoo 2 faziam apenas a aceleração 3D e não a aceleração 2D. Por isso precisavam trabalhar em conjunto com outra placa de vídeo. Outras placas mais novas da série Voodoo, assim como outras aceleradoras de outros fabricantes fazem tanto aceleração 3D como 2D, portanto não precisam operar em conjunto com outra placa de vídeo. Quanto aos PCs novos, se você está interessado em jogos, é melhor comprar um que já seja equipado com uma boa placa de vídeo 3D (Vipper 770 Ultra ou Voodoo 3 3000, por exemplo). E já que você ainda não comprou, saiba de um ponto importantíssimo: os PCs baratinhos que estão sendo vendidos por cerca de 1400 reais ou menos não são adequados para jogos, você terá muitas dores de cabeça se tentar jogar neles. São lentos e têm restrições quanto à instalação de novas placas (poucos slots livres). As placas de vídeo são atualmente produzidas em duas versões: PCI e AGP. As placas AGP são mais velozes, mas só podem ser instaladas em PCs que possuem slots AGP (quase todos produzidos entre 1998 e 2000, mas note que alguns PCs novos não possuem slots AGP). O barramento PCI é mais lento mas está presente em um número maior de PCs, tanto antigos como novos. Sugiro que você adote o AGP.

32) Problemas com placa de vídeo AGP
Recentemente fiz um upgrade de processador e de HD em minha máquina, passando de uma configuração Pentium 233Mhz MMX para AMD K6 2 366 Mhz (3D Now!) e HD 2.0 Gb para HD 13.6 Gb.O upgrade transcorreu sem maiores problemas (incluindo a atualização de BIOS da placa mãe). O sistema operacional (Windows 98) e demais programas foram corretamente instalados e os drivers dos periféricos devidamente reconhecidos. A minha dificuldade tem sido na configuração da placa de vídeo (uma Viper V330 com 4 Mb) para aplicativos/jogos que envolvam 3D. Fiz download dos drivers mais atualizados (no site do fabricante) para a referida placa e executei a nova instalação dsetes drivers, seguindo os procedimentos prescritos pela empresa. Não adiantou, o problema continuou ocorrendo (mesmo com DirectX 7.0 instalado na máquina).
Resposta:
Você não citou, mas estou bastante desconfiado de que sua placa de vídeo seja AGP. Este problema é bastante típico, ocorre quando usamos uma placa de vídeo AGP em um PC equipado com um chipset que não seja totalmente reconhecido pelo Windows. Junto com a sua placa de CPU você recebeu um CD-ROM. Alguns dos drivers existentes neste CD precisam ser instalados para que o hardware funcione corretamente. No manual da placa existem instruções para esta instalação. O driver que provavelmente está fazendo falta ao seu sistema é o “AGP Miniport Driver”. Se você perdeu o CD da placa, pode obter esses drivers no site do fabricante da placa de CPU, ou então no site do fabricante do chipset. Feito isto, os programas que geram gráficos 3D passarão a funcionar sem problemas. Dependendo da placa de CPU, a ausência desses drivers pode fazer com que não apenas o barramento AGP funcione, mas também a interface de disco rígido (irá operar com menor desempenho), o gerenciamento de energia e o gerenciamento de recursos de hardware.
2000_013
Exemplo de programa de instalação dos drivers de uma placa de CPU

