Home » Artigos arquivados » 2000 – Os cuidados com o bug do ano 2000

2000 – Os cuidados com o bug do ano 2000

Autor: Laércio Vasconcelos
Dezembro/1999

O bug do ano 2000 “já era”. Mas você precisa se preocupar com ele se for usar um computador antigo, como um Pentium ou anterior, ou mesmo K6-2, dependendo da placa mãe. Também é preciso tomar cuidado caso precise usar softwares antigos, principalmente os comerciais.

OBSERVAÇÃO IMPORTANTE (julho/2006):
O bug do ano 2000 já é um problema distante. Na época as empresas de software e hardware concentraram esforços para resolver o problema nos seus produtos. Hoje já não existe mais esse cuidado. Você não precisa se preocupar se estiver usando computadores e programas posteriores ao ano 2000, mas se precisar usar um computador e alguns softwares anteriores, talvez já não tenha mais condições de aplicar as soluções. Trocar de computador e usar softwares mais novos pode ser a única solução viável para o problema.

Bug do ano 2000

Mostraremos na primeira parte deste artigo como o bug do milênio pode afetar componentes de hardware do computador, e o que o usuário deve fazer para prevenir-se e corrigir problemas. Tomamos como base perguntas enviadas por diversos leitores. Na segunda parte do artigo veremos o que pode ser feito em relação ao software.

Como sabemos, o bug do ano 2000 tem como origem o armazenamento do ano usando apenas dois dígitos, ao invés de 4 dígitos. Quando alguém fala “nasci em 65”, todos entendem implicitamente que “65” significa 1965. Ninguém ficará na dúvida entre 1865 e 2065, por exemplo. Já o computador e seus programas nem sempre estão preparados para utilizar esta lógica. Programas que manipulam datas podem utilizar apenas dois dígitos e considerar que estão rodando no século 20, adicionando automaticamente “19”. Tais programas não funcionarão corretamente quando chegarmos ao ano 2000, pois o ano com dois dígitos será representado como “00”, e programas que possuem o bug, que deveriam acrescentar “20”, continuarão acrescentando “19”, e pensarão que estão no ano de 1900.

Em relação ao hardware, o problema será manifestado em circuitos que manipulam datas. Felizmente os únicos locais onde ocorre manipulação de data através de hardware é no BIOS e no RTC. O RTC (Real Time Clock) é uma parte do chamado “chip CMOS” responsável pela contagem do tempo. Trata-se de um relógio que fica em funcionamento permanente, mesmo com o PC desligado (é alimentado por uma pequena bateria que o mantém em funcionamento). Ao contrário de um relógio digital comum, o RTC não possui mostrador. A data e a hora são lidas pelo BIOS, e a partir daí enviadas aos softwares que requisitam data e hora. De nada adianta utilizar softwares compatíveis com o ano 2000 (manipulam o ano usando 4 dígitos) se o BIOS não é compatível.

ART022X

Figura 1 – Como o BIOS informa a data e hora para os softwares, obtidas do RTC

A figura 1 ilustra como os softwares obtém a data e a hora através do BIOS, que por sua vez mantém e obtém essas informações através do RTC. Mesmo nas placas de CPU de fabricação mais antiga, o BIOS manipula datas de 4 dígitos, porém nos modelos mais antigos, informa sempre “19” ao indicar o ano. Da mesma forma RTCs de PCs antigos usam apenas dois dígitos para indicar o ano. BIOS de fabricação mais recente podem informar o ano corretamente, mesmo quando o RTC opera com apenas dois dígitos. Esses BIOS, espertamente ao detectarem um ano como 00 (ou por exemplo, qualquer valor abaixo de 80, o ano do lançamento do PC”, automaticamente inserem “20” para formar o ano de 4 dígitos, e não “19”. Melhor ainda é quando além do BIOS estar preparado para esta conversão, o RTC também está preparado, armazenando o ano diretamente em 4 dígitos. Como vemos, o funcionamento correto das funções de data e hora existentes no hardware depende simultaneamente do BIOS e do RTC.

