Home » Artigos arquivados » 1999 – Modems, Internet, redes e comunicação (Perguntas e Respostas)

1999 – Modems, Internet, redes e comunicação (Perguntas e Respostas)

1) Conectando dois PCs pela linha telefônica.
Gostaria de saber como posso conectar via telefone o computador de minha casa com o do meu escritório, de maneira a compartilhar os arquivos que tenho em casa, mas são necessários no escritório.
Resposta:
Este tipo de ligação é obtido através da Rede Dial Up. Veja na área de artigos deste site, uma matéria que explica como instalar e utilizar a rede Dial Up.

2) Modem que não se desconecta
Tenho um US Robotics de 28.800 bps interno, que sempre funcionou bem. De repente, ele passou a não mais se desconectar quando eu terminava uma conexão. Terminado meu tempo on-line, eu clicava em Desconectar na caixa de diálogo, mas logo depois quando eu pedia outra conexão, surgia a mensagem “Não existe tom de discagem, verifique se o seu modem está conectado perfeitamente”. Lógico que está, acabei de usá-lo! Com o tempo percebi que eu deveria desconectar o modem, dar alguns segundos de “descanso” e então conectá-lo de novo. Assim consigo minha conexão. Seria problema com o hardware? O que devo fazer?
Resposta:
Tive um problema muito parecido com um modem de marca Cardinal. Ao término da conexão, a linha continuava aberta, e era preciso utilizar o comando Hang Up. Este comando faz o fechamento da linha, exatamente como se o telefone fosse colocado novamente no gancho. Tentei procurar entre os diversos comando AT, um que atuasee sobre o Hang Up, mas não encontrei. Acabei me acostumanto com o problema, bastando usar novamente um comando Hang Up ao término da conexão. Você pode tentar fazer isto, pois se funcionar, pelo menos não precisará fazer uma desconexão física. Depois de um certo tempo, o modem passou a não obedecer nem mesmo ao comando Hang Up. Parecia ser uma espécie de agravamento do problema, A única forma de desconectar era fisicamente, exatamente como você faz. Como o modem funcionava muito bem, exceto por este problema que não consegui solucionar por software, resolvi solucioná-lo por hardware. Usei uma solução que não é a mais elegante, mas foi de rápida implementação e fácil utilização. Usei o botão TURBO do computador para fazer a desconexão manualmente. O botão Turbo atualmente não é mais usado, já que os PCs operam o tempo todo na máxima velocidade, não sendo mais preciso reduzi-la para executar programas antigos.
Comece desconectando o par de fios do botão Turbo na placa de CPU. Você terá então o botão, os dois fios que partem dele, e um conector duplo na sua extremidade. Se com esta desconexão o computador passar a operar em velocidade baixa, coloque na placa de CPU, um jumper ligando os dois pinos onde antes era ligado o conector do botão Turbo. O botão Turbo poderá ter também uma ligação ao display digital. Desfaça esta ligação. Agora acesse o cabo que sai da sua placa de modem e vai até a tomada telefônica. Este cabo possui 4 fios (em alguns casos, pode ter apenas os dois fios centrais). Escolha um dos dois fios centrais e corte a ligação. Para simplificar, digamos que os fios sejam numerados de 1 a 4. Você terá então cortado o fio 2 ou o fio 3. Depois de cortado, este fio terá dois contatos. Cada um deles deve ser ligado a um dos dois fios que partem do Turbo Switch. Para fazer esta ligação será preciso utilizar um par de fios finos, e depois usar fita isolante para proteger as áreas desencapadas. Você pode usar, por exemplo, fio tipo “par trançado”, usado para instalações telefônicas.
Com esta alteração, o botão Turbo irá operar em duas posições. Em uma, a ligação será normal. O modem funcionará, e se existir um telefone ligado na placa de modem, este também funcioanrá. Mantenha o botão Turbo sempre nesta posição. Apenas quando você for realizar um Hang Up, aperte e desaperte o botão Turbo. Esta solução não é elegante, mas é rápida e fácil.

3) Cabo para ligação direta via cabo no Windows 95/98
Instalei a ligação direta via cabo com o assistente de ajuda do Windows 95. Configurei protocolos, servidor e cliente, compartilhamentos de arquivos e impressoras e assim por diante. Quanto ao cabo, primeiro me venderam um que depois vim a saber que era para ligação entre micro e caixa comutadora. Depois outro vendedor jurou ser correto o cabo paralelo pino a pino que estou usando, mas nada de funcionar. O que eu faço?
Resposta:
Para fazer esta conexão, você deve procurar um “cabo de Laplink paralelo”. Este cabo possui nas suas extremidades, conectores DB-25 macho, e as seguintes ligações:
Conector 1 Conector 2
2 15
3 13
4 12
5 10
6 11
15 2
13 3
12 4
10 5
11 6
25 25
Tive dificuldades em encontrar este cabo, resolvi fazê-lo. Comprei um cabo paralelo com conectores DB-25 macho em ambas as extremidades, e as ligações (1-1, 2-2, 3-3, 4-4, …, 25-25). A partir daí, abri os conectores e fiz as ligações como na tabela acima. Funcionou tudo perfeitamente. É possível que o cabo que você comprou possa ser alterado com essas ligações, é só ter um pouco de habilidade e paciência.

4) O problema da parada
Uso o Windows 95 em rede e tenho notado que minha máquina apresenta alguns problemas. Periodicamente, a máquina executa três rápidas paradas de 1 ou 2 segundos, volta a trabalhar normalmente e depois de certo tempo volta a fazer a mesma coisa. Já verifiquei o CMOS Seutp e habilitei o ítem HDD IDE Block Mode e a proteção automática do setor de boot contra vírus. Não sei o que pode estar acontecendo. Outro problema: por que, em um computador com 16 MB de memória, o acesso ao disco rígido é tão freqüente, a luz do disco pisca constantemente, informando que está sendo consultado ou que algo está sendo gravado?
Resposta:
1) As “paradas de cerca de 1 segundo” que aparecem em certos intervalos de tempo podem ser causados por certos componentes de rede que estão indevidamente instalados. Um caso típico é quando é feita a instalação de software para acesso a Internet. A maioria dos usuários tem acesso à Internet através de um modem, também chamado de “Adaptador Dial-Up”. Existem instalações em que a Internet é usada por intermédio de uma rede local. Para acesso via modem, o protocolo TCP/IP opera sobre o adaptador Dial-Up. Para acesso através de rede, o protocolo opera sobre a placa de rede (em geral do tipo NE2000 ou compatível). Quando instalamos o protocolo TCP/IP, o Windows adiciona automaticamente dois componentes de rede:
TCP/IP ==> Adaptador Dial-Up
TCP/IP ==> NE2000
No caso de conexões Internet via modem, o componente “TCP/IP ==> NE2000” não é necessário, e além disso, é o responsável pelas “paradas” como as que você descreve. Verifique através do comando Rede do Painel de Controle quais são os componentes instalados, e remova os desnecessários.
Você não disse se utiliza ou não a Internet, portanto parti da suposição que sim. Mesmo que você não utilize, tente “limpar” os componentes que fazem parte da sua configuração de rede, pois aí pode estar a causa do problema.
2) Os acessos a disco feitos de forma periódica no Windows são normais. Para evitar longos períodos de gravação em disco, o Windows mantem dados a serem gravados em uma cache de disco, localizada na memória, e grava esses dados aos poucos. Você pode confirmar se a causa desses acessos é realmente esta, através do quadro de Propriedades do Sistema. Faça o seguinte:
• Meu Computador – Clique neste ícone com o botão direito do mouse
• Propriedades – Escolha esta opção no menu apresentado
• Seleciona a guia Desempenho
• Clique no botão Sistema de Arquivos
• Selecione a guia Solucionando Problemas
Teremos então um quadro com diversas opções. Marque o quadro “Desativar o cache de gravação anterior para todas as unidades”. Isto deverá diminuir drasticamente o “pisca-pisca” do LED de acesso ao disco rígido, mas fará com que as gravações fiquem mais demoradas. Provavelmente você desejará voltar ao estado original.
É ainda possível que o excesso de atividade seja o resultado de um bug existente no Windows 95 e no 95a (versão original e versão OSR1), no que diz respeito aos parâmetros PathCache e NameCache, quando o PC é configurado como Servidor de Arquivos ou como Sistema Móvel ou de encaixe. Dê uma olhada na seção de dícas deste site, no tópico “Miscelânea de dicas: performance, vírus, etc”. Lá você verá como corrigir o erro da configuração do sistema de arquivos.

5) Placa fax/modem PnP no modo MS-DOS
Possuo um Infoway RTV, com Windows instalado e uma série de problemas com relação à minha placa fax/modem, uma Aztec Itautec 28.8k. O principal problema não está relacionado com o funcionamento dentro do Windows, mas sim no ambiente DOS. No Windows, é usada a IRQ11, que não é aceita por nenhum jogo ou programa de comunicação no DOS. Como posso estabelecer uma configuração padrão para meu modem, já que é PnP?
Resposta:
Para que um modem seja compatível com programas do MS-DOS, é preciso que, antes de mais nada, utilize uma das interrupções: IRQ2, IRQ3, IRQ4, IRQ5 ou IRQ7. Essas interrupções são as disponíveis para placas ISA de 8 bits, como é o caso de praticamente todas as placas de modem. Placas ISA de 16 bits, placas VLB e placas PCI podem utilizar outras IRQs, de 10 em diante (a IRQ9 é na verdade, IRQ2). Se a sua placa de modem é de 8 bits, não poderá funcionar com IRQ11. Mesmo se seja uma placa capaz de usar IRQs superiores, poderá apresentar problemas com programas para MS-DOS, já que a maioria deles só opera com no máximo IRQ7. Tente fazer com que a sua placa passe a utilizar uma IRQ mais baixa. Entre no Gerenciador de Dispositivos (clicar o ícone Meu Computador com o botão direito do mouse e escolher a opção Propriedades, e no quadro apresentado, selecionar a guia Gerenciador de Dispositivos). Descubra qual é a COM utilizada pelo seu modem. Selecione esta COM pelo gerenciador de dispositivos, e a seguir selecione a guia Recursos. Será mostrado um quadro indicando o COM e a IRQ utilizadas. Desmarque o quadro “utilizar configurações automáticas”, selecione o ítem “Requisição de Interrupção” e clique sobre o botão “Alterar Configuração”. Você poderá agora escolher outra IRQ, desde que esteja livre. No mesmo quadro onde você faz este selecionamento, será indicado “nenhum conflito”, caso esta IRQ seja válida. Se o modem for do tipo PnP, bastará realizar um boot para que a nova IRQ passe a ser utilizada. Se for do tipo não PnP, será preciso desligar o computador e retirar a placa para indicar a nova IRQ, através de jumpers. Conectando a placa e ligando o computador, a nova configuração passará a ter efeito.
Observe ainda que em se tratando de uma placa PnP, não ficará ativa no modo MS-DOS. Você deverá utilizar jogos para MS-DOS que necessitam de modem, em uma seção do MS-DOS sob o Windows 9x. Para usá-la no modo MS-DOS, você tem dois caminhos. Um deles é verificar se entre os softwares que acompanham a sua placa fax/modem, existe um dedicado à ativação da placa no modo MS-DOS. O outro caminho é desativar o recurso PnP (caso a sua placa o permita), através do selecionamento manual de COM e IRQ, utilizando jumpers.