33) Expansão da memória de vídeo não deu certo
Tenho um Micro Blaster com processador Intel Pentium 233 MMX, BIOS Award Modular v4.51PG Versão 1.3 06 (24/09/1997) Chipset i430VX, Placa Mãe ATC 1020+, 64 MB de EDO RAM SIMM, Cache real de 512 Kb, Fax modem 33,6 Kbps ISA, Placa de vídeo com chipset S3 Virge 86C325 PCI com 2 MB EDO RAM, Placa de RTV PCI Aver Media Bt 848 KPF, HD IDE Seagate de 2,1 GB, Monitor Techmedia TCM-1564HS – 0,28 DP – 15″ com resolução máxima de 1280 x 1024 dpi. Recentemente comprei memória para a placa mãe que originalmente tinha 32 MB SIMM e passei para 64 MB. Aproveitei e comprei memória de vídeo que originalmente era de 2 MB expansível a 4 MB, passando assim para 4 Mb (mais 4 chips de 0,5 MB). Acontece que ao reiniciar a tela no DOS fica cheia de caracteres aleatoriamente piscando em quase todos os pontos da tela simultaneamente com as mensagens de carga do sistema ao iniciar. Ao entrar no Windows aparecem duas listras nas laterais do ponteiro do mouse e a tela fica com listras verticais intercaladas coloridas cintilando, sendo as vezes impossível de visualizar a área de trabalho. Qual a solução para esse problema? Atualmente continuo usando os 2 MB de vídeo!!! Pode ser alguma configuração de vídeo, meu monitor ou configuração de BIOS? Obrigado desde já.
Resposta:
Seu micro é feito por peças de boa qualidade. Ele é do tempo em que as placas ruins eram raras no mercado brasileiro. O problema que ocorre está nas memórias. Para fazer uma expansão na memória de vídeo não basta utilizar chips de mesma capacidade que os já existentes. Os chips adicionais têm que ser do mesmo tipo e com tempo de acesso igual ou menor. Quando são usados chips errados, ou quando esses chips são danificados por eletricidade estática (o vendedor ou você mesmo tocou as “perninhas” dos chips com as mãos), a imagem fica inativa ou distorcida, como na figura abaixo.
2000_014
Anomalias causadas por memórias de vídeo defeituosas
A primeira coisa a fazer é verificar se o os chips de memória que você usou são mesmo equivalentes aos originais da sua placa. Para isto, anote o número dos chips originais e procure-os na lista de chip do meu artigo “Identificando chips de memória”, em www.laercio.com.br. Localize então as suas características como capacidade, organização, tempo de acesso e tipo (FPM ou EDO). Faça o mesmo com os chips que você usou na expansão, que podem até ser de outro fabricante, mas devem ter características semelhantes. Se os chips forem equivalentes, as anomalias podem ainda ser resultado de dano por eletricidade estática. Faça a troca dos chips na loja e peça para o vendedor não colocar as mãos nos contatos metálicos. Tenha os mesmos cuidados para evitar problemas.

34) Aumentando a resolução do monitor?
Tenho um Pentium III 700 com monitor SyncMaster 550 v e placa de vídeo RIVA TNT 2 Model 64 AGP com 32 MB de memória. Atualmente tenho trabalhado com resolução 1024 X 768, porém gostaria de aumentar esta resolução mas não existe essa possibilidade, pois a barra de Área de Tarefa está no limite. Existe alguma possibilidade de eu estar aumentando este valor? Ou não.. minha placa agüenta somente esta resolução?
Resposta:
O limite máximo oferecido para a resolução depende tanto da placa de vídeo como do monitor. Se você tiver esta mesma placa ligada a um SyncMaster 17GLS, por exemplo, pode ir até a resolução de 1280×1024. É preciso entretanto saber se o monitor permite chegar a esta resolução. A maioria dos modelos de 14 e 15 polegadas não chega. De acordo com as informações que tenho da Samsung, o monitor 550V realmente chega no máximo a 1024×768.