Além do BIOS e do RTC, ambos encontrados na placa de CPU, a quase totalidade dos demais componentes de hardware de um PC não armazenam datas, e portanto não podem ser afetados pelo bug do milênio. Estão a salvo portanto o processador, as memórias, o gabinete, a fonte de alimentação, o disco rígido, drive de disquetes, drive de CD-ROM, as placas de expansão, o teclado, o mouse, a impressora, o scanner, etc.

O bug do ano 2000 não vai fazer o computador explodir, e nem deixar de funcionar. Apenas certos programas apresentarão problemas de funcionamento, caso não sejam capazes de obter corretamente a data e hora a partir do BIOS. Se o BIOS não informar o ano corretamente, até mesmo programas livres do bug do ano 2000 não funcionarão corretamente. Portanto os problemas serão todos manifestados em software. Por exemplo, instalamos uma versão de demonstração de um software, com validade por 60 dias. Se o computador passar a informar o ano de 1900, este software poderá ficar confuso ao calcular o número de dias transcorridos, encontrando um valor negativo. O programa poderá travar ou abortar. Programas de correio eletrônico, que normalmente classificam as mensagens por data de recebimento, poderão ficar malucos com datas do início do século. Mensagens recebidas recentemente poderão constar como mensagens antigas. Mesmo com essas anomalias, poderemos continuar utilizando normalmente programas que não manipulam datas. Jogos, utilitários e aplicativos em geral como editores de texto, editores gráficos, bancos de dados e planilhas continuarão funcionando, apenas apresentarão problemas no cálculo de datas. O Excel funcionará, mas se o BIOS não informar a data corretamente, poderá apresentar problemas na manipulação de datas.

Testando a compatibilidade do seu PC com o ano 2000

Existe uma forma simples de testar a compatibilidade do hardware do seu PC, ou seja, do BIOS e do RTC, com o ano 2000. Consiste em utilizar o programa TIMESHIELD, que pode ser obtido gratuitamente em www.trinitech.com.br . Com apenas 22 kB e rodando em modo MS-DOS, este programa faz todas as checagens de passagens de datas críticas no RTC e no BIOS. Terminados os testes, que duram cerca de 1 minuto, é apresentado um relatório que indica se o computador é ou não totalmente compatível com o ano 2000. Para ser totalmente compatível com o ano 2000 é preciso que seja capaz de permanecer ligado durante a passagem para o ano 2000, sem ficar perdido. Também é preciso ser capaz de permanecer ligado na passagem para o ano 2001, 2002, etc. Note que um computador pode não ser capaz de permanecer ligado durante a passagem para o ano 2000 (o que é necessário por exemplo, para um servidor), mas pode manter a data correta a partir daí, e mesmo permanecer ligado nas demais passagens de ano a partir de então, sem registrar o ano de forma incorreta. Se o seu PC recair neste caso e pode permanecer desligado durante a passagem para o ano 2000, faça-o. Assim que você ligar o computador pela primeira vez no ano 2000, corrija a data no CMOS Setup.

Se um PC precisa necessariamente permanecer ligado durante a passagem para o ano 2000, ou se não é capaz de registrar corretamente datas superiores a 2000, faz-se necessária uma atualização de hardware. Uma solução complexa e de custo relativamente elevado é trocar a placa de CPU por um modelo mais recente. Pode ser uma solução viável se a intenção do usuário é também aumentar o desempenho do computador, usando um processador mais novo, mas cara e complexa se o objetivo é simplesmente garantir a compatibilidade com o ano 2000. Uma solução simples e barata é fazer uma atualização no BIOS. A maioria dos fabricantes de placas de CPU oferecem através da Internet, versões atualizadas dos BIOS de suas placas, já compatíveis com o ano 2000. Note entretanto que se o RTC da placa de CPU não armazenar o ano em 4 dígitos, a atualização do BIOS não permitirá que o computador possa permanecer ligado na passagem para o ano 2000. Além disso, a gravação de uma nova versão do BIOS pode resultar em dano permanente à placa de CPU caso ocorra algum problema durante esta operação, como por exemplo, uma queda de energia elétrica. Para quem deseja arriscar a atualização do BIOS, basta acessar o site www.ping.be/bios (e www.wimsbios.com) para obter as informações necessárias.