6) Erro na conexão direta via cabo
Tenho dois computadores ligados em rede via cabo paralelo. Após ter executado todos os passos necessários para a configuração, recebi de cada computador, uma mensagem de erro. Do Servidor (Host), recebi a mensagem “O computador convidado está operando?”. Do cliente (ou convidado) recebi a mensagem: “Não é possível conectar-se ao computador host”. Fiz todas as verificações e não encontrei nada anormal. O que devo fazer?
Resposta:
Se você fez tudo corretamente, ambos os computadores aguardam a conexão, mas a mesma não ocorre, é muito provável que esteja sendo utilizado o cabo errado. Você deve pedir um “cabo paralelo para Lapkink”. Aqueles que não possuem interfaces paralelas disponíveis podem fazer a ligação através de um cabo serial. O programa “Ligação Direta Via Cabo” aceita ambos os tipos de conexão. No caso de uma ligação serial, você deve procurar um “cabo serial para Laplink”. Esses cabos podem ser encontrados em revendas de informática. Para aqueles que encontram dificuldades em localizar esses cabos, apresento agora seus esquemas.
faq07_01
Cabo Laplink serial
faq07_02
Cabo Laplink paralelo

7) Conectando PCs com o INTELNK e INTERSVR
Tenho dúvidas em relação à conexão via cabo serial. Possuo um notebook 386DX-40 com 4 MB de memória, DOS 5.0, Windows 3.1, e também um Pentium-120 com 16 MB de memória RAM, Windows 95 e DOS 6.2. Gostaria de saber com que software eu posso fazer a conexão, já que no Windows 3.1 não existe nenhum programa com esta finalidade. Já tentei instalar o Windows 95 no notebook, mas ele ficou muito lento. Será que eu deveria usar o INTERSVR.EXE e o INTERLNK.EXE? Esses programas permitem o compartilhamento de arquivos e impressoras? Qual a solução ideal para o meu caso?
Resposta:
Se ambos os PCs operassem com o Windows 95, a melhor forma de ligação seria usar o programa “Ligação Direta Via Cabo”. Como um dos PCs não pode usar o Windows 95 (na verdade pode, mas não seria recomendável, devido aos seus limitados recursos de hardware), uma solução indicada é usar os programas INTERLNK e INTERSVR, ambos encontrados no MS-DOS 6.x. Com eles, o computador cliente (o que executar o INTERLNK) terá acesso aos drives e impressoras do servidor (o que executar o INTERSVR). Note entretanto que durante a conexão, o computador servidor não poderá ser utilizado, ficando dedicado ao acesso pelo cliente. A conexão pode ser feita através de interfaces seriais ou paralelas. Quanto aos cabos necessários, você deve procurá-los em revendas de produtos para informática. Peça por “cabo laplink serial” ou “cabo laplink paralelo”. Na pergunta #6 acima, apresento os esquemas desses cabos.

8) Software para BBS
Gostaria de saber quais são os melhores e mais usados gerenciadores de BBS e onde encontrá-los.
Resposta:
Um dos programas gerenciadores de BBS mais usados é o Remote Access. Você pode encontrá-lo com facilidade na Internet, a partir de sites com programas de shareware. Tente por exemplo, o www.shareware.com.

9) Modem funcionava no Windows 3.11 mas não funciona no Windows 95
Estava utilizando um modem US Robotics Winmodem de 28.800 no Windows 3.11 sem problemas. Após a instalação do Windows 95, não consegui mais configurar o modem, além disso o programa que veio junto com o modem só funciona no Windows 3.11. O que faço?
Resposta:
Na área de artigos deste site você encontrará um que ensina a instalar modems no Windows 95/98. Você poderá usá-lo como referência. Quanto ao software que não funciona no Windows 95, você poderá copiar para o seu disco rígido os arquivos que constam no diretório raiz do CD-ROM “Connections”, que acompanha os atuais modems da US Robotics (será preciso pedir a um colega que tenha comprado um modem mais recentemente). Caso você não possua um drive de CD-ROM, pode fazer esta cópia através de diquetes, pois basta copiar os drivers, que ocupam pouco espaço. Finalmente, resta a opção de obter os drivers no site da 3Com/US Robotics na Internet (veja na área de links).

10) Problemas com a Rede Dial-Up
Tentei configurar meu computador como servidor de rede Dial Up, porém ocorreu um problema na ocasião do acesso. Meu colega conseguiu se conectar ao meu computador, porém não apareceram no computador dele, através do Ambiente de Rede, as pastas compartilhadas que criei. Quando eu ou ele clicávamos em Toda a Rede, era apresentada uma mensagem de erro:
Não é possível encontrar a rede. A rede não está acessível. Para maiores informações veja no índice de ajuda o tópico “Resolução de problemas de rede”.
O que devo fazer para resolver este problema?
Resposta:
Existe um caso de erro muito comum que pode ser o que está ocorrendo com você. Trata-se da definição do “Grupo de Trabalho”. No Painel de Controle, use o comando Rede, e selecione a guia “Identificação”. Preencha o nome do grupo de trabalho, que deve ser o mesmo usado pelo PC do seu amigo. Por default, este campo é preenchido com o nome da empresa à qual pertente o usuário. Lembre-se que durante a instalação do Windows 95, é preguntado o nome do usuário e o da sua empresa ou organização. Quando os PCs que estão sendo ligados pertencem a grupos de trabalho diferentes, é apresentada a mensagem de erro à qual você se refere, sempre que for clicado o ítem “Toda a rede”. Se forem usados nomes iguais para os grupos de trabalho, o problema estará resolvido.

11) Arquivos com mensagens de e-mail
Quais são os arquivos que contém as mensagens enviadas e recebidas pelo Internet Mail?
Resposta:
Os mails enviados e recebidos ficam localizados em arquivos de extensão MBX:
• Caixa de entrada.MBX
• Caixa de saída.MBX
• Ítens enviados.MBX
• Ítens excluídos.MBX.
O diretório onde estão localizados é o C:\MailNews\Internet Mail and News\nome\Mail. Estamos supondo que o Internet Mail and News está instalado no drive C, e que “nome” é o nome do usuário.

12) Preciso reinstalar meu modem
A placa fax/modem do meu computador Infoway foi lançada há um ano, mas os discos de instalação não foram fornecidos. Instalei um scanner que acabou entrando em conflito com o modem. O caminho para recuperar o bom funcionamento foi reinstalar todos os programas com o CD-ROM master, mas como a placa fax/modem tinha sido reinstalada, perdi a configuração original. Como posso resolver o problema?
Resposta:
O procedimento correto é obter junto à Itautec, os drivers para o seu modem. Contate o suporte ao usuário (0800-550020). Você pode também obter drivers pela Internet, em http://www.itautec.com.br. Se mesmo assim você não conseguir obter os drivers, faça a instalação do modem usando o comando Adicionar Novo Hardware no Painel de Controle, e deixe que seja detectado o modelo do seu modem. Use então os drivers que acompanham o Windows 95, pois têm grande chance de funcionarem com o seu modem, apesar de provavelmente não disponibilizarem todos os seus recursos.

13) Dúvidas sobre rede
Tenho algumas dúvidas sobre instalações de redes no Windows 95. Existe alguma limitação no número de PCs que podem ser ligados em uma rede? Qual a distância máxima entre dois computadores? Devo escolher uma placa de rede ISA ou PCI? Qual o melhor tipo de conexão, entre cabos coaxiais ou par trançado/HUB?
Resposta:
Uma rede baseada em placas Ethernet (NE2000 ou compatíveis, por exemplo), usando cabo coaxial fino, pode ter no máximo 180 metros e 30 nós (computadores, impressoras de rede ou outros dispositivos). Esses limites podem ser ultrapassados mediante o uso de repetidores. A distância mínima permitida é de 45 centímetros, e a máxima é de 180 metros (haja cabo…). Não existe diferença considerável entre usar uma placa de rede ISA ou uma PCI, no que diz respeito à performance. A placa PCI leva vantagem porque deixa livre um precioso slot ISA, no qual pode ser feita a instalação de placa de som, modem, etc. É muito comum ao fazer expansões, constatar que não existem slots ISA disponíveis, enquanto vários slots PCI estão vagos.
A conexão do cabo coaxial é vantajosa pois não requer a aquisição de um hub. Por outro lado, quando for necessário remanejar os PCs de uma rede, a ligação via hub tornará as coisas mais simples.

14) Placa Winmodem só funciona no Windows
Possuo um modem US Robotics Winmodem 28800 instalado no Windows 95. Acesso a Internet e demais servicos online atraves dele, mas estou enfrentando problemas quando o programa de comunicacao é para DOS, como o programa para acessar o Videotexto, das companhias telefonicas estaduais. Os programas estão adequadamente configurados com a mesma serial e IRQ dos programas para Windows, mas mesmo assim, eles não reconhecem o modem. Será que isto ocorre por causa do “plug-and-play”?
Resposta:
O US Robotics Winmodem é um produto para ser usado exclusivamente em ambiente Windows (3.x ou 95), e não pode ser usado no MS-DOS. O problema não está relacionado com o fato de ser PnP, já que outros modelos PnP da US Robotics podem ser usados em qualquer ambiente.

15) COM3 ou COM4?
Possuo um micro 386DX-40, com 4MB de RAM HD de 540 MB. Utilizo-o com o Sistema Operacional DOS 6.22. Ha alguns dias notei um fato interessante. Tenho instalada no meu PC uma placa de Modem Zoltrix 14.400 na COM4. Todas as vezes que inicializo o micro, aparece aquela tabela, mostrando a configuração do Micro, e mostrando também o endereço da COM4.Acontece que quando eu rodo o utilitário MSD do DOS, e após, realizo um boot crtl+alt+del, o endereço COM4, não aparce mais na tabela. Gostaria de saber o que esta acontecendo?
Resposta:
Os endereços das portas serias são os seguintes:
COM1: 3F8 a 3FF
COM2: 2F8 a 2FF
COM3: 3E8 a 3EF
COM4: 2E8 a 2EF
Esses endereços são levados em conta nas telas de configuração de hardware, normalmente apresentadas por muitos PCs durante o boot. Ocorre que o MSD não segue esses endereços à risca. Ao invés disso, checa as interfaces seriais presentes, seguindo a ordem 3F8, 2F8, 3E8 e 2E8. À medida que essas portas são detectadas, recebem do MSD, nomes COM1, COM2, COM3 e COM4. Portanto, se durante o boot é acusada a presença de COM1, COM2 e COM4 (nos seus respectivos endereços), o MSD informará que são COM1, COM2 e COM3, ou seja, como não existe COM3, a porta serial existente na placa modem/fax (2E8) foi considerada como COM3. O Windows 3.x também faz este mesmo tipo de troca de nomes. O que importa é que, para qualquer outro tipo de software, sua placa está usando a COM4, mesmo que o MSD a chame de COM3. O que vale é o endereço, e não o nome.
A questão do endereço não aparecer mais na tabela depois que é pressionado Control-Alt-Del, não deveria ocorrer. Algumas interfaces podem não ser reconhecidos quando não são “ressetadas” por hardware (ou seja, com o pressionamento do botão RESET). Desta forma, o Control-Alt-Del pode resultar no não reconhecimento de determinados circuitos, como provavelmente está ocorrendo com o seu modem. Se você está tendo este tipo de problema, acostume-se a pressionar RESET sempre depois do Control-Alt-Del.

16) Som da placa de modem
Tenho uma placa US Robotics Voice e gostaria que trabalhasse em conjunto com a placa de som.
Resposta:
No RapidComm Voice, software que acompanha a sua placa, existe um comando de Setup através do qual os sons captados e reproduzidos podem ser direcionados para o telefone, para a placa de som ou para a placa de modem. Coloque as opções de gravar e reproduzir com a opção “Placa de som”. A qualidade sonora obtida desta forma é realmente melhor que a verificada quando usamos um microfone e caixa de som ligados na placa de modem.

17) Ruído na linha telefônica
Até pouco tempo atrás, conseguia conectar com meu provedor de acesso à Internet a 28.800 bps. Depois de um certo dia, passaram a ocorrer problemas de conexão, e durante as tentativas, o computador do meu provedor desliga. Depois de tentar reinstalar o modem várias vezes, descobrir que ao reduzir a velocidade para 9600, a conexão passou a funcionar. O problema está no meu modem ou na linha telefônica?
Resposta
Existem casos de usuários que não conseguem conexão com a Internet devido a problemas na linha telefônica, ou até mesmo em defeitos na própria central telefônica, com geração de ruídos elétricos excessivos. Você pode confirmar, levado o seu computador à casa de um colega, em outro bairro, e tentando a conexão em 28.800 bps. Se funcionar, significa que o problema está na linha telefônica ou na central, e você deverá então brigar com a companhia telefônica. No Rio de Janeiro, ocorreu um caso parecido, e por intermédio de reclamações na imprensa (O Globo Informática), a Telerj resolveu se mexer e encontrou o problema em uma placa de circuito da central telefônica. Quando a conexão só funciona em velocidades menores, significa que provavelmente existe ruído e interferência, e sugiro que você pesquise o problema nesta direção.