35) Dúvidas sobre processador e placa de vídeo
Tenho Pentium III 450Mhz, 128MB RAM, CD-ROM 52X, chipset Intel 440 BX e placa 3D Monster Fusion Voodoo Banshee. Ao jogar um produto que requer a placa, existem duas opções: ativando o Direct 3D primário ou usando o hardware. Na 2ª opção, o jogo roda naturalmente, porém não utiliza os recursos da placa. Se eu utilizar 1ª Opção, a tela de menu (a principal), quaisquer opções que eu selecione, a tela volta ao Windows. No manual do meu CPU, diz que há um barramento que suporta até uma velocidade de 100Mhz. Será que devo alterar a taxa de atualização para 100Hz (estava no padrão do adaptador)? Que outro ajuste deve fazer? Talvez a resolução da imagem? Em que site eu posso atualizar a versão do meu DirectX para a versão mais atual, pois em muitas delas o Dxdiag apresenta falta de arquivos ou arquivos que não estão certificados.
Resposta:
Os 100 MHz do barramento externo do processador não tem relação alguma com a taxa de atualização do monitor. Na guia de configurações do quadro de propriedades de vídeo, clique em Avançadas, selecione Adaptador e programe a taxa de atualização para algum valor disponível entre 70 e 75 Hz. Valores inferiores a estes produzem cintilação, e valores superiores não produzem melhorias, além de reduzir um pouco o desempenho gráfico. É importante que você instale a versão mais nova do DirectX (atualmente é a 8.0), disponível em www.microsoft.com/directx/. Não é o caso da sua placa, que usa o chipset i440BX, mas na maioria das placas de CPU, é preciso instalar o AGP Miniport Driver, encontrado no CD-ROM que acompanha a placa de CPU, ou no site do fabricante desta placa. Quanto às opções de geração de gráficos 3D, o chamado “Driver de vídeo primário” utiliza os recursos de hardware de placa, porém de acordo com o padrão Direct3D. Nos jogos em que são apresentadas opções como Glide, Voodoo ou Hardware, a operação é feita de forma mais eficiente para a sua placa. Infelizmente o significado dessas opções varia muito de um jogo para outro. Certos jogos apresentam as opções Software e Hardware, onde Software ou Software Renderer, significa que os recursos 3D da placa não são usados, enquanto a opção Hardware utiliza esses recursos, tanto no modo Direct3D quanto nos modos Glide ou OpenGL. O problema do jogo travar ou finalizar quando você muda a opção pode ter várias causas, é difícil dar uma solução direta. Sugiro que antes de mais nada você obtenha os drivers mais recenetes para o chip Voodoo Banshee, em www.3dfx.com. A seguir, consulte a área de suporte do fabricante do jogo, onde possivelmente haverá uma descrição de um problema similar ao seu, junto com a solução.
2000_015
Placa Monster Fusion

36) Jogo não roda em vídeo onboard
Tenho uma motherboard ASUS P5S-B, processador k6 266 (66Mhz), 64Mb de memória. Meu computador funciona normalmente com 8MB de memória de vídeo (compartilhada) AGP onboard. O único problema é que não consigo rodar o Flight Simulator 98. Ao abrir o jogo (que abre normalmente) em instantes a tela torna-se instável e começa a deformar-se até o ponto que não é mais possível jogar, chegando a travar o computador. O problema inicia-se mais rapidamente quando utilizo o mouse. Já atualizei duas vezes o driver da placa de vídeo, também atualizei a BIOS. Como poderia resolver este problema?
Resposta:
Atualizar o driver da placa de vídeo é uma solução para este tipo de problema. Outra solução que deve ser tentada é a instalação da versão mais recente do DirectX (www.microsoft.com/directx/). Não esqueça também que em placas de CPU como a sua, é preciso instalar um driver chamado AGP Miniport Driver, que normalmente é fornecido no CD-ROM que acompanha a placa de CPU. O driver AGP existente no Windows não suporta todos os chipsets, principalmente os de fabricantes que não sejam a Intel. Sua placa utiliza um chipset da SiS, não tenho uma igual por aqui, mas assim como já vi ocorrer com vários chipsets, suponho que a sua também necessite desta atualização. Se você não possuir este driver, pode procurá-lo no site do fabricante do chipset (www.sis.com.tw). Lembro ainda que placas de CPU com vídeo onboard, principalmente os que usam memória de vídeo compartilhada com o processador, apresentam sérios problemas de lentidão na execução de programas em 3D, sobretudo jogos. Essas placas não foram feitas para jogos, e sim para Office Applications. Destinam-se ao mercado de PCs de baixo custo e para serem usados por empresas que não desejam que seus funcionários utilizem jogos durante o trabalho. Portanto essas placas não são boas para jogos, são as que eu chamo de placas B.O. (bom para Office).