Existe entretanto uma solução totalmente segura para compatibilizar o hardware de um PC com datas posteriores ao ano 2000. Consiste em instalar uma placa com um novo circuito RTC e novas funções de BIOS para manipulação de data e hora. Basta encaixar esta placa em um slot ISA livre. A instalação dura 5 minutos e não requer configurações adicionais, nem instalação de drivers. O que essas placas fazem é interceptar as chamadas ao BIOS que se relacionam com data e hora, e utilizar para essas funções, o seu próprio RTC. Esta solução pode ser empregada em qualquer computador, mesmo nos mais antigos. Informações sobre esta placa (SystemMaxx 2000) podem ser obtidas em www.trinitech.com.br , ou pelo telefone 0xx11-293-9303.

Perguntas e respostas

1) Como é o bug do milênio no PC?
Programas ficarão confusos ao manipular datas, podendo travar ou apresentar resultados errados. A confusão entre 1900 e 2000 resultará em datas ou intervalos de tempo negativos. Por exemplo, um programa financeiro ao calcular uma multa por atraso, poderá chegar à conclusão de que o cliente deve alguns trilhões de reais, e negativos! Outros programas poderão ser abortados por operação ilegal, ao recaírem em logaritmos de números negativos. De um modo geral, qualquer programa que manipule datas, sejam antigos ou novos, poderão apresentar esses problemas, caso o BIOS e o RTC não sejam totalmente compatíveis com o ano 2000.

2) Os efeitos do bug vão se manifestar apenas no hardware ou envolvem softwares e sistemas operacionais também?
Softwares atualizados e versões recentes de sistemas operacionais são isentos do bug do ano 2000, mas apenas funcionarão corretamente se o BIOS e o RTC forem compatíveis com o ano 2000. Ao contrário do que muitos usuários pensam, o hardware praticamente não será afetado, mesmo com o registro errado de datas pelo BIOS. Os efeitos serão notáveis nos softwares e sistemas operacionais, ao receberem do BIOS a data incorreta.

3) Que peças do PC e quais softwares são sujeitos ao bug?
As peças sujeitas ao bug são o BIOS e o RTC, ambos localizados na placa de CPU. Quando estes não são compatíveis com o ano 2000, qualquer software, mesmo que seja compatível com o ano 2000, apresentará problemas nos cálculos com datas. Da mesma forma, softwares antigos que armazenam datas em apenas dois dígitos ou mesmo softwares que usam 4 dígitos mas que não foram corretamente testados poderão apresentar problemas mesmo quando o hardware é totalmente compatível com o ano 2000.

4) O que pode acontecer com os arquivos do PC?
Não ocorrerão ações devastadoras como formatação do disco rígido e apagamento de arquivos. Ainda assim, arquivos gerados por aplicativos que apresentarem problemas podem conter dados discrepantes devido ao erro nos cálculos de datas. Por exemplo, uma locadora de fitas de vídeo, ao gerar um relatório dos clientes em atraso, pode mostrar uma lista de alguns com atraso de –36500 dias na entrega das fitas. Certamente um resultado estranho, quase tão ruim quanto um apagamento de arquivos.

5) Como o bug pode afetar periféricos do PC?
Impressoras, scanners, câmeras de vídeo, placas fax-modem e kits multimídia não sofrerão efeito algum, já que não armazenam datas. Já as câmeras digitais podem ser afetadas, pois normalmente possuem um relógio interno para registrar a data das fotos armazenadas. Como as câmeras digitais são equipamentos modernos, a maioria delas armazena o ano em 4 dígitos. Caso o ano seja armazenado com apenas dois dígitos, o efeito será simplesmente o da foto ter sido feita no início do século. Se a intenção é simplesmente armazenar a foto na forma de um arquivo gráfico, a informação de data será descartada e o bug não trará maiores problemas.

6) Existem modelos de computadores imunes ao bug? Quais? A partir de quando passaram a ser produzidos PCs compatíveis com o ano 2000?
Aproximadamente a partir de meados de 1997 as placas de CPU passaram a ser totalmente compatíveis com o ano 2000, tanto no que diz respeito ao BIOS como ao RTC. Portanto todos os PCs novos têm hardware compatível. Se quiser ter certeza absoluta ao comprar um PC novo, leve à loja um disquete com o programa TIMESHIELD, citado neste artigo.