18) Configurando uma rede
Liguei dois computadores equipados com o Windows 95 através de um cabo Ethernet, ligado a placas de rede que foram corretamente instaladas e configuradas. Em ambas as extremidades do cabo, foram instalados terminadores. Usei um software de diagnóstico que acompanha as placas para testá-las, tudo funcionou perfeitamente, e o único teste que apresentou falha foi o que realiza a ligação entre o servidor e a estação. Gostaria de saber como configurar uma rede no Windows 95.
Resposta:
A primeira coisa a fazer é instalar as placas de rede, coisa que você já fez. A seguir, usar o software de diagnóstico que acompanha as placas para testá-las. O teste da ligação entre o servidor e a estação não pode ser realizado neste momento, pois a rede ainda não estava totalmente configurada. Esta configuração é feita através do comando Rede no Painel de Controle. Você encontrará um quadro no qual já está presente o item Adaptador, que provavelmente é do tipo NE2000 ou compatível. A próxima etapa é instalar o protocolo NETBEUI. Use então Adicionar, depois Protocolo, selecione na lista de fabricantes apresentados, a opção Microsoft, e na lista de protocolos, selecione NETBEUI. A próxima etapa é instalar o item Cliente para redes Microsoft. Clique então em Adicionar, depois em Cliente. Selecione a opção Cliente para redes Microsoft. Como última etapa, clique em Adicionar, depois em Serviço, e selecione a opção “Serviço de Compartilhamento de Impressoras e Arquivos em redes Microsoft”. Durante este processo, será apresentado um quadro de identificação, no qual você deve dar um nome ao computador, com o qual será identificado na rede. Terá também que fornecer o nome do “grupo de trabalho”. Pode usar aqui qualquer nome, mas este nome precisa ser o mesmo em ambos os computadores. Depois do próximo boot, a rede já estará ativa. Você precisará agora definir no servidor, quais drives, impressoras e pastas serão compartilhadas, ou seja, acessadas pelo PC cliente. Para isto, basta clicar o item desejado com o botão direito do mouse e escolher a opção Compartilhamento.

19) Rede Microsoft com dois PCs
Possuo 2 (dois) microcomputadores:
1º é um 486, 66Mhz MMX, 16 RAM,
2º é um 486, 66Mhz MMX, 20 RAM,
Vou adquirir mais um Pentium 166Mhz MMX, 32 RAM. Queria interligar os três microcomputadores em rede. Gostaria de saber como devo proceder. Tem algum problema se as placas de rede forem diferentes? (marca, slot) Tenho preferência pelo cabo coaxial. Gostaria que todos fossem terminais inteligentes, não quero possuir um servidor dedicado. Possuo o Windows 95 posso usá-lo como sistema operacional para a minha rede?
Resposta:
Você pode adquirir 3 placas de rede, padrão NE2000. Poderão ser do tipo ISA ou PCI. No caso do Pentium, é melhor usar um modelo PCI, pois desta forma você deixará livre, um precioso slot ISA, que pode ser usado para instalar placas fax/modem, placas de som, interfaces de scanner, etc. É muito comum o caso de usuários que querem instalar placas ISA, e todos os slots ISA estarem ocupados. Já o mesmo não ocorre com slots PCI. Normalmente existem 4 slots PCI, dos quais apenas um é ocupado por uma placa de vídeo. Use portanto no Pentium, uma placa de rede NE2000 PCI. Quanto aos PCs 486, dê preferência também a placas de rede NE2000 PCI, caso estes possuam slots PCI. Note entretanto que PCs 486 produzidos antes de 1995 não possuem slots PCI. Você terá então que usar placas NE2000 ISA. Desde que todas as placas sejam NE2000 compatíveis, podem ser de marcas diferentes. Verifique ainda se todas possuem conector para cabo coaxial. Existem modelos de placas que possuem apenas conector RJ45 (par trançado). Você terá ainda que comprar duas seções de cabo Ethernet e dois terminadores, que ficarão ligados nos PCs das extremidades do cabo. Os conectores em “T”, necessários ao acoplamento das placas de rede no cabo, são normalmente fornecidos juntamente com essas placas. Quanto ao software, você pode usar a Rede Microsoft, que já faz parte do Windows 95. Utilizo esse sistema para ligar os 10 PCs do meu laboratório, e estou plenamente satisfeito quanto às funções de compartilhamento de arquivos e de impressoras. A instalação da rede é feita através do comando Rede no Painel de Controle. Use o comando Adicionar Adaptador, para instalar a placa NE2000, depois use Adicionar Protocolo, para ativar o protocolo NETBEUI, usado pela Rede Microsoft. Use o comando Adicionar Cliente, para instalar o componente Cliente para redes Microsoft, e finalmente, Adicionar Serviço, para instalar o componentes de Compartilhamento de arquivos e impressoras em Redes Microsoft.

20) Upgrade em modem US Robotics
Fizemos recente aquisição na MAX COMPUTER, de um modem da US Robotics de 33.6 com um selo na caixa prometendo upgrade para 56 k. porem a MAX e nem os manuais explicam claramente como isto pode ser realizado, como também não existe telefone de suporte ao cliente no pequeno manual do usuário, ANCHIETA “Manual do usuário, fax modem interno/externo, 14.440/28.800/33.600/56.000, Diversas marcas, U.S. Robotics, Modems Sporster, Modems Sporster Si, Cardinal / Magitronic, versão 1.1”. Solicitamos sua especial atenção no sentido de nos fornecer tais instruções e/ou o atendimento ao cliente da U.S. Robotics no Brasil.
Resposta:
As informações para este upgrade são encontradas em http://www.3com.com/56k . Através da Internet, é feito o download do software que reprograma a memória EEPROM do modem, atualizando-o para 56k, usando o V.90, o novo padrão internacional (finalmente padronizado) para transmissões nesta velocidade. Note que você só irá usufruir desta velocidade se o seu provedor de acesso à Internet também instalar modems para 56k bps, caso contrário seu modem ficará limitado a 33.600 bps.
Caso você não saiba, a US Robotics fundiu-se com o 3COM. Produtos de ambas as empresas possuem suporte aqui no Brasil, através do telefone 011-523-5153. Isto é muito bom, pois muitos representantes de empresas estrangeiras aqui no Brasil, realizam apenas trabalhos comerciais, ficando o suporte a cargo da matriz, o que exige telefonemas internacionais. Mais um ponto positivo para a US Robotics, e mais uma razão para que eu recomende a aquisição dos seus modems.

21) Fax Cover Page
Gostaria de saber por que ao enviar um fax, via computador, sempre tem aparecido a seguinte mensagem: “No cover page or attachments have been selected”. E quando isso acontece o fax não é enviado. E como são mensagens simples não entendo por que é necessário selecionar folha de rosto ou anexos. Em outras circunstâncias em que não aparece essa informação o fax é enviado normalmente.
Resposta:
Em muitos programas de fax, a folha de rosto é a página 1, contendo informações sobre o destinatário e o remetente, e a mensagem propriamente dita fica na segunda página. Em outros casos, a mensagem principal é um anexo (ou attachment), e a folha de rosto contém apenas uma pequena área para colocação do resumo da mensagem, ou ainda mensagens curtas. Experimente configurar o seu programa para enviar a folha de rosto, e você verá que as suas mensagens pequenas ficarão em um quadro localizado na própria folha de rosto.

22) Videoconferência
Estou querendo colocar no meu PC um sistema de videoconferência. Gostaria de saber quais as placas de vídeo com marcas de diversas delas, quais os preços, das mais baratas às mais caras. Meu PC é um Pentium-133 com 32 MB de RAM. Gostaria de saber ainda se uma filmadora de VHS pode ser usada no lugar das câmeras próprias para videoconferência.
Resposta:
Existem sistemas de videoconferência bastante caros, custando na faixa de alguns milhares de dólares, e temo estar esnobando se levar em conta que isto é o que você chama de “caro”. Para mim, e acho que para a maioria dos usuários, um sistema barato é aquele que custa uns 200, talvez 300 dólares, e um caro, algo entre 500 e 1000 dólares. Acima disso, talvez apenas o uso profissional e empresarial justifique o custo.
Para implantar um sistema de videoconferência é preciso uma câmera/microfone, uma placa digitalizadora de vídeo, um modem e software apropriado. Podemos encontrar no mercado, pacotes prontos com todos esses recursos. Um desses pacotes, que faz bastante sucesso, é o Bigpicture, da US Robotics. Seu preço é de $450, nos Estados Unidos. Uma câmera filmadora de VHS pode ser usada, mas os kits para videoconferência em geral já são fornecidos com a câmera apropriada. A placa digitalizadora de vídeo que acompanha este kit é razoavelmente sofisticada, e pode operar não apenas com videoconferência, mas também com digitalização de vídeo, captado através da câmera ou de VCR. Os dados envolvidos na videoconferência podem trafegar através de uma ligação telefônica normal, ou então através da Internet. Com ligação telefônica direta, a qualidade da imagem é menor, porém o custo da ligação é elevado, no caso de chamadas interurbanas ou internacionais. O software que acompanha este kit é o VDOPhone, próprio para videoconferência. Outros softwares podem ser usados também, como o Microsoft Netmeeting. Você pode encontrar maiores informações sobre este kit em http://www.3com.com .
Outro pacote de videoconferência bastante popular é o Connectix QuickCam. Sua câmera tem uma característica interessante. Ao invés de produzir imagens em vídeo NTSC, possui uma conexão direta para a porta paralela do PC. Desta forma não é preciso usar uma placa digitalizadora de vídeo. A digitalização é feita pela própria câmera. A qualidade da imagem não é tão boa quanto a obtida por outros sistemas mais caros. O preço deste equipamento varia entre 200 e 300 dólares. Você pode encontrar informações detalhadas em http://www.connectix.com .
Seu computador tem capacidade e velocidade suficientes para uso em videoconferência. A maioria dos sistemas atuais apresenta como requisito mínimo, um Pentium-75 com 16 MB de RAM.

23) Lentidão na Internet: causas possíveis
Tenho um computador Pentium 233 MMX com 32 MB de RAM, placa fax/modem de 33.600 bps e acesso à Internet por meio de um provedor local (Netline). Quando me conecto à Internet e tento abrir alguma home page, chego a esperar 2 ou 3 minutos por uma resposta. Igual demora às vezes ocorre quando simplesmente tento retornar à página anterior. Atualmente estou utilizando como browser padrão o Netscape Communicator 4.03, e quando troco pelo Internet Explorer 3.0 sinto um leve incremento na velocidade de aceso, mas mesmo assim levo em média mais de um minuto para abrir uma página. Para se ter uma idéia, o download do programa para declaração de Imposto de Renda levou cerca de 35 minutos para ser aberto na minha máquina, mesmo o computador informando uma conexão a 33.600 bps. Um amigo me informou que em 6 minutos efetuou a mesma tarefa. A instalação dos programas foi efetuada por um técnico da própria empresa há pouco mais de uma semana. O que eu gostaria de saber é se a velocidade de resposta da Internet está relacionada com a capacidade do provedor, e se assim a tamanha lentidão está explicada. Ou será que a demora narrada pode estar relacionada com o meu computador? Ainda existe alguma relação na troca de browser e o pequeno aumento na velocidade de acesso, ou seja, o Internet Explorer 3.0 é mais ágil que o Netscape Communicator?
Resposta:
Não acredito que o problema de lentidão seja por culpa do seu computador, bastante veloz e com uma generosa quantidade de memória. A placa fax/modem também parece estar corretamente instalada, informando a conexão a 33.600 bps. Quando existem problemas de lentidão na Internet, as causas mais comuns são: (A) linha telefônica problemática; (B) provedor de acesso congestionado, e (C) Internet congestionada.
Quando uma linha telefônica é muito ruidosa, ocorrem muitos erros nos dados. A placa fax/modem pede automaticamente a retransmissão dos dados com erro, até que sejam finalmente recebidos sem erro. Uma forma de confirmar se este é realmente o caso, é levar o computador à casa de um colega que já esteja acostumado a fazer conexões com maior velocidade. Se neste local, usando esta linha, a sua conexão for boa, significa que a sua linha telefônica está com problemas, o que dificilmente terá solução. Às vezes a queda de qualidade na linha é causada por outros aparelhos telefônicos ligados como extensão. Se for este o caso, experimente desconectar todos os telefones da linha quando for fazer a conexão. Se funcionar, considere-se sortudo. Se o problema não for causado pelas extensões, você ficará nas mãos da companhia telefônica. Uma forma de tentar conviver melhor com as linhas problemáticas é reduzir a velocidade do modem. Mais vale um modem de 19.200 bps operando sem erros, que um modem de 33.600 afetado por excesso de erros. Não significa que você deve trocar o seu modem, apenas fazer com que se conecte a uma velocidade mais baixa. Clique em Meu Computador, depois em Acesso à Rede Dial-Up. Clique o ícone que representa a sua conexão, com o botão direito do mouse, e no menu apresentado, escolha a opção Propriedades. No quadro que será apresentado, clique no botão Configurar. Onde aparecer indicado Velocidade Máxima, escolha a opção 19200, e marque o quadro Conectar somente nesta velocidade. Com uma taxa mais baixa, o modem ficará menos sensível a ruídos, e apresentará melhor resultado.
É provável que a lentidão esteja sendo causada por congestionamento na Internet. Eu mesmo consigo excelentes conexões através do meu provedor, desde manhã cedo, até aproximadamente 5 da tarde. Depois disso, os acessos são cada vez mais lentos. No horário entre 7 e 11 da noite, nem me atrevo a usar a Internet, completamente congestionada, mesmo que o provedor de acesso tenha capacidade de sobra. Você pode confirmar se o problema é esse, tentando uma conexão bem cedo, digamos, 5 da manhã. Se o acesso estiver normal, seu problema é realmente o congestionamento, que depende em parte do provedor de acesso, e em parte da própria Internet. Provedores congestionados tendem a fornecer acessos lentos, dentro e fora do horário pior para acessar a Internet, que é de 18:00 às 24:00. Para confirmar, peça emprestada a conta de um colega, e tente ligar para o provedor dele, em horários fora de faixa de 18:00 às 24:00. Se com o provedor dele, o acesso for mais veloz, aconselho a procurar outro provedor.
O uso de um browser diferente não irá ajudar muito, apesar de diferentes browsers terem comportamentos diferentes no que diz respeito ao uso do computador e do acesso a disco, resultando em mínimas diferenças de desempenho.