37) Upgrade com vídeo onboard
Há uns 3 meses troquei a motherboard do meu Pentium 100 por uma placa Pentium 200 MMX. Só que a minha placa antiga tinha uma placa de vídeo grande da marca Trident de 4 Mb. A nova placa possui placa de vídeo on board e para minha surpresa a mesma é de 1 Mb. Liguei para a oficina onde a nova placa foi instalada reclamando e eles me informaram que a mesma pode ser configurada até 8Mb através de software. Informaram ainda que a oficina estava encerrando suas atividades aqui em SP pois estavam de mudança para Porto Alegre. Bem, me senti no meio do mato sem cachorro. Tenho uma placa teoricamente superior à que tinha porém não sei como configurá-la. Vocês poderiam me informar como fazer a tal configuração da placa? Estou com o Windows 98 instalado e atualmente o driver do adaptador de vídeo é o SiS 5597/5598 versão 4.10.01.0905 da Sis Corp 1997.
Resposta:
O vídeo onboard não é necessariamente superior à sua antiga placa Trident. Na verdade em muitos casos ele torna o computador lento, devido ao fato de utilizar memória compartilhada. A memória da placa de CPU é acessada, ora pelo processador, ora pelos circuitos de vídeo. Como o processador não tem a memória RAM 100% do tempo à sua disposição, freqüentemente tem que realizar pequenas paradas que são imperceptíveis ao usuário, mas provocam uma perceptível queda no desempenho. Se você utilizar algum programa medidor de desempenho para checar o seu novo PC, verá que o Pentium-200 está tão “veloz” quanto um Pentium-150. É o preço pago pelo vídeo onboard, que apesar de barato tem esta grande desvantagem. O vídeo onboard também não é adequado para os jogos de última geração, os gráficos são mesmo muito lentos. Seu vídeo não está lento pelo fato de estar utilizando apenas 1 MB de memória de vídeo, e sim pelo fato de usar memória compartilhada com o processador. Se você instalar a sua antiga placa Trident de 4 MB, talvez não tenha recursos 3D, mas o seu Pentium-200 ficará com velocidade de Pentium-200, isto pode fazer com que a maioria dos jogos fiquem mais rápidos. O aumento do tamanho da memória para 2 MB, 4 MB ou 8 MB é realmente feito por software, através do CMOS Setup. Em uma das partes do Setup (provavelmente Chipset Configuration ou Peripheral Configuration) existe um item para definir o tamanho da memória (Vídeo memory size ou VGA frame buffer). Você saberá que configurou corretamente porque no Windows é indicado o tamanho total da memória, excluída a parte da memória de vídeo compartilhada. Por exemplo, em um PC com 32 MB e 4 MB usados como memória de vídeo, sobrarão 28 MB. Esta será a quantidade de memória indicada pelo comando Sistema no Painel de Controle.

38) Usando programas no padrão VESA
Eu tenho a placa Sis 530, e preciso que ela rode um programa que tem o padrão vesa, aonde eu descolo um driver para que este padrão funcione?
Resposta:
O BIOS VESA é uma espécie de “driver SVGA” para o modo MS-DOS. Ele permite que programas gráficos para MS-DOS (sobretudo jogos) funcionem com as altas resoluções e elevado número de cores permitidos pela placa de vídeo modernas. Entretanto não dá recurso à aceleração gráfica 2D e 3D, coisa que só é utilizada por programas do Windows. Muitas placas de vídeo possuem o BIOS VESA embutido no seu próprio BIOS, portanto esses programas funcionam automaticamente. Outras placas são acompanhadas de um utilitário que implementa o BIOS VESA. Certos jogos são acompanhados de programas deste tipo. Normalmente são ativados através do CONFIG.SYS ou AUTOEXEC.BAT. Se você não possui tal utilitário, pode usar o Display Doctor, que pode ser obtido em www.scitechsoft.com.