7) O que o usuário pode fazer para se prevenir e corrigir problemas relativos ao bug?
Testar o seu hardware usando o programa TIMESHIELD. Caso seja detectada incompatibilidade com a passagem para o ano 2000, o usuário pode simplesmente deixar o computador desligado neste período. Se for preciso manter o computador ligado, ou se for indicado que o PC é incapaz de manter datas superiores a 2000, a solução é instalar uma placa como a SystemMaxx 2000. A atualização do BIOS é uma opção barata mas um pouco arriscada, e não permitirá que o computador registre corretamente a passagem para 2000 caso o RTC armazene o ano com apenas 2 dígitos.

8) Se o usuário não fizer nada, o que acontece?
Se o PC puder registrar corretamente datas superiores a 2000, apenas não suportando ficar ligado durante esta passagem, não acontecerá nada, desde que os softwares que manipulam datas sejam isentos do bug. Se o computador não puder registrar datas superiores a 2000 e não forem tomadas providências, o PC não poderá mais ser usado para executar programas que precisem manipular datas, tipicamente programas financeiros, programas de automação comercial. O acesso à Internet poderá ser prejudicado no gerenciamento de e-mails (classificação por data), e prazo de validade de cookies.

9) A instalação de placas para atualização do PC em relação ao ano 2000 resolve o problema?
Sim, a instalação dessas placas resolve o problema. A instalação é bem simples, basta conectá-la em um slot livre, não sendo necessário instalar drivers nem fazer configurações adicionais. Apenas será preciso usar um programa para acertar o relógio da placa. Com esta instalação, o hardware do computador ficará totalmente compatível com o ano 2000 e livre do bug. Podemos citar a já apresentada placa SystemMaxx 2000 e a Fernlink 2000 ( www.sapt.com.br , 0xx11-232-4662).

 

O bug de 9/9/99

Bem antes da passagem para o ano 2000, quando enfrentaremos o bug do milênio, um outro bug menos conhecido também ocorreu. Trata-se do bug de 9 de setembro de 1999 (9/9/99). O problema poderá ocorrer nos mesmos programas que estão sujeitos a bug do ano 2000, apesar de não ter com ele relação alguma. O bug do ano 2000 foi originado no método de armazenamento de datas nos programas antigos, utilizando dois dígitos para armazenar o ano, ao invés de 4 como deveria ser e como é nos programas mais novos. Já o bug de 9/9/99 é resultado de um estilo de programação pouco elegante, que considera esta data como um valor inválido, usado para indicar final de arquivo ou final de uma entrada de dados. Felizmente o número de programas que possuem este bug é bem menor que aqueles afetados pelo bug do ano 2000. Programas escritos para PC, mesmo os antigos e que contém o bug do ano 2000, dificilmente têm o bug de 9/9/99, já que as linguagens de programação para PC possuem métodos próprios para indicar o final de arquivo ou o final de uma entrada de dados. O perigo é se um desses programas tiver sido feito por um programador que já tenha trabalhado em computadores de grande porte (mainframes) e que carreguem consigo vícios de programação como este.

A idéia deste bug é bastante simples. Suponha que um programa precise ler, através de um terminal de vídeo ou mesmo de cartões perfurados (cruz credo!), as seguintes informações: Data de nascimento, nome, endereço e CPF. Como fazer o programa saber que terminou a entrada de dados, ou seja, que já digitamos os dados do último registro? Uma técnica elegante seria digitar simplesmente ENTER para cada uma dessas informações. O programa teria então que testar se todas foram “strings nulas”. Infelizmente alguns programadores tiveram a idéia de considerar a data 9/9/99 como uma data inválida, usada apenas para indicar o final da entrada de dados. Hoje este erro parece tão absurdo que a decisão de armazenar o ano com apenas dois dígitos, mas aqueles programadores que criaram tais programas nos anos 60 e 70 não imaginavam que seriam usados durante tanto tempo. É o mesmo sentimento de uma pessoa com 18 anos ao receber sua carteira de motorista, com validade até o ano de 2021. Qual é a primeira coisa que o novo motorista pensa ao ver esta data? “Puxa, 2021, até lá tô morto!”. O fato é que esses programas foram utilizados durante muitos e muitos anos, pelo simples fato de que funcionam bem e executam funções que não precisam ser modificadas ao longo do tempo.