24) Como instalar um modem?
Como devo fazer para instalar e configurar um modem?
Resposta:
Vamos apresentar a instalação de uma placa fax/modem (modem interno), já que os modems externos são usados em escala muito menor. O método de instalação dependerá do tipo de modem, se é PnP (Plug and Play) ou não. Vejamos o processo PnP, já que todos os modems modernos seguem este padrão. Comece verificando se tanto a COM1 como a COM2 do seu PC estão habilitadas no CMOS Setup, e presentes no Gerenciador de Dispositivos (estamos supondo que você usa o Windows 95, mas o método se aplica também ao Windows 98). Provavelmente o seu mouse está ligado na COM1, e a COM2 está livre. É bom deixar a COM2 disponível, pois é muito provável que você vai um dia usá-la para conectar outros equipamentos, como câmeras digitais, Tablet (uma espécie de caneta eletrônica), ou mesmo para conectar dois PCs. Verifique ainda no Gerenciador de Dispositivos se existe uma interrupção livre para ser ocupada pelo modem. Se IRQ5, IRQ7 ou IRQ9, uma dessas estiver livre, poderá ser usada pelo modem. Se nenhuma delas estiver livre, tente fazer um remanejamento, deslocando a IRQ usada para que passe a empregar IRQ10, 11, 12 ou 15 (a que estiver livre). Em geral, placas de som usam a IRQ5, e isto pode ser remanejado, através do Gerenciador de Dispositivos. Se com tudo isso você não conseguir uma IRQ livre, a solução será desabilitar, através do CMOS Setup, a COM2. O modem será então instalado como COM2, e usará a IRQ3. Parece complicado, mas esses cuidados são importantes para evitar conflitos, mesmo que a placa seja Plug and Play.
Você poderá agora desligar o computador, conectar a placa fax/modem, e ligá-lo. Normalmente a placa fax/modem será automaticamente detectada. Se isto não ocorrer, use o comando Adicionar novo hardware no Painel de Controle. De uma forma ou de outra, chegará o momento em que será perguntado o disco no qual está localizado o driver fornecido pelo fabricante. No caso de modems modernos, você deverá inserir o disquete ou o CD-ROM que o acompanha. Modems mais antigos, da época do Windows 3.x, podem usar o driver padrão Windows. Nesse caso é preciso fornecer o nome do fabricante e o modelo do modem.
O modem estará então instalado. Pode conectá-lo na linha telefônica, através de uma extensão RJ-11 que o acompanha.
A instalação de modems que não são Plug and Play é parecida. A diferença é que será preciso configurá-lo através de seus jumpers. Será preciso indicar qual é o seu endereço (COM1, COM2, COM3 ou COM4), e qual é a IRQ utilizada. Uma boa opção é usar COM3 / IRQ9, caso estejam livres. Este tipo de modem não é detectado de forma automática. Será preciso usar duas vezes o comando Adicionar Novo Hardware no Painel de Controle. Primeiro indicamos a presença da nova porta serial (COM3 / IRQ9, por exemplo). Terminada esta etapa, usamos uma segunda vez o comando Adicionar Novo Hardware para indicar a presença do modem. Podemos usar o disco com o driver do fabricante, caso seja próprio para Windows 95. Se não for, podemos usar um driver padrão Windows, indicando a marca e o modelo do modem. Através do comando Modems do Painel de Controle, usamos o botão Propriedades de Discagem para indicar se a mesma será feita por tons (default) ou por pulsos.
Está então quase terminada a instalação do modem. Você poderá testá-lo, por exemplo, com o programa Hyperterminal (Iniciar/Programas/Acessórios/Hyperterminal), fazendo a ligação para um BBS local. Instale agora o software gerenciador de fax que acompanha o seu modem (Quick Link, RapidComm, etc), e teste a transmissão e recepção de fax. Instale agora o seu navegador predileto (Explorer ou Navigator), e programe o modem para discar para a Internet, usando as instruções fornecidas pelo seu provedor de acesso (essas instruções diferem um pouco de um provedor para outro).

25) Ligação interurbana com o RapidComm
Tenho um programa chamado RapidComm Voice que serve para fazer ligações diretas pelo computador. Como eu faço uma ligação para outra capital ou estado do Brasil (onde coloco o DDD)? Meu computador tem multimídia e já está ligado à linha telefônica.
Resposta:
Você pode colocar o DDD junto com o número do telefone. Para ligar, por exemplo, para 222-1234, no Rio de Janeiro (021), preencha o número do telefone com 021-222-1234. Você pode utilizar traços (-) para separar os números, estes não terão influência na discagem, apenas facilitam a visualização.

26) Phone Blaster
Tenho uma placa de som PHONEBLASTER da Creative Labs onde a placa de som é integrada à placa de modem. O problema é que a placa de modem é de 14400 bps e desejo trocá-la por uma mais veloz. Como devo proceder, já que não posso remover essa placa sem remover também a placa de som?
Resposta:
Normalmente placas que possuem várias interfaces independentes possuem jumpers para habilitar ou desabilitar de forma independente, cada uma delas. A Phone Blaster não possui tais jumpers, e nem a Creative Labs informa no seu site, como fazer a desabilitação que você quer. Mesmo assim, vou dar a solução que eu usaria, e provavelmente vai resolver o seu problema. Primeiramente, você encontrará vários jumpers que servem para indicar qual é a IRQ a ser usada pelos circuitos de áudio, pela interface IDE e pelo modem. O modem pode usar as interrupções 3, 4, 10 ou 11, dependendo de como o seu jumper estiver posicionado. Retire este jumper, deixando assim a interrupção livre. Vá agora ao Gerenciador de Dispositivos do Windows 95 (clique Meu Computador com o botão direito do mouse e no menu apresentado, escolha a opção Propriedades, e a seguir selecione a guia Gerenciador de Dispositivos). Na lista de dispositivos apresentada, procure o modem, e aplique-lhe um clique duplo. Será apresentado um quadro de propriedades. Desmarque o quadro com a indicação “Configuração original”, como mostra a figura. Depois disso, o modem da PhoneBlaster continuará presente, porém ficará inativo. Não irá atrapalhar o outro modem que você instalar. O modem da PhoneBlaster provavelmente está instalado como COM3, que é a sua configuração default. Você poderá então instalar o novo modem usando a COM4.

27) WS_FTP
Como funciona o WS_FTP?
Resposta:
O WS_FTP é um programa usado para transferir arquivos entre PCs e servidores Web, através do protocolo FTP (File Transfer Protocol). Esta é uma boa forma de enviar para o servidor, o conteúdo de uma Home Page. É um programa de shareware, e pode ser obtido a partir dos sites da maioria dos provedores de acesso. Se o seu provedor de acesso não possui este programa, pode obtê-lo em outro provedor, como por exemplo, http://www.mtecnec.com.br . Ao usar o WS_FTP pela primeira vez, é preciso configurar algumas informações: endereço do servidor FTP, nome do usuário, senha, etc. Quando você se cadastra em um provedor para instalar uma Home Page, será preciso que este provedor entregue para você, uma conta especial para uso do FTP (username e password). O provedor também deverá informar a você, como preencher os campos de Setup do WS_FTP.
Uma vez configurado o WS_FTP, inicie uma conexão com o seu provedor. Não precisa executar o Microsoft Internet Explorer nem o Netscape Navigator, nem outro browser. Basta executar o WS_FTP. Será então estabelecida a conexão com o seu servidor FTP. Não confunda provedor de acesso com servidor FTP. Muitas vezes, o servidor está no seu próprio provedor, mas nem sempre isso acontece. Você pode acessar a Internet por um provedor local, mas hospedar a sua Home Page em um servidor diverso, até mesmo em outro país.
O programa mostrará uma janela com duas listas, uma de arquivos no PC local, e outra dos arquivos no servidor. A partir daí, você pode utilizar os seus diversos comandos de transferência. Por exemplo, selecionar no servidor, o diretório que receberá os arquivos, selecionar no PC local, o diretório onde estão os arquivos a serem transferidos, marcar com o mouse os arquivos a serem transferidos, clicá-los com o botão direito do mouse e no menu apresentado, escolher a opção Transferir. Estará atualizada a sua Home Page.
faq07_03

28) DATA BITS
Sou professor de montagem e manutenção de micro computadores em um curso aqui da cidade, uso os seus livros como guia de aula. Quando chegamos na parte de comunicação serial e paralela enfatizamos os protocolos de comunicação serial. Dentre eles PARIDADE, START AND STOP BITS e BAUD RATE. Mas não consigo explicar o que significa o DATA BITS. Você poderia me ajudar?
Resposta:
O parâmetro DATA BITS indica o número de bits que compõem cada byte. Um byte na verdade é um grupo de bits, podendo usar 5, 6, 7 ou 8 bits. Normalmente os bytes são formados por 8 bits, mas em computadores antigos, onde eram usados códigos de comunicação diferentes (por exemplo, o BCL, usado nos computadores de grande porte da Burroughs, atual Unisys, usava 6 bits). No mundo dos PCs, são sempre usados bytes de 8 bits, em todos os tipos de transmissão. As UARTs (circuitos que compõem as interfaces seriais) podem ser programadas para operar com bytes de 5, 6, 7 ou 8 bits. Este é portanto o parâmetro DATA BITS ao qual você se refere.

29) Upgrade para V.90
Tenho um modem US Robotics de 33.600 bps e gostaria de saber como fazer um upgrade para 56K, com padrão V90. Gostaria também de uma indicação para gravadores de CD.
Resposta:
O V-90 é o novo padrão internacional para modems de 56k bps, finalmente aprovado no início de 1998. Antes disso, existiam dois padrões propostos. Os modems da US Robotics até então usavam a tecnologia X2. Como o padrão não havia sido estabelecido, a maioria dos provedores de acesso à Internet não adotaram esses novos modems, ficando limitados aos modelos de 33.600 bps. Depois que o V-90 foi estabelecido, os provedores estão lentamente instalando esses novos modems. Para que você possa fazer este upgrade, será preciso verificar se o seu modem suporta operar em 56k bps. Durante 1996 e 1997 foram vendidos muitos modems de 33.600 bps, e muitos também com esta velocidade, mas com a indicação “upgradeable to 56k”. Se este é o caso, o seu modem já possui circuitos capazes de operar em 56k bps, bastando apenas atualizar o seu firmware (ou se preferirem, o seu “BIOS”). Para maiores informações sobre este upgrade, você deve acessar a página da US Robotics (que foi na verdade comprada pela 3COM), em:
http://www.3com.com/56k
Quanto aos gravadores de CD-ROM, sugiro que você procure os modelos mais novos, capazes de operar com gravações de até 4X. Esses modelos tendem a apresentar menos problemas de compatibilidade nos CDs gerados, como ocorria nos antigos modelos 1X e 2X. Evite aqueles que são conectados na porta paralela. Todos os dias recebo mensagens relatando problemas relacionados com conexões de ZIP Drive, scanners, gravadores e outros dispositivos na porta paralela. Dê preferência a um modelo que seja acompanhado da sua própria placa de interface (em geral SCSI). O software para gravação de CDs, inclusive musicais, é fornecido juntamente com o gravador.