39) Sintonizar TV na placa de vídeo
Tenho uma placa de vídeo TRIDENT 3D IMAGE 9750 B CEE 01 M 3R75 9836/ 19TRBG TRIDENT. 97 PERGUNTA: como fazer para que ela receba sinal de TV.
Resposta:
Não com esta placa. Placas que recebem sinais de TV são construídas para tal, possuem conector para antena ou TV a cabo, e uma caixa metálica na qual estão os componentes que operam em RF (radiofreqüência). A caixa atua como uma blindagem eletromagnética que impede que seus circuitos interfiram com os componentes do PC, e vice-versa. Quando uma placa possui essas características, basta instalar os drivers que a acompanham, bem como os utilitários para controle da “TV”. Este tipo de programa possui seletor de canais, controles para a imagem, ajuste do tamanho da “tela de TV” e configurações para o sistema de TV (NTSC, PAL, SECAM, etc.). Mesmo assim, comprar uma placa de vídeo com recepção de TV não garante que ela irá funcionar corretamente. Como sabemos, muitas lojas fazem importação direta sem muito critério e sem conhecimento técnico, algumas acabam trazendo placas de vídeo com recepção de TV incompatíveis com o sistema PAL-M, usado no Brasil. Como resultado, quando a placa funciona, as imagens ficam em preto e branco. Procure sempre uma placa que possua entrada de “antena” ou “cabo” no padrão PAL-M. Ainda assim tome cuidado, pois muitas placas usam o sistema PAL europeu, que é diferente do PAL-M. Exemplos de placas de vídeo com recepção de TV adequada ao sistema brasileiro são a ATI All in Wonder e a PixelView.

40) Placa Voodoo trava
Possuo um K6-2-400, 64 Mb RAM, Placa de som Blaster X-Games, Monitor Samsung 15, Windows 98SE e motherboard Asus P5A-B. Comprei o jogo Sims e junto com minha placa de som veio o Need for Speed. Como minha placa de video era uma Diamond 2000, resolvi investir em nova placa e comprei uma Voodoo 3000 AGP, apos a instalação dos jogos, ao tentar jogar nas resoluções necessarias ele travava o computador sem abrir nem a tela inicial do jogo. Tentei configura-la para 3D e ficou tudo igual. Me desseram que o problema eram os drivers 3dFx por causa da glide, achei estranho mas resolvi trocar a placa por uma Savage 3D, mas o problema continua exatamente o mesmo. Nao sei o que fazer para conseguir rodar os jogos e satisfazer meus filhos. Por favor, me ajude a sair dessa.
Resposta:
Junto com a sua placa de CPU você recebeu um CD-ROM com vários drivers. Instale o AGP Miniport Driver, ele ativará as funções AGP do seu chipset. Se isto não for feito, ocorrerão travamentos e outras anomalias assim que for ativado o modo 3D. Sua placa antiga era PCI, que não requer este driver e não apresenta este problema. A placa Savage 3D AGP também requer este driver. Se você perdeu o CD-ROM que acompanha a placa, pode obter este pequeno arquivo, o AGP Miniport Driver da P5A-B, em www.asus.com. Isto deve sempre ser feito, para qualquer placa de CPU, ao instalar uma placa AGP. Para aqueles que precisarem reinstalar o Windows, não esqueçam de instalar também este driver.

41) Vídeo onboard para jogos
As placas de vídeo on-board, presentes nos atuais computadores Pentium III, são compatíveis com os jogos que necessitam de uma placa de aceleração 3D? Quais seriam as melhores placas de vídeo do mercado?
Resposta:
O termo “placa de vídeo onboard” é errado. Seria correto dizer apenas “vídeo onboard”. São compatíveis com os jogos 3D existentes no mercado. Você poderá jogar a maioria deles, entretanto, essas placas de CPU não foram feitas para isso. São destinadas a aplicações de escritório, nas quais o chefe não quer seus funcionários jogando na hora do trabalho. Podem exibir imagens em 3D, porém em baixa velocidade, inadequada a jogos. Muitos jogos 3D apresentarão anomalias, outros funcionarão com desempenho e resolução baixos. Não é à toa que o vídeo onboard é grátis, enquanto uma boa placa 3D custa no mínimo 200 reais. Você não vai querer comprar as “melhores” placas de vídeo do mercado, custam entre 500 e 1000 dólares. No Brasil, os preços são assustadores. Preços razoáveis, entre 200 e 400 reais, podem ser encontrados nas placas Voodoo 3 2000, Voodoo 3 3000 e as placas que usam o chip Nvidia TNT2, como é o caso da Creative TNT2. Vale a pena usar uma dessas.