Digamos agora que um banco esteja utilizando um programa com este bug, e entre os dados registrados, um deles seja a data de nascimento, e o valor 9/9/99 seja usado para indicar o final do arquivo ou da entrada de dados. Pessoas nascidas neste dia não poderão ter seus dados registrados pelos programas que contenham este bug. Desta forma, assim como muitos dizem “na passagem para o ano 2000, fique em casa, não use o computador, não telefone, não utilize nada que possa conter o bug…”, o bug de 9/9/99 poderá fazer as pessoas dizerem “não nasçam no dia 9/9/99, deixe para nascer no dia seguinte…” (brincadeira).

O usuário não deve ficar alarmado com este bug. Primeiro porque são poucos os programas que o possuem. Segundo porque as empresas que fizeram correções dos seus programas para o bug do milênio, também fizeram correções para este bug. Terceiro porque mesmo os programas que possuem este bug poderão ser usados após esta data e funcionarão perfeitamente. A coisa não é tão feia assim. Lembre-se que convivemos com bugs o tempo todo, não só aqueles relacionados com datas (por exemplo, falhas gerais de proteção e travamentos), e com um pouco de trabalho dos profissionais responsáveis, os problemas podem ser resolvidos.

Microsoft e a transição para o ano 2000

Para que um computador fique totalmente livre de problemas relacionados com o ano 2000, é preciso que tanto o hardware como o software sejam checados, e se necessário atualizados. A questão do hardware já foi discutida na primeira parte deste artigo e refere-se ao BIOS e ao RTC (veja a discussão da placa SystemMaxx 2000, um dos produtos destinados a corrigir esta incompatibilidade). Quanto ao software, é preciso contactar cada fabricante para verificar se as versões que você possui são compatíveis com o ano 2000 e obter atualizações eventualmente necessárias. Muitos fabricantes colocaram na Internet, informações e atualizações a este respeito, entre eles, a Microsoft.

Informações no site da Microsoft
Acesse www.microsoft.com.br e clique em “Ano 2000”. Você encontrará informações atualizadas sobre compatibilidade com o ano 2000 para cada produto da Microsoft, atualizações e várias outras informações. Nesta página, o centro de recursos sobre o ano 2000, na figura 2, podemos inclusive solicitar o recebimento de um CD de atualização para o ano 2000, como veremos mais adiante.

ART02202

Figura 2 – Centro de recursos sobre o ano 2000

A seção mais interessante desta página é a Guia de Produto. Com ela podemos selecionar um determinado software ou conjunto de softwares, o idioma e o sistema operacional para obter um relatório de compatibilidade. Você poderá assim obter informações relativas à compatibilidade com o ano 2000 para todos os softwares Microsoft que você possui instalados (figura 3). Dependendo do software, a compatibilidade pode ser assegurada em vários níveis. Existem produtos que são totalmente compatíveis com o ano 2000, não necessitando de atualizações. Outros produtos têm a compatibilidade assegurada mediante a instalação de uma atualização (Service Pack). Note que os Service Packs corrigem vários tipos de problemas e acrescentam funcionalidade adicional aos softwares, não apenas corrigem problemas relacionados com o ano 2000. Por exemplo, o Windows 98 segunda edição possui alguns recursos novos e várias correções para diversos problemas, inclusive algumas relativas ao ano 2000.

ART02203

Figura 3 – Pesquisando compatibilidade com o ano 2000 para produtos da Microsoft

Depois de pesquisar o software (ou os softwares) selecionado, é apresentado um relatório bastante detalhado, mostrando inclusive algumas armadilhas, que apesar de não serem consideradas como bug, devem ser conhecidas pelo usuário. Por exemplo, no comando Classificar Tabela do Word, seqüências de caracteres podem ser interpretadas como datas. Quando as datas são indicadas como dois dígitos, valores entre 00 e 29 são interpretados como sendo 2000 a 2029, e não 1900 a 1999. Se a intenção do usuário ao digitar datas como 15/10/25 como sendo de 1925 (por exemplo, uma data de nascimento), e não de 2025, então é preciso corrigir manualmente as datas para usar ano com 4 dígitos. Note que isto não é um bug relacionado com o Word, e sim com a forma usada pelo próprio usuário para representar o ano, usando apenas dois dígitos. O relatório de compatibilidade mostra até mesmo pontos que os usuários devem checar em seus arquivos de dados para solucionar problemas com o bug.