30) Upgrade para 56k
Tenho um modem Megahertz XJ 4336. Sei que a US Robotics foi comprada pela 3COM, mas minha dúvida é a seguinte: Este modem tem velocidade atual de 33.600 bps, mas posso atualizá-lo por software para 56k? Por favor, não me mande para a página da 3COM, lá fiquei todo confuso e perdido para enviar esta dúvida. Gostaria de ouvir de vocês a resposta e caso seja positivo, como consigo o software para atualização.
Resposta:
Apenas os modems vendidos como sendo “56k upgradeable” permitem ser convertidos para 56k. Para modems da 3COM, US Robotics e Megahertz, as informações para atualização são encontradas em http://www.3com.com/56k. Lá você deve clicar em “How to Upgrade”. Na tela seguinte, selecione a marca do seu modem. Será apresentada uma lista com os modelos de modems que permitem expansão, no caso do fabricante escolhido. O seu modelo de modem não consta na lista dos modelos da Megahertz que permitem expansão. Trata-se realmente de um modelo de 33.600 bps. Toda essa estória de upgrade para 56k não se deve apenas ao uso de um software para aumentar a velocidade. Os modems que permitem este recurso realmente são modems de 56k bps, com hardware para tal (o que não existe nos modelos de 33600 bps e anteriores). A questão do upgrade deve-se ao fato de que durante muito tempo não havia sido estabelecido o protocolo padrão para comunicação nesta velocidade. Os fabricantes tinham o hardware mas não tinham o protocolo estabelecido. Para poder vender seus modems, os fabricantes resolveram incluir uma memória ROM reprogramável (Flash ROM ou EEPROM), na qual seria gravado o protocolo definitivo. No início de 98, finalmente foi estabelecido o padrão V-90 para a velocidade de 56k bps, e agora todos os fabricantes de modems que ofereceram modelos de 56k podem oferecer também, através da Internet, o software que reprograma o modem com o novo protocolo. Tudo bastante lógico, mas graças a essa estória de upgrade para 56k, muitos usuários de modems de 28.800 bps e 33.600 bps pensam que seus modems também podem ser convertidos para 56k, coisa que não ocorre.

31) Modem de 56k bps
Tenho um Pentium-200 MMX com 32 MB de EDO DRAM com uma placa fax/modem Wisecom de 56k que comprei recentemente, na qual está o problema. O modem utiliza o chip da Rockwell e tecnologia k56flex. Já instalei os drivers corretos que acompanham a placa e nada adiantou. Eu uso o provedor SBT Online de Baurú.
Resposta:
Antes da criação do padrão V90 para modems de 56k bps, existiam dois padrões: o X2 e o k56flex. A existência de dois padrões atrasou bastante a adoção de modems de 56k pelos provedores de acesso à Internet. Alguns raros provedores apostaram em um dos padrões, mas foram muito poucos. Só agora com a adoção do V90 os provedores de acesso estão substituindo seus modems por modelos de 56k. Para aqueles que ainda não compraram seus modems de 56k, deve ser exigido o padrão V90. Para aqueles que já os compraram, podem fazer atualização do firmware através da Internet, compatibilizando seus modems com o padrão V90. No caso do seu modem, o endereço a ser acessado para obter o software que faz a atualização é:
http://www.wisecominc.com
Também é necessário que você consulte o seu provedor de acesso, para checar se realmente oferece linhas com modems de 56k, e qual é o padrão utilizado. Leve em conta ainda que nem todas as linhas telefônicas suportam operar nesta velocidade.
O comércio ainda possui alguns modems anteriores ao lançamento do V90. Não é aconselhável comprá-los, a menos que seja oferecido um roteiro para atualização para V90 através da Internet. Para quem não quer ter dores de cabeça, a melhor coisa a fazer é comprar um modelo já programado com o V90. Para quem já comprou modems de 56k que não seguem o padrão V90, a solução é a atualização através da Internet.

32) Conexão por cabo paralelo
Tenho um notebook equipado com o 486DX-40, 12 MB de RAM e HD de 1 GB, porta paralela configurada como ECP. Tenho ainda um Pentium-233 com 64 MB de RAM, porta paralela também configurada como ECP. Estou tentando conectas esses dois PCs através de cabo, mas não consigo. Já tentei usar o Laplink, Interlink/Interserv, Conexão direta via cabo do Windows 95, e também pelo PC Anywhere. Já troquei também de cabo e não tive sucesso. Ouvi dizer que esses BIOS têm um comando para habilitar este tipo de transmissão, como devo proceder?
Resposta:
Os programas Laplink, Interlink/Interserv e Conexão direta via cabo do Windows 95 (não sei se é também o caso do PC Anywhere) operam todos com o mesmo tipo de cabo, que é o “cabo laplink paralelo”. Tome cuidado, pois algumas lojas vendem simplesmente um cabo de extensão paralelo, que não serve para esta conexão. Procure nas lojas que vendem cabos da DATASET por um “cabo laplink paralelo”. Exija que esteja escrito “Laplink” no produto, assim você terá certeza de que é o cabo correto. Observe ainda que esses cabos não suportam a transferência de dados no modo ECP. Você precisará configurar as portas paralelas de ambos os PCs para operarem no modo SPP (on Standard, ou Nibble, ou Compatible). Isto é feito através do comando Peripheral Configuration do CMOS Setup. No Windows 95, também é preciso usar o Gerenciador de dispositivos para remover a porta ECP. Use a seguir o comando Adicionar novo hardware, e mande que detecte novamente a porta paralela, que desta vez aparecerá simplesmente como “Porta padrão de impressora”.

33) Winfax Pro
Gostaria que vocês me indicassem um programa para transmissão e recepção de fax. Trabalho com representações comerciais.
Resposta:
A sua placa fax/modem já é acompanhada de um programa desses, mas provavelmente está em inglês. Você pode entretanto adquirir o Winfax Pro, um excelente programa que atenderá suas necessidades, e pode ser obtido na versão em português.

34) Senha do Supervisor de Conteúdo
Utilizava o Internet Explorer 3.0, e no item Internet do Painel de Controle, ativei uma senha para o Supervisor de conteúdo. Há alguns dias, desinstalei o Explorer 3.0 e instalei o Explorer 4.0. Ao voltar para o Supervisor de Conteúdo, é pedida a senha, mas a esqueci. Desinstalei o Explorer e instalei-o novamente, mas o pedido de senha continua lá. Existe alguma forma de desabilitar esta senha?
Resposta:
O Supervisor de Conteúdo é um comando do Microsoft Internet Explorer através do qual podemos bloquear o acesso a determinados sites, o que é útil, por exemplo, para evitar ou pelo menos dificultar o acesso de crianças a sites impróprios para menores. Este comando está disponível diretamente no Internet Explorer (Exibir/Opções/Segurança), ou então através do comando Internet no Painel de Controle. O problema é que as configurações definidas nele continuam válidas mesmo que seja instalada uma nova versão. A senha, por exemplo, é armazenada no Registro. Não adianta portanto desinstalar o Explorer, apagar o diretório e repetir a sua instalação. Para remover a senha, execute o REGEDIT e acesse a seguinte chave:
Hkey_local_machine\Software\Microsoft\Windows\Current Version\Policies\Ratings
Na parte direita da tela, haverá um elemento chamado KEY. Delete-o e saia do REGEDIT. Agora inicie o Internet Explorer e use o comando Exibir/Opções, e selecione a guia Segurança. Clique sobre o botão “Desativar Classificação”, e será pedida uma nova senha, já que a antiga estará desabilitada. Procure não esquecer a senha desta vez!
Obs: Se você não sabe usar o REGEDIT, consulte meu artigo explicativo, na área de ARTIGOS deste site.

35) Não navega
Eu estava utilizando o Explorer 2.0, mas deu um problema no computador e tive que reinstalá-lo, e agora não quer navegar, pois demora muito e não navega. Gostaria de saber como fazê-lo navegar novamente! Este mesmo problema acontece também com o Netscape 3.0.
Resposta:
Se com ambos os navegadores o problema ocorre, então provavelmente a culpa não é dos navegadores. O problema pode estar na instalação/configuração de hardware do seu modem, ou então na configuração da Rede Dial-Up para acesso à Internet. Antes de entrar no navegador, você obviamente faz a discagem, fornece username e password. Apesar da conexão estar estabelecida, alguma coisa está errada. Existem diferenças nos modos de configuração da Rede Dial-Up para conexão com a Internet, dependendo do provedor de acesso. Sugiro que você consulte as instruções de configuração que o seu provedor de acesso fornece. Ainda assim, não descarto a possibilidade do problema estar na configuração do seu modem. Se o problema que ocorreu no seu computador que o obrigou a reinstalar o Internet Explorer estiver relacionado com hardware, é possível que o modem esteja com problemas.

36) Discagem de modem em PABX
Tenho uma placa de fax modem USRobotics 33.6 Sportster voice e fax, pois a mesma não funciona com PABX, configuro para discar o zero e a vírgula e nada só funciona com linha direta. E já conheço outros casos semelhantes, será que tem algum macete?
Resposta:
Para fazer o modem discar 0, ganhando acesso a uma linha externa em uma central KS ou PABX, basta selecionar Modem no Painel de Controle e clicar em Propriedades de discagem. No quadro apresentado, existirá um campo para indicar o que deve ser discado. Preencha W0W (aguarda linha da central, disca 0 e aguarda linha externa). Preencha ainda os campos “Código da cidade” (DDD) e “Estou em” (país). Nas conexões com a Internet, esta configuração será entretanto ignorada. Para ativá-la, clique em Meu Computador, Acesso à Rede Dial-Up. Clique a conexão desajada com o botão direito do mouse e escolha a opção Propriedades. Marque a opção “Usar códigos e país e cidade”. Indique também o código de DDD e o país. Note que isto não fará com que os códigos do país e cidade sejam usados na discagem, mas habilitará o uso do valor programado no campo “Para acessar linha externa” (W0W).

37) Lentidão na rede
Gostaria de saber porque minha rede de PCs está lenta e como fazer para aumentar sua velocidade. Quando por exemplo, abro programas com AutoCad e mando imprimir, ou então quando clico pela primeira vez aquela barra que aumenta a fonte do texto no Word.
Resposta:
O desempenho de uma rede depende principalmente de três fatores: velocidade do PC cliente, velocidade do PC servidor, e taxa de transferência da rede. Redes que utilizam placas Ethernet (NE2000, por exemplo) apresentam índices de desempenho que variam entre 250 kB/s e 500 kB/s (a velocidade teórica, ao longo do cabo, é 1,25 MB/s, mas quando levamos em conta o percurso completo seguido pelos dados, o resultado é bastante inferior). Quando os discos rígidos desses computadores são muito velozes e a rede está com pouco uso, esta velocidade pode ser um pouco maior, aproximando-se de 1 MB/s. Confirme como está a taxa de transferência de sua rede, fazendo a cópia de um arquivo grande do servidor para o seu PC. Divida o tamanho do arquivo (em kB) pelo tempo de transferência (em segundos) e verifique a taxa obtida. Mesmo nos PCs mais lentos, nunca observei resultados inferiores a 150 kB/s (cliente 386DX-40 com HD de 200 MB, servidor 486DX4-100 com HD SCSI de 1 GB). Se a taxa for menor ainda, é possível que estejam ocorrendo erros físicos na rede. Verifique os seus cabos e conectores, às vezes uma oxidação pode causar problemas. Normalmente nos disquetes que acompanham as placas de rede é fornecido um software que faz o monitoramento da taxa de erros. Você pode então confirmar se as retransmissões decorrentes desses erros são a causa da lentidão.

38) Mensagens e catálogo do Explorer
Gostaria de saber de quais arquivos devo fazer backup referente ao livro de catálogos do Internet Explorer e das pastas de entrada e saída e itens enviados, para poder recuperar caso meu computador se quebre.
Resposta:
As mensagens ficam na pasta:
C:\Arquivos de Programas\Internet Mail and News\Alexandre\Mail
Estamos aqui supondo que o nome do usuário registrado no Windows é Alexandre. Quando um computador possui vários usuários registrados, cada um possui um diretório com o seu nome, no qual são mantidas as mensagens. Copie todos os arquivos desta pasta para um disquete, e suas mensagens estarão a salvo. O catálogo é o arquivo C:\WINDOWS\Alexandre.WAB (existirão outros arquivos caso existam outros usuários). Se ocorrer uma pane no seu computador e você precisar instalar tudo novamente, copie esses arquivos para seus locais originais e você terá recuperado as mensagens o o catálogo.