42) Dúvidas sobre placa Trident
Outra dúvida é sobre minha placa de vídeo Trident 9750. Está placa é SVGA? Quando rodo o jogo Tom Raider 3, ele não reconhece, em seu setup, a placa, exibindo somente, “Drive de Vídeo Primário”. O problema é com o jogo ou com a placa?
Resposta:
A questão do driver de vídeo primário não é problema algum. Quase todos os jogos são capazes de acessar a placa 3D através do padrão Direct3D, pelo método convencional, o que garante maior compatibilidade. Alguns jogos são capazes de, além de acessar as placas 3D por este método padrão, fazer acessos mais eficientes e rápidos, mas isto só é implementado para alguns modelos de placas 3D. No seu caso, sua placa não está incluída nesses modelos, mas é acessada perfeitamente pelo método geral (driver de vídeo primário). A placa Trident 9750 é SVGA, assim como todas as que são vendidas atualmente.

43) Drivers para vídeo Cirrus Logic
Tenho um AMD 586 com placa de vídeo PCI CIRRUS LOGIC CL-GD 5436 e Windows 95 instalado. Precisei formatar o HD e o Windows não tem os drives da placa e eu não tenho CD e/ou disquete de instalação. Com isto estou com 16 cores e a cada vez que abro o computador vem o aviso que meu adaptador de vídeo está configurado erroneamente. Como posso obter tais drives?
Resposta:
Você precisa instalar os drivers fornecidos pelo fabricante, disponíveis em www.cirrus.com. Feito isso você poderá utilizar todas as cores que a placa fornece (16 milhões). Este é um problema bastante típico: o Windows não reconhecer uma determinada placa de vídeo. Isto ocorre quando a placa é mais nova que a versão do Windows que você usa, mas também em alguns raros casos pode ocorrer com versões mais recentes do Windows. Recorrer ao site do fabricante da placa é a solução para o problema. Quando você não conseguir encontrar o site do fabricante, procure em www.drivershq.com, um site com milhares de links para fabricantes de placas de vídeo, modems, placas de som, etc. Um pouco de dificuldade pode surgir quando você não sabe qual é o fabricante da placa. Neste caso será preciso fazer uma investigação na Internet. Anote o nome do chip principal da placa (será preciso abrir o computador para verificar isso) e faça uma busca deste nome em um site de busca. No seu caso seria feita uma busca por GD5436, ou simplesmente 5636. A busca pode ser facilitada quando incluímos na busca o tipo de placa. Por exemplo, use +5634+VGA ou +5436+video, e o número de links encontrados será menor, um deles é o link do fabricante da placa.

44) Configuração da placa de vídeo
Formatei meu computador velho, instalei o windows 98, tudo normal, mas depois de uns 15 dias, ele começou a travar, tipo, acho q não configurei a placa de vídeo, mas não sei configura-la. O que eu tenho que fazer? Será que é a placa de vídeo, quando instalei tudo, no painel de controle, nas configurações do vídeo, não tinha como eu colocar a opção acima de 256 cores.
Resposta:
O esquecimento da configuração da placa de vídeo não pode fazer o computador funcionar bem durante 15 dias e depois apresentar travamentos. Existem algum outro problema mais sério. Pode ser um defeito de hardware, arquivos corrompidos ou até um vírus. De qualquer forma, a instalação do driver da placa de vídeo é feita de forma bem simples. Abra o Gerenciador de Dispositivos (clique Meu Computador com o botão direito do mouse e no menu escolha a opção Propriedades, depois selecione a guia Gerenciador de Dispositivos) e dê um clique duplo na placa de vídeo. Selecione a guia Driver e clique no botão Atualizar Driver. A partir daí entrará em ação o assistente para atualização de driver. Siga as suas instruções. Pode ser necessário ter em mãos o disquete ou CD-ROM que acompanha a sua placa de vídeo, ou então fazer previamente o download do driver, a partir do site do seu fabricante. Na área de artigos de www.laercio.com.br você encontrará todas as instruções passo a passo para fazer esta atualização.