Observe que o maior causador do bug do ano 2000 é o hábito que as pessoas possuem de representar anos com apenas dois dígitos (por exemplo, você fala, “nasci em 72” ou “nasci em 1972”?). Os programas da Microsoft, assim como a maioria dos demais softwares, convertem a data de dois dígitos fornecida pelo usuário para uma representação interna de 4 dígitos. Por exemplo, o ano 72 é automaticamente convertido para 1972. Os aplicativos ficarão desta forma isentos do bug, mas existe um problema sério nesta conversão. Nem sempre os programas podem supor corretamente se deve ser inserido 19 ou 20. O ano 01 é realmente 2001 quando o campo refere-se à data atual, data da próxima ação, etc. Mas como os programas vão saber se este ano refere-se à data de nascimento, e que estamos cadastrando uma pessoa com 98 anos? Neste caso seria preciso armazenar a data internamente como 1901, e não como 2001. Se isto não for feito teremos um erro relacionado com o bug do ano 2000, não por causa do software, mas pelo fato do usuário ter indicado o ano de forma ambígua.

A figura 4 mostra uma parte de uma lista de correções relacionadas com datas que devem ser feitas nos arquivos do usuário, visando escapar de pequenas armadilhas que podem resultar em problemas no ano 2000.

ART02204

Figura 4 – Correções recomendadas nos arquivos do usuário

Também é interessante a seção de perguntas e respostas nesta área do site da Microsoft. O usuário é informado sobre os problemas relacionados com software e hardware, procedimentos a serem tomados e conseqüências possíveis do bug.

CD de atualização

Usuários registrados podem solicitar através desta página no site da Microsoft (www.microsoft.com/brasil/ano2000), o recebimento de um CD-ROM de atualização para corrigir problemas relativos ao ano 2000 nos programas da Microsoft. Trata-se do “Year 2000 Resource CD”. Este CD facilita a vida de quem precisa fazer muitas atualizações em um grande número de computadores. Mesmo assim, os recursos disponíveis no site da Microsoft são mais completos que os existentes neste CD. Este CD também pode ser solicitado gratuitamente pelo telefone 0xx11-822-5764.

ART02205

Figura 5 – CD de atualização da Microsoft para o ano 2000

A primeira coisa a fazer ao utilizar este CD de atualização (figura 5) é usar a opção “Install the Microsoft Year 2000 Product Analyzer”. Ao executarmos este programa, será feita uma checagem em todos os produtos da Microsoft instalados, verificando a compatibilidade de cada um deles com o ano 2000. Terminada a checagem é apresentado um relatório de compatibilidade dos softwares encontrados. De um modo geral, o site da Microsoft é mais atualizado que o CD, portanto o relatório apresentado poderá indicar a necessidade de buscar informações adicionais no site.

O CD possui também as atualizações para o ano 2000 de alguns dos principais softwares da Microsoft: Windows 95, Windows 98, Windows NT 4, Internet Explorer, Office 95 e Office 97. Para os softwares que não possui atualização no CD, o relatório (que usa o formato HTML) apresenta o link para a página do site da Microsoft de onde pode ser feito o download da atualização.

Observe que usamos na figura, a versão em inglês deste CD, pois optamos por divulgá-lo antes da disponibilidade da versão em português. Não instale atualizações com idioma diferente do utilizado originalmente pelo seu software.

O site da Mcaffee

Outro bom centro de informações e correções sobre o ano 2000 é o encontrado no site da McAffee (www.mcaffee.com), a empresa produtora do antivírus VírusScan. Procurar no disco rígido por programas que apresentam o bug do milênio é algo parecido com procurar vírus. Sendo assim, esta empresa desenvolveu um programa que checa o disco rígido para verificar a existência de programas que apresentam o problema. Ao entrar no site, selecione Y2K Center, e chegaremos à plagina da figura 6.