39) Endereços quentes
Como posso conseguir bons endereços da Internet para fazer uma “viagem virtual”.
Resposta:
Os sites de busca normalmente trazem índices com milhares de sites que tratam sobre os mais diversos assuntos. Alguns sites de busca famosos são:
Site Endereço na Internet
Cadê http://www.cade.com.br

Altavista http://altavista.digital.com

Yahoo http://www.yahoo.com

Excite http://www.excite.com

Cnet http://www.cnet.com

Search http://www.search.com

Lycos http://www.lycos.com

HotBot http://www.hotbot.com

Infoseek http://www.infoseek.com

Recomendo ainda alguns sites que apresentam listas como “os sites mais acessados”. Indico então dois deles:
http://www.web21.com
http://www.4internet.com

40) Internet e vírus
Estou começando agora com Internet. Gostaria de saber os riscos de como se pega vírus e “arquivos ruins” pela Internet e como se prevenir. Vou fazer um download. Como sei antes de realizar esse download, se o arquivo está contaminado por vírus? Baixei um Anti-vírus da Internet. Vou instalá-lo. Antes gostaria de saber se ele próprio já está contaminado por vírus. Como sei?
Resposta:
O risco de contaminação pode ser maior ou menor, dependendo do local de onde é feito o download. Por exemplo, arquivos oferecidos por grandes empresas, como Microsoft, Intel, Adobe, Symantec, fabricantes em geral, dificilmente podem conter vírus. Esses arquivos são gerados pelos próprios fabricantes, em sistemas com bastante segurança. Existem entretanto exceções, e nunca podemos ficar 100% seguros. Há alguns anos atrás, uma grande empresa colocou na Internet uma versão beta de um certo software, com vírus. Um dos programadores que trabalhou no projeto fez pequenos ajustes finais usando o computador de sua casa, e nesta passagem o software foi contaminado. Talvez evitar o uso de versões beta seja uma forma de reduzir o risco.
Além de arquivos contaminados por vírus, podemos também receber arquivos com problemas causados por erros de recepção. Isto é difícil ocorrer, mas a possibilidade não deve ser totalmente descartada. Felizmente, os arquivos são enviados em geral na forma compactada, usando o formato ZIP, ou então algum formato auto-descompactável. Quando um desses arquivos é instalado, é apresentada uma mensagem de erro indicando que o mesmo está danificado. Você deverá neste caso repetir o download.
Para ficar seguro contra ataques de vírus, instale um escudo anti-vírus no seu computador. Esses programas checam automaticamente a presença de vírus em arquivos copiados ou executados. Um programa que realiza esta tarefa é o VSHIELD. Faz parte do pacote VirusScan, que pode ser obtido em http://www.mcafee.com. Este pacote possui ainda o programa WebScanX, que protege contra vírus e programas hostis que chegam pela Internet. Não existe forma de checar previamente se um programa anti-vírus está contaminado por vírus (a menos que você já possua instalado um outro programa anti-vírus para fazer a checagem). A forma mais segura é fazer o download do próprio fabricante do programa.

41) Arquivos escondidos na Internet
Existem formas de acessar arquivos, mesmo desprotegidos, mas que estejam ocultos pelas páginas acessadas?
Resposta:
Sempre que acessamos um diretório de um site na Internet, são carregados automaticamente pelo navegador arquivos com nomes pré-determinados, como index.html, home.html, welcome.html, etc. Quando não existe no diretório acessado, nenhum arquivo com o nome especificado, é apresentada uma lista com os nomes de todos os arquivos contidos no diretório especificado. Em alguns casos pode ser conveniente optar pela lista de diretórios, ao invés de utilizar o browser. Suponha por exemplo que você está visitando o site da NASA, em uma página na qual existem diversas miniaturas de figuras tiradas na sonda especial enviada a Marte. Ao clicar sobre cada figura (thumbnail) é apresentada uma página com textos explicativos, e a foto desejada em tamanho grande. O processo para fazer download de todas essas figuras pode ser extremamente demorado, mas pode ser automatizado. A primeira coisa a fazer acessar a primeira figura, e depois de carregada, clicá-la com o botão direito do mouse e escolher a opção View Image. A imagem será novamente carregada no browser. Veja agora o endereço apresentado, algo como http://www.nasa.gov/mars/pic001.jpg. Edite este nome, retirando o nome do arquivo gráfico e colocando no seu lugar:
?=*.jpg
Depois de preenchido o nome (http://www.nasa.gov/mars/?=*.jpg) pressione ENTER. O comando “?=” provocará a exibição do diretório selecionado. A lista terá vários nomes, como pic001.jpg, pic002.jpg, etc. De posse desta lista, você pode comandar o download simultâneo de vários desses arquivos. Clique o nome do arquivo desejado usando o botão esquerdo do mouse, mas mantendo a tecla SHIFT pressionada. Ao invés de ser feita a exibição da imagem na tela, será exibida uma caixa de diálogo para salvar o arquivo. Depois de especificar o diretório para o download, você poderá selecionar outros arquivos pelo mesmo processo. Deixe os arquivos serem recebidos enquanto você faz outra tarefa. Assim você não precisa ficar totalmente ocupado com o download de todos esses arquivos.

42) Tradução na Web
Instalei o Internet Explorer versão 4.0 e o Microsoft Outlook Express, passando a ter vários problemas (página inválida, falha de proteção, etc). Como trata-se de uma versão beta, não é oferecido suporte, porém encontrei uma página com várias perguntas e respostas de usuários, onde creio que posso encontrar problema semelhante ao meu bem como sua solução, porém está tudo em inglês. Gostaria de receber alguma sugestão para contornar esta dificuldade.
Resposta:
Você pode fazer traduções de páginas usando softwares especiais, como o Web Translator, encontrado com relativa facilidade em revendas de informática. Outra solução é utilizar os serviços de tradução (gratuitos) a partir do Altavista. Entre em:

http://www.altavista.com

Clique a seguir em Translations. Será apresentado um quadro no qual você pode digitar um texto para traduzir, ou então o endereço da página a ser traduzida. Por exemplo, se você quiser visualizar o site da Intel traduzido para português, digite http://www.intel.com. Selecione a seguir o tipo de tradução (English to Portuguese, no seu caso), e pressione o botão Translate. A página será apresentada em português, com algumas eventuais falhas de tradução. A tradução é feita ao pé da letra, palavra por palavra, portanto o significado pode ficar um pouco distorcido, mas é um bom quebra galho. Ao clicar sobre um link da página traduzida, você verá novamente a página de tradução do Altavista, com o endereço do link já preenchido, bastará clicar novamente em Translate para ir ao link clicado, já traduzido.

43) Software para tradução na Web
Estou coletando vários artigos na Internet para usar como material em aulas que ministro, mas tenho dificuldades com textos em inglês. Gostaria da indicação de um tradutor inglês-português que possa me ajudar.
Resposta:
Um dos principais programas que atende tal finalidade é o Web Translator Pro. Você pode encontrá-lo em várias revendas de software. Entretanto, prepare-se para ver algumas expressões engraçadas, pois a tradução não é perfeita. Facilita o entendimento, mas é preciso fazer uma revisão para consertar pequenos tropeços que o tradutor sofre.

44) Impressão em rede
No Windows 3.1 eu gerava arquivos fechados de impressão (PRN) e usava o Gerenciador de Arquivos para enviá-los para a impressora, comandando uma cópia para PRN. No Windows 95, não sei como fazê-lo. Outro problema é que tenho dois computadores ligados em rede pelo Windows 95 e uma impressora Printiva 600C. Não consigo fazer esta impressora funcionar em rede.
Resposta:
Para enviar para a impressora, arquivos fechados de impressão (PRN), entre no Prompt do MS-DOS e utilize o comando:
COPY /B ARQUIVO.PRN PRN
Se o comando não funcionar no Prompt do MS-DOS sob o Windows 95, execute um boot no modo MS-DOS e repita este comando. Uma outra forma de realizar esta tarefa é executando o PROGMAN.EXE, e a seguir executando o Gerenciador de Arquivos. Nele você terá um comando para copiar o arquivo PRN para a impressora.
Para fazer a impressora funcionar em rede, instale primeiro a impressora no computador no qual ela está conectada. No outro computador, aplique um clique duplo em Ambiente de Rede, a seguir no ícone do outro computador (você precisa habilitar o serviço de compartilhamento de arquivos e impressoras em redes Microsoft, no computador que está com a impressora conectada, e ativar o Cliente para redes Microsoft no outro computador), e a seguir clicar no ícone da impressora. Será perguntado se você deseja instalar os drivers para esta impressora, responda que SIM. Quando for pedida a colocação do driver, selecione a marca e modelo da impressora, ou então use o botão Com Disco para instalar o driver fornecido pelo fabricante.
Existem casos em que a impressora não é instalada desta forma, e sim utilizando um programa de instalação fornecido pelo fabricante da impressora. Neste caso, instale primeiro este software no computador que está com a impressora conectada, teste a impressora e deixe tudo funcionando. Depois execute este mesmo software no outro computador. Logo no início será perguntado se a impressora é local ou de rede. Responde que é de rede. Você precisará indicar o nome da impressora, algo como //nomedocomputador/nomedaimpressora. Poderá ser usado o botão Procurar para selecionar a impressora diretamente do Ambiente de Rede. Siga a seguir os mesmos passos usados na instalação local.

45) Para ligar PCs em rede
Possuo um Pentium-166 MMX com 32 MB de RAM, e estou conectado à Netservice Varginha. Adquiri um velho 486DX2-66 ,16 MB de RAM. Gostaria de saber como ligar os dois em rede sem que isso afete minha conexão na Internet. E que me indicassem qual o hardware e o software mais indicado para tal ligação.
Resposta:
Se os PCs estão próximos (na mesma sala, ou em salas vizinhas), a melhor forma de conexão é por uma rede Ethernet. Você precisará comprar duas placas de rede Ethernet, dois terminadores e o cabo apropriado para a ligação. Lojas que vendem hardware oferecem todo o material necessário. Não é preciso usar softwares adicionais, já estão embutidos no Windows 95/98. Você deve fazer a instalação das placas de rede em ambos os computadores, e depois usar o comando Rede no Painel de Controle para adicionar o protocolo NETBEUI, identificar ambos os computadores (cada um deverá receber um nome na rede), instalar o serviço de compartilhamento de impressoras e arquivos e redes Microsoft, e finalmente o Cliente para redes Microsoft. Tudo feito pelo comando Rede do Painel de Controle.
A conexão é um pouco diferente se os PCs estiverem afastados. No caso, cada um deles deve usar um modem, para que sejam conectados pela linha telefônica. Você precisará no caso instalar a rede Dial-Up. Consulte o artigo sobre instalação de redes Dial-Up, na área de artigos deste site.

46) Modem não funciona
Instalei no meu PC uma placa fax/modem Actiontec de 33.600 bps PnP, porém só consigo usá-la no modo MS-DOS, pois o Windows 98 não consegue se comunicar com a mesma. Na conexão com um provedor de acesso à Internet, é retornada a mensagem de erro:
Erro 630: O computador não está recebendo uma resposta do modem. Verifique se o modem está ligado e, se necessário, desligue-o e em seguida ligue-o novamente.
Nos demais programas em que necessito do modem ele simplesmente não responde.
Resposta:
Como o modem está funcionando com utilitários de comunicação para o modo MS-DOS, provavelmente não existe defeito, e sim uma instalação errada ou incompleta. É possível que existam também conflitos de hardware com outros dispositivos. Verifique no Gerenciador de Dispositivos se existem conflitos de endereços de E/S ou de IRQs com outros dispositivos. Para não esquentar a cabeça, desabilite a COM2 no CMOS Setup e repita a instalação do seu modem. O modem será então instalado como COM2 e usando a IRQ3, e desta forma terá menos chances de conflitos de hardware. Quando um PC já possui uma COM2, o modem é instalado como COM3 ou como COM4, e acaba usando outra IRQ, como IRQ5 ou IRQ7, que normalmente são destinadas à placa de som e à porta paralela. Isto provocará o remanejamento dessas IRQs, e as chances de conflitos e erros de instalação são maiores.
Problemas de instalação de modems e kits multimídia são bastante típicos, e para ajudar o maior número possível de usuários, coloquei artigos que ensinam passo a passo a fazer essas instalações na área de artigos deste site.