45) Dois monitores
Gostaria de utilizar 2 monitores em meu PC mas tenho dúvidas quanto ao funcionamento. Especificamente se em um monitor posso rodar um jogo, como Quake 3 e similares e em outro posso continuar com a área de trabalho do windows normalmente. Meu sistema operacional é Windows 98, com 256 Mb de RAM uma place de vídeo AGP viper 550. É claro que pretendo também adquirir uma placa de vídeo extra.
Resposta:
Sim, o que você quer pode ser feito. As placas de vídeo ficam funcionando de forma independente. Uma pode estar e modo 3D (usando o jogo, por exemplo) enquanto a outra permanece em 2D (programas normais do Windows). Instale ambas as placas de vídeo. Depois que a segunda placa de vídeo estiver corretamente instalada, a guia Confi-gurações do quadro de propriedades de vídeo terá um aspecto completamente diferente. Antes de definir a resolução, o número de cores e usar o botão Avançadas, temos que selecionar a placa de vídeo a ser utilizada, através do campo Exibir. Cada uma das placas poderá operar com seu próprio modo gráfico, ou seja, com resolução e número de cores diferentes. Devemos marcar também a opção Estender a área de trabalho do Windows a este monitor. Isto faz com que a tela do segundo moni¬tor funcione como continuação da tela do primeiro. Quando o cursor do mouse é mo-vimentado até a borda direita do primeiro monitor, aparecerá imediatamente na borda esquerda do segundo monitor. Ao arrastarmos uma janela no primeiro monitor para a direita, o trecho que desaparece na borda direita aparecerá entrando pela parte es¬querda do segundo monitor. Apensas é preciso tomar cuidado com questões de compatibilidade. As placas de vídeo de fabricação mais recente em geral permitem o funcionamento em conjunto, mas modelos lançados antes do Windows 98 nem sempre suportam este recurso.

46) Vídeo PCI x AGP
Comprei uma placa 3D PCI com 32 MB. Me disseram que ela não vai ter boa resolução 3D, porque não é AGP. Isto é verdade, mesmo sendo o meu computador bem veloz?
Resposta:
A questão aqui não é a resolução, e sim o desempenho. Mesmo um PC lento, equipado com uma placa 3D modesta, consegue gerar imagens 3D em alta resolução. O problema é o tempo gasto para gerar cada imagem. Se for possível gerar acima de 15 imagens por segundo, a continuidade de movimentos será satisfatória. Se forem mais de 30 imagens por segundo, a continuidade será excelente. Quando o desempenho 3D é baixo, o número de quadros gerados por segundo (frame rate) é pequeno, e tempos a imagem formada por saltos, o que é muito ruim. O desempenho 3D, por sua vez, depende do processador e da placa de vídeo. O processador é responsável por realizar todos os cálculos relativos à estrutura da imagem, porém usando uma representação poligonal (wire frame), ou seja, uma imagem formada por uma sucessão de triângulos e quadriláteros. A placa 3D é responsável por preencher esses polígonos com texturas, levando em conta efeitos de iluminação, sombras, reflexos, etc. Portanto, a geração de uma imagem tridimensional é uma “parceria” entre o processador e a placa 3D. Ambos precisam ser velozes. Se o processador for lento (ex: Pentium-200) e a placa 3D for muito boa (ex: Nvidia TNT2 com 32 MB), o desempenho será prejudicado. O mesmo ocorre se usarmos um processador veloz (ex: Pentium III/800) e uma placa 3D fraca (ex: Trident 9750). Felizmente os jogos possuem ajustes para compatibilizar o jogo com placas 3D e processadores lentos. Se abrirmos mão de marcas de pneu na estrada quando um carro derrapa, ou das folhas à beira da estrada que voam quando o carro passa, estamos reduzindo os efeitos especiais e reduzindo o trabalho do processador. Sugiro a leitor do meu artigo sobre placas 3D, em www.laercio.com.br, para maiores detalhes.
A explicação acima responde a sua pergunta. Se o seu processador for bem veloz, você poderá ter um bom desempenho 3D, mas isto vai depender do chip gráfico que você utiliza. Um chip TNT2 em uma placa 3D PCI com 32 MB oferece desempenho melhor que um vídeo onboard AGP com 8 MB. Provavelmente você fez uma boa compra, apesar de que, seria melhor se fosse comprado um modelo AGP.