ART02206

Figura 6 – Y2K Center, da Mcaffee

Neste site podemos obter um programa para checar o hardware e outro para o software, além de obter diversas informações sobre o bug do ano 2000 e sobre como obter as atualizações dos programas com problemas.

Placa SystemMaxx 2000

Esta é uma placa que serve para corrigir problemas no BIOS e no RTC relativos ao ano 2000. Recomendamos que os usuários chequem seu hardware usando o programa TIMESHIELD (www.trinitech.com.br), e se necessário, instalar este placa. O processo de instlação é muito simples, não requer procedimentos de software. Basta escolher o endereço que será ocupado pelo seu BIOS (recomendamos C800), através de duas microchaves. Basta realizar o boot no computador e a compatibilidade de hardware com o ano 2000 e outras datas problemáticas estará resolvida. A placa é acompanhada de um disquete com um utilitário para acertar o seu relógio.

ART02207

Placa SystemMaxx 2000

Perguntas de leitores sobre o ano 2000

Ano 2000
Prezado Laercio, tendo visto em usa coluna menção ao software Timeshield para teste da adequabilidade dos micros ao bug do ano 2000, fiz o download do mesmo e o rodei em minha máquina, sendo que ele indicou que o RTC não faz a rolagem de 31/12/1999 para 1/1/2000, e sim para 1/1/1900. Todos os outros testes deram resultados positivos (“passed”). Gostaria que me indicasse qual o melhor procedimento para corrigir o problema. A máquina não precisa ficar ligada na passagem do ano (aliás, normalmente fica desligada à noite, portanto na passagem para qualquer data crítica deve estar desligada).

Resposta:
Se o seu computador não precisa ficar ligado na passagem para o ano 2000 e este é o único teste que falhou, então a única providência que você precisa tomar é acertar o relógio no primeiro dia após a passagem do ano novo, corrigindo a data para 01/01/2000. A partir daí a data será registrada corretamente pelo BIOS e pelo RTC do seu PC. Lembro que o programa TIMESHIELD pode ser obtido em www.trinitech.com.br . Sugiro ainda a todos que dêem uma olhada no site www.mcaffee.com, onde existe uma área dedicada à detecção e resolução de problemas de hardware e software relacionados com o ano 2000.

Relógio do PC volta a 1997
Usei o programa Timeshield. Fiz como indicado e deu certo, só tendo que deixar desligado na passagem do ano. Porém surgiram problemas: o computador não liga mais direto, aperte F1 para continuar. E o relógio desregulou: da a data de 1 de janeiro de l997. Que devo fazer para corrigir isto? No acertar a data e a hora não da certo. Obrigado.

Resposta:
Trata-se de um incidente bastante lamentável. Este programa é oferecido para download no mundo inteiro, já que a Trinitech está representada em diversos países, foi testado por mim em pelo menos um dúzia de PCs e apresentado aos milhares de leitores do jornal O Estado de Minas, não tendo sido reportados problemas semelhantes. Afinal, o acerto do relógio é uma operação inofensiva, da mesma forma como em um relógio de pulso. Acredito que exista um problema no chip RTC do seu computador, problema este que se manifestou com as alterações de datas. O acerto do relógio (data/hora) pelo CMOS Setup deveria resolver o problema (faça isto pelo Setup, e não pelo Windows ou pelo DOS, porque assim você acessa diretamente o hardware). Se não resolver, anote todas as configurações do Setup e desconecte temporariamente a bateria (no manual da sua placa de CPU é indicado o jumper que deve ser usado para esta operação). Ligue novamente a bateria, acerte o relógio e reprograme os dados do Setup.

Ano 2000
Estou perdido com tantas versões sobre o bug. Socorro, por favor. Em 12/98 fundiu o disco rígido do meu computador, um 486DX2-66 de marca Metron que adquiri em 1995. Fiz o upgrade do HD para 3.2 GB, Celeron/300 e placa mãe SX S/V 8 MB com Windows 95 e Office 97 instalados. Sou um contabilista aflito com esse fantasma do bug e preciso saber se estou livre dele. Se não estiver, qual a via menos amarga que tenho para superá-lo?