47) Proteção na Internet
Sou novo na Net e gostaria de me proteger contra ataques de hackers, o que faço?
Resposta:
Muito dificilmente você correrá perigo de hackers atacarem diretamente o seu computador no meio de milhões em todo o mundo. Por outro lado, é significativo o perigo do seu computador ser atacado por vírus de macro (embutidos em arquivos DOC obtidos por download ou anexos em e-mail), vírus executáveis (embutidos em arquivos obtidos por download) ou aplicações java e controles ActiveX hostis (embutidos nas próprias páginas html que você acessar). Esses programas hostis não são dirigidos a um computador específico, e sim para qualquer computador que os acesse. Para seu computador ficar protegido desses perigos, instale um software anti-vírus com capacidade de monitorar vírus que chegam pela Internet. Uma boa opção é o WebScanX, que faz parte do pacote VirusScan. Pode ser encontrado à venda na maioria das lojas que revendem software em todo o Brasil. Você pode ainda obter uma versão de demonstração através do site do seu fabricante:
http://www.mcafee.com
A versão de demonstração é plenamente funcional, mas ao adquirir o software (custa cerca de 90 reais) você passará a receber atualizações durante um ano.

48) Instalação de placa de rede
Estou tentando instalar alguns adaptadores de rede, mas não tenho os seus disquetes originais. Utilizando outros drivers, consegui realizar a instalação, mas a placa entrou em conflito com o IRQ11 de outros periféricos. Alterei o IRQ para 9 e acabou o conflito, mas a placa continua sem funcionar. O que devo fazer?
Resposta:
Em caso de dúvida sobre o driver adequado, tente usar o comando Instalar Novo Hardware do Painel de Controle e deixe o Windows detectar a placa de rede. Será sugerido um driver adequado para a sua placa, provavelmente um do tipo NE2000 compatível, da Novell. Caso se trate de uma placa de legado (modelos anteriores a 1995), você precisará programar o seu endereço de E/S e a sua IRQ na própria placa, para depois indicar esses recursos no Gerenciador de Dispositivos. Também será preciso indicar na seção PCI/PnP Configuration do CMOS Setup que aquela IRQ (a usada pela placa de rede) deve ser destinada como ISA/não PnP. Se a placa for configurada através de jumpers, não há problema, desde que você possua o seu manual. Entretanto, se a placa for do tipo jumperless, seus recursos devem ser configurados com um utilitário próprio, fornecido em um disquete que acompanha a placa. Se você tiver perdido esse disquete, a situação será complicada. Sugiro que você tente encontrar o site do fabricante na Internet, ou então algum driver para o chip existente na sua placa de rede. Peguei aleatoriamente uma placa de rede em meu laboratório e encontrei no chip principal, a inscrição UK0022. Usei o Altavista para procurar por UK0022 e achei uma lista de arquivos relacionados com “clones de NE2000”. Fiz o download do arquivo UK0022.ZIP, e os utilitários existentes funcionaram com minha placa. Também pude instalar a placa usando os drivers que obtive no arquivo UK0022.ZIP. A Internet é um bom caminho para solucionar problemas como este.

49) Real Player
Instalei no meu PC o plug-in RealPlayer 5.0 para tentar ouvir a programação de certas rádios via Internet. O problema é que quando tento ouvir uma programação aparece a seguinte mensagem: Out of memory Error 2. Minha máquina é um Pentium-100 com 32 MB de RAM e HD de 1.2 GB. Na possibilidade de poder ajudar com meu problema, agradeço desde já.
Resposta:
Para dar uma solução para qualquer problema à distância, é preciso ver uma réplica do problema ao vivo. Muitas soluções que apresentam correspondem a problemas que já resolvi em outras ocasiões, outras são obtidas a partir da reprodução do problema em laboratório. Utilizando equipamentos com configurações semelhantes e programas idênticos aos dos leitores, faço com que o mesmo problema ocorra, e procuro então a solução. Muitas vezes é difícil fazer isso, pois nem sempre é possível reproduzir condições idênticas às do PC do leitor. No caso do seu problema, instalei o Real Player 5.0 em vários computadores, mas sempre obtive um funcionamento perfeito. Eu não poderia desta forma dar uma solução infalível para o problema, apenas apresentar sugestões de tentativas para você fazer. Também não gosto de dar soluções fajutas como “o programa está corrompido, reinstale-o” como já vi em algumas colunas como esta em outros jornais. Como não é possível ter certeza de que o programa está corrompido, não é honesto afirmar que reinstalar é a solução. É apenas uma tentativa. Vou então indicar algumas tentativas de solução.
O problema pode estar na ligação entre o Real Player e o seu navagador. Tente usá-lo tanto no Microsoft Internet Explorer como no Netscape Navigator, e verifique se em algum deles o Real Player funciona.
Desinstale o seu navegador e faça uma instalação nova. Feito isto, instale o plug-in Real Player 5.0. É possível que o problema esteja sendo causado por conflitos com outros plug-ins do seu navegador. Este método pode tirar a dúvida. Se funcionar, reinstale os demais plug-ins até observar a volta do problema. Você saberá então quais são os plug-ins em conflito.
É possível que este problema seja um bug da versão 5.0, ocorrendo em determinadas condições presentes no seu computador. Procure no site da Real Networks ( http://www.real.com ) novas versões do Real Player, onde eventuais problemas podem estar corrigidos.

50) Getright
Precisamos da indicação de um software que permita continuar um download do ponto onde parou, em caso de problemas na linha telefônica, sem ter que começar tudo novamente.
Resposta:
Um software que faz isso é o GetRight, que pode ser obtido em:
http://www.getright.com .
Este software não apenas faz o que você quer, mas também adiciona ao seu browser vários recursos para facilitar o download, como por exemplo, a realização de downloads com hora marcada de forma automática. Existem também recursos de tradução automática das páginas da Internet e muitos outras facilidades. Vale a pena conferir.
1) Modem ESS
Tenho um Pentium-MMX cmo placa de vídeo Trident de 1 MB e kit multimídia Creative 8x e placa de som AWE32. Recentemente adquiri um modem com voice marca ESS de 56k, totalmente PnP. No momento em que foi instalado, ele entrou em conflito com minha placa de som, fazendo com que o som deixasse de funcionar. Consegui criar uma solução temporária que consiste em tirar o modem usando os perfis de sistema do Windows 95 e deixar que o PC encontre ele de novo, fazendo com que o som volte a funcionar, mas cada vez que ligo o computador tenho que repetir este processo.
Resposta:
Esta é a terceira vez neste mês que recebo uma reclamação de produtos da ESS. Nas outras duas eram placas de som que mudavam por conta própria os recursos de hardware utilizados, gerando conflitos. Informações sobre os produtos da ESS podem ser encontradas em http://www.estech.com. Veja também o site http://www.espco.com. Encontrei ainda um fórum sobre produtos da ESS, em http://www.driverguide.com/forums/sound/ess/index.htm.
Tenho sabido de notícias sobre dispositivos PnP mal comportados que insistem em usar recursos de hardware (IRQ, DMA e endereços de E/S) de outras placas, entrando em conflito. Isto não deveria ocorrer com dispositivos PnP.
Procure no CMOS Setup o item “Boot with PnP OS”. Programe este item como Yes ou Enabled, caso contrário, você terá o BIOS e o Windows tentando programar os dispositivos PnP, o que poderá resultar em conflitos. Acredito que muitos problemas deste tipo são causados por erro nesta configuração. Existe ainda outro recurso que pode ser utilizado, que é a programação de COM e IRQ diretamente no modem, fazendo com que a sua interface serial ocupe recursos fixos definidos pelo usuário. A forma mais simples de fazer esta programação é desabilitar a COM2 da placa de CPU no CMOS Setup e programar a placa de modem para usar COM2 e IRQ4. A instalação deve ser feita pelo comando Adicionar Novo Hardware. Você encontrará todos os detalhes desta instalação na área de artigos deste site. Quando o modem opera desta forma, continuará sendo PnP, apenas a sua interface serial passa a operar em modo não PnP, ou seja, ao invés de ocupar recursos definidos automaticamente pelo Windows, ocupa recursos definidos pelo usuário.
O método geral para desfazer um conflito de hardware é selecionando o dispositivo no Gerenciador de Dispositivos, selecionando a guia Recursos, desmarcar o quadro “Usar configurações automáticas” e o botão “Alterar configuração”. Desta forma você poderá escolher outros recursos de E/S, DMA e IRQ que não entrem em conflito.
Existe ainda uma forma de enganar placas que insistem em utilizar recursos de outras. Digamos que a sua placa de som esteja comportadamente usando a IRQ5, DMA1, DMA5, endereços 220-22F, 330-331 e 388, e que o seu modem esteja entrando em conflito (neste caso, o único conflito possível seria o uso da IRQ5, ou então algum conflito de E/S produzido pelos circuitos de áudio do modem). Entre no Gerenciador de Dispositivos, selecione Computador e Propriedades, e a seguir use o botão Reservar Recursos. Reserve então todos os recursos de hardware usados pela sua placa de som. A cada recurso reservado, será mostrado um quadro avisando que aquele recurso já está em uso (pela placa de som). Não ligue para os avisos. Terminada a reserva, não reinicie o computador ainda. Vá ao Gerenciador de Dispositivos, selecione a placa de som e desmarque o quadro “Usar configurações automáticas”. Reinicie o computador agora. Outras placas PnP, como é o caso do modem, não se atreverão a utilizar os recursos que foram reservados. A sua placa de som será obrigada a utilizar a configuração original, ou seja, os recursos reservados. Todos os seus recursos ficarão com um ponto de exclamação amarelo, indicando um conflito, mas na verdade o dispositivo em conflito não existe, por isso a placa de som continuará funcionando. É claro que esta não é uma solução elegante, mas funciona perfeitamente nesses casos.

2) Word maluco
Estou com problemas no Word 97. Capturo textos na Web e costumo formatá-los a meu gosto antes de salvá-los. De uns dias para cá, quando abro um documento não há nenhuma das modificações que fiz. A formatação é outra. O arquivo aparece até com umas mensagens esquisitas, como:
Normal.dot / Microsoft Word 8.0 / Arquivos de Programas / Microsoft Office / Modelos
O que significa isso? Qual é o problema no meu Word?
Resposta:
Arquivos do Word e Excel encontrados na Internet podem conter vírus de macro. Os macros podem conter instruções para alterar as configurações do Word, criando vários tipos de anomalias. Para evitar este tipo de problema, você deve utilizar um escudo anti-vírus com capacidade de checar vírus de macro, como o Vshield, encontrado no pacote Viruscan. Faça uma checagem para verificar qual é o arquivo baixada da Internet onde está o vírus de macro. Reinstale o Word para que a configuração volte ao normal. Só abra ou faça download de arquivos da Internet com o escudo anti-vírus ativado. Melhor ainda é usar o programa WebScanX, que também faz parte do pacote do VirusScan. Este programa faz checagem automática dos dados que chegam pela Internet.

3) Instalação física de uma rede
Tenho utilizado a conexão direta por cabo paralelo para ligar dois PCs, um Pentium-200 MMX e um 486DX4-100. Como esta transferência é muito lenta, pretendo fazer uma nova conexão por rede. O que é necessário?
Resposta:
Você precisará de placas de rede Ethernet (NE2000 compatíveis), que poderão ser do tipo ISA ou PCI. Se o seu 486 não possui slots PCI, compre uma placa ISA. Ela poderá ser mais tarde aproveitada em novos PCs, desde que existam slots ISA disponíveis. No caso do Pentium, é melhor optar logo por um modelo PCI, não por ser mais veloz, mas sim porque em geral existem mais slots PCI do que ISA disponíveis.
A instalação de uma placa de rede PnP (é o caso de todos os modelos modernos) segue o mesmo princípio das demais placas PnP. Consiste em conectar a placa em um slot livre. Ao ligar o computador, a placa é detectada e seus drivers são instalados. Entre esses drivers, estão diversos componentes de software que implementam o funcionamento em rede.
A maioria das redes de computadores utiliza cabos e placas tipo Ethernet. Podemos encontrar três tipos de cabos Ethernet:
• Coaxial fino (Thin Ethernet)
• Coaxial grosso (Thick Ethernet)
• Par trançado (Twisted Pair)
Para redes com reduzido número de PCs, o cabo coaxial fino (Thin Ethernet) é a solução mais simples e econômica. Os conectores existentes nas placas de rede, usados com cada um desses tipos de cabos são chamados de:
• BNC – Para Thin Ethernet
• AUI – Para Thick Ethernet
• RJ-45 – Para Twisted Pair
Existem certos modelos que possuem apenas um desses conectores, outros possuem dois deles, e alguns possuem os três tipos. A figura 1 mostra duas placas de rede, sendo uma equipada com um conector RJ-45 e outra equipada com um conector BNC.
faq23_01
A figura 2 mostra o detalhe da ligação de um cabo Thin Ethernet no conector BNC de uma placa NE2000. Esta ligação emprega um dispositivo chamado de “Conector T BNC”. Normalmente é fornecido juntamente com a placa.
faq23_02
O cabo Thin Ethernet deve formar uma linha que vai do primeiro ao último PC da rede, sem formar desvios. Não é possível portanto formar configurações nas quais o cabo forma um “Y”, ou que usem qualquer tipo de derivação. Todas as ligações devem ter o aspecto da figura 2. Apenas o primeiro e o último PCs do cabo devem utilizar um tipo especial de dispositivo chamado “terminador BNC”. A figura 3 mostra o esquema de ligações de 3 PCs em uma pequena rede, usando cabos Thin Ethernet. Esses PCs são ligados por duas seções de cabos. Em cada um deles, são usados conectores “T BNC” para permitir as conexões nas placas. O PC #2 liga-se aos outros dois através de duas seções de cabo Ethernet. Os PCs numerados como #1 e #3, localizados nas extremidades, possuem terminadores BNC.
faq23_03
Depois de feita a instalação das placas de rede em ambos os PCs, verifique no Gerenciador de Dispositivos se não existem conflitos de hardware. Será preciso agora instalar os componentes de rede, através do comando Rede no Painel de Controle. Faça a instalação do Protocolo Microsoft NETBEUI, do Cliente para Redes Microsoft e do Serviço de Compartilhamento de Arquivos e impressoras. Durante essas instalações será automaticamente apresentada a guia Identificação, onde você deve dar a cada um dos PCs, um nome que os identificará na rede. Dê também um nome para o grupo de trabalho (Workgroup). Use o mesmo nome para ambos os computadores. Depois de realizar o próximo boot, faça os compartilhamentos de drives e pastas (basta clicar com o botão direito e usar o comando Compartilhamento). A partir daí, o Ambiente de Rede existente na área de trabalho já permitirá o acesse de um PC para o outro, e vice-versa.

4) Modem disca sem ter linha
Tenho um modem PCtel HSP 336 Deluxe instalado em meu micro. Uso PABX, linha em modo pulse e o problema é que não consigo pegar linha com o modem. Já coloquei o 0 e nada. Tentei também colocar mais vírgulas, mas não funcionou. O modem disca o 0, aguarda dois segundos, não pega a linha e continua discando. Tenho outro computador, com modem US Robotics, e para conseguir linha tive que colocar o comando ATX3 nas Configurações Avançadas do modem. Mas, neste outro modem, esse comando não deu resultado. Existe algum outro comando para as configurações avançadas?
Resposta:
No mesmo local onde você programou o número 0 (alguns o usam nas propriedades do modem no Painel de Controle, outros usam nas propriedades de discagem da conexão Dial-Up com o provedor), use W0W. A primeira letra W faz com que o modem espere pelo tom de discagem da central de PABX (em algumas centrais congestionadas isto pode ser necessário). O número zero é a discagem para obter linha externa. Finalmente, o segundo W faz com que o modem espere pelo tom de discagem da linha externa, antes de começar a discar para o provedor.
O comando X3 que você utilizou nas configurações avançadas deve ser retirado. Ele faz exatamente o inverso do que você quer, ou seja, o modem não informará que não existe tom de discagem. O software que vai fazer a ligação (no caso, o acesso à rede Dial-Up) pensará que o tom de discagem está sempre disponível. Este comando é utilizado quando nas tentativas de conexão são obtidas mensagens “No Dial Tone” (sem tom de discagem), mesmo quando este tom está presente.

5) PC se conecta com a Internet sem ser solicitado
Tenho um micro Compaq Presario 2110 e uma conta na Internet. O problema é que, depois de configurar o acesso com o assistente de instalação, toda vez que ligo (ou inicializo) o computador, aparece a caixa de mensagem que conecta ao provedor — e disca para ele –, que solicita o nome e a senha do usuário. O que devo fazer para que essa caixa não apareça ao iniciar o computador? Já reconfigurei tudo, tentei as configurações da Rede Dial-Up, mas nada funcionou.
Resposta:
Em alguns dos arquivos de inicialização do Windows está sendo ativada a exibição de uma página da Internet, o que provoca a execução do seu navegador e a discagem para o provedor. Consulte os locais que podem provocar a execução de programas na inicialização do Windows e remova aquele que está ativando este endereço (provavelmente é um arquivo html, representado por um ícone do Explorer). Os locais que podem conter esta execução são os seguintes;
a) Menu Iniciar / Programas / Iniciar
b) Seção “RUN=” do arquivo WIN.INI
c) Na seguinte chave do registro:
d) HKEY_LOCAL_MACHINE\SOFTWARE\Microsoft\Windows\CurrentVersion\Run
Caso você não tenha experiência no uso do editor do registro (Regedit), leia nosso artigo sobre o uso do Regedit, na área de artigos deste site.

6) Compartilhando um drive de CD-ROM usando o programa PcANYWHERE
Eu tenho um micro Pentium/200 MMX, com 64 MB de RAM, disco de 3,1 GB e CD-ROM Creative 24x. Minha namorada possui um Pentium /133, com 32 de RAM, sem drive de CD-ROM. Gostaria de saber se, se instalar o programa PcAnyware da Symantec nos dois PCs, posso instalar programas no computador dela, a partir do meu CD-ROM?
Resposta:
Sim, o pcANYWHERE pode ser usado para este tipo de transferência, porém com grande restrição em velocidade. Se os dois PCs forem conectados usando modems, a taxa de transferência será muito baixa para instalar programas em CD-ROM. Dois modems de 56k precisariam de até 30 horas para instalar um CD-ROM com 650 MB. A coisa melhora bastante se os dois PCs estiverem próximos, ligados por uma rede ou conexão direta via cabo. Usando um cabo paralelo, este tempo pode ficar reduzido para cerca de uma hora. É claro que se o software não ocupar integralmente o CD, o tempo será proporcionalmente menor.
Observe entretanto que ser os dois computadores forem ligados por um cabo paralelo, não será preciso usar o pcANYWHERE. Basta usar o programa Conexão Direta Via Cabo que acompanha o Windows 9x. Desta forma um computador poderá acessar o drive de CD-ROM do outro computador, assim como os demais drives e até a impressora. Existe ainda a opção de ligar os computadores, mesmo que provisoriamente, por uma rede Microsoft, recurso que também está embutido no Windows 9x. Só será preciso comprar duas placas de rede, uma seção de cabo, dois conectores “T” e dois terminadores. A taxa de transferência em uma rede é bem superior à obtida com uma conexão direta via cabo.
Seja qual for o tipo de conexão utilizada, fique atento para um detalhe: alguns programas em CD, principalmente jogos, recusam-se a fazer a instalação ao detectarem que o CD-ROM não está fisicamente instalado no computador. Não funcionaria portanto a conexão com rede ou programas de comunicação.

7) Recepção de fax pelo computador
Preciso de ajuda. Depois de anos usando computador deparei-me com uma Dúvida: Como receber um fax pelo computador? Sempre enviei fax pelo computador sem problemas, mas nunca tinha tido necessidade de receber um pelo micro. Simplesmente não sei onde entrar para receber a mensagem. Que programa devo usar para receber o fax? Caixa de Entrada? Windows-Work?, etc. Uso o sistema operacional Windows 95. Antes possuía o Fax-Works do Windows 3.1 e sabia como enviar e receber os fax, mas com o Windows 95 não consegui encontrar o caminho. Vocês podem me ajudar?
Resposta:
As placas fax/modem são acompanhadas de programas gerenciadores de fax, como o Quick Link, RapidComm e outros. Quando esses programas são instalados, é criada uma impressora virtual que representa a transmissão de fax. Uma das formas de transmitir fax é abrir o documento a ser transmitido utilizando o seu aplicativo normal (por exemplo, use o Microsoft Word para abrir um arquivo de extensão DOC) e usar o comando Arquivo / Imprimir. Selecione então a impressora virtual instalada pelo gerenciador de fax. Será apresentado um quadro para preenchimento do número de fax a ser discado. O aplicativo pensará que está imprimindo, mas na verdade estará enviando um fax.
A outra forma de transmitir fax é usando o próprio gerenciador. Nesses programas encontramos comandos para transmitir e receber faxes. Podemos utilizar recepções automáticas ou manuais (o sinal de fax, por favor…). Procure no CD-ROM que acompanha o seu modem, você certamente encontrará um gerenciador que permitirá fazer transmissões e recepções. Sugiro ainda a leitura de um artigo sobre utilização de placas fax/modem na área de artigos deste site.

8) Janelas indesejáveis de logon na rede na conexão com a Internet
Tenho um micro PC-166, com 32 MB de RAM, disco de 3,5GB, placa fax/modem US Robotics 33,6Kb. Quando inicio conexão com a Internet aparecem duas janelas indesejáveis, com as seguintes mensagens: “Não havia nenhum servidor de domínio disponível para validar sua senha; você pode não obter acesso a alguns recursos da rede” e “Digite sua senha de rede para Rede Microsoft: Nome do usuário: (campo para digitar o nome) e Dominio: DGLNET.COM.BR”. O que fazer para estabelecer a conexão sem essas janelas?
Resposta:
Desative a opção “Efetuar logon na rede”, ela não é necessária para a conexão com a Internet e é a responsável por mensagens como esta. Para isto, abra a pasta Acesso à rede Dial-Up, clique o ícone da conexão com o botão direito do mouse e no menu apresentado escolha a opção Propriedades. No quadro apresentado, selecione a guia Tipos de servidor, e finalmente desmarque a opção Efetuar logon na rede. Esta opção só deve ser habilitada quando usamos a conexão dial-up para acessar a rede na qual o computador host está ligado (você pode por exemplo, a partir do computador de casa, ligar para o seu computador no trabalho e ter acesso à rede na qual este computador está ligado).

9) Erro no modem: “sem tom de discagem”
Tenho um Pentium 233 MMX, com 4,3 GB de disco, 32Mb de RAM, Win95 e modem de 33.600 bps. Meu problema está na conexão com a Internet: sempre que vou conectar minha provedora, aparece na tela a seguinte mensagem: “Não existe tom de discagem, certifique-se que seu modem esteja ligado à linha telefônica corretamente”. Com isso, para conseguir conectá-la, tenho que tirar o telefone do gancho e, logo após o sinal, colocá-lo de volta no gancho. Só assim consigo me conectar. Existe alguma resolução para esse problema? É um erro de configuração ou problema na linha telefônica?
Resposta:
Este problema ocorre quando o modem não consegue reconhecer o tom de discagem, mesmo que ele exista. Sua solução é bastante simples. Aplique um clique com o botão direito do mouse sobre o ícone da conexão e no menu apresentado escolha a opção Propriedades. Selecione a guia Geral e clique sobre o botão Configurar. A seguir selecione a guia Conexão e clique no botão Avançadas. Preencha agora o campo Configurações Adicionais com X3. Feche os quadros e o problema estará resolvido. Se depois disso a discagem começar muito depressa, antes de ser dado o tom de discagem, coloque uma vírgula (pausa de 2 segundos) antes do número do telefone do provedor.

10) Imagem de qualidade ruim com o Real Player G2
Fiz um download do Real Player para executar vídeos e sons pelo computador, a versão é 6.0.1.206 Realplayer G2 Beta 1.1. A visualização do vídeo não esta com uma definição muito boa, o som não tem boa qualidade, a voz sai distorcida. Será o tipo de equipamento (Pentium 166, HD 2 GB, 16 MB RAM)? O que eu poderia fazer para obter som e vídeo com uma qualidade melhor?
Resposta:
Em geral a exibição de vídeos pelo Real Player é mesmo feita com baixa qualidade, com muitas pausas e som truncado, devido ao congestionamento do tráfego de dados na Internet. Na maioria dos horários é simplesmente impossível obter imagens contínuas. Experimente um dia acordar às 5:00 da manhã e fazer uma visualização. Este é o horário de menor tráfego na Internet, e provavelmente as imagens e sons serão exibidos da forma como você espera. Possivelmente em outros horários durante o dia as imagens também serão aceitáveis, como antes das 9:00 e em torno do meio dia. Pouco poderá ser feito para conviver com a lentidão da Internet. Usar um modem mais veloz (56k ao invés de 33.600 bps) e um provedor de acesso menos congestionado poderá ajudar um pouco, mas nada poderá ser feito pela lentidão no tráfego de dados pela Internet entre o gerador das imagens e o seu provedor, além da escolha de