Resposta:
A primeira coisa a fazer é checar se o BIOS e o RTC da sua placa de CPU são capazes de representar corretamente datas posteriores à virada para o ano 2000. Como sua placa de CPU é nova, provavelmente é compatível, mas para tirar a dúvida, teste-a com o programa TIMESHIELD, obtido gratuitamente em www.trinitech.com.br . O que tenho observado é que a maioria das placas modernas, e mesmo algumas não tão modernas, podem representar corretamente essas datas, tendo apenas dificuldade em registrar corretamente a virada deste ano com o computador ligado. Se for este o caso, não há problema. Basta deixar o computador desligado na virada do ano e ao usá-lo pela primeira vez no ano 2000, fazer o acerto da data.

A segunda etapa é instalar atualizações para os seus softwares que fazem as devidas correções para manter compatibilidade com o ano 2000. Para isto será preciso entrar no site dos fabricantes desses softwares e obter as atualizações. Para o Windows e o Office, você encontrará as atualizações em www.microsoft.com.br . Se você utiliza outros utilitários e aplicativos famosos, terá que fazer as atualizações para eles.

Finalmente, é preciso atualizar os softwares nacionais. Provavelmente você está utilizando vários programas de contabilidade produzidos aqui no Brasil. Contate os fabricantes desses softwares (por exemplo, através do canal de revenda) para obter as atualizações apropriadas. O problema não é tão sério quanto parece, muitos softwares comerciais desenvolvidos em Clipper, por exemplo, para o ambiente DOS, armazenam as datas internamente em 4 dígitos, mesmo que na entrada e saída represente o ano com apenas dois dígitos.

Virada para o ano 2000
Tenho um BIOS Award que terá problemas na virada para o ano 2000. Ele passará a marcar 2094. Tenho como fazer uma atualização deste BIOS? Já procurei na página da Award mas não consegui encontrar. E o Windows 3.11? Tenho que fazer uma atualização para que também não ocorra este problema?

Resposta:
Sugiro que você teste a compatibilidade com o ano 2000 através do programa TIMESHIELD, que pode ser obtido em www.trinitech.com.br . É possível que seu computador tenha o ano alterado de 1999 para 2094, mas que funcione corretamente após o ano ser alterado para 2000. Para fazer atualizações de BIOS, o correto não é procurar o site do fabricante do BIOS, e sim do fabricante da placa de CPU. Faça o download do programa CTBIOS, encontrado na área de DOWNLOAD deste site, para checar qual é o fabricante da sua placa de CPU. Neste site existem também endereços de vários fabricantes de placas de CPU. Uma vez chegando ao site do fabricante da placa de CPU você poderá fazer o download da versão mais atualizada de BIOS específico para a sua placa de CPU. Entretanto tome cuidado, a atualização de BIOS não é uma operação 100% segura. Se por exemplo faltar energia elétrica durante a gravação, o BIOS ficará corrompido e a placa de CPU estará inutilizada. Uma solução totalmente segura (apesar de não ser grátis) é instalar uma placa atualizadora de relógio, como por exemplo a SystemMaxx 2000, obtida em www.trinitech.com.br.

Ano 2000
Trabalho em uma escola de informática onde oriento cursos de Windows e Office. Quais problemas posso ter em relação ao bug do ano 2000? Meus computadores são Pentium MMX/233 com Windows 95.

Resposta:
Primeiro é preciso checar se o seu BIOS e o CMOS serão capazes de registrar corretamente anos superiores a 2000. Você pode checar isto com o programa TIMESHIELD, encontrado em www.trinitech.com.br . É possível que seus computadores registrem corretamente datas a partir de 2000, sendo necessário apenas acertar o relógio após esta passagem. Quanto à compatibilidade e eventuais atualizações para o ano 2000 em relação aos produtos da Microsoft, você encontrará todas as informações necessárias em www.microsoft.com/brasil/ano2000 . Para checar se existem outros softwares no seu computador nos quais ocorrerão problemas com a passagem para o ano 2000, sugiro que você utilize os testes Y2K disponíveis em www.mcaffee.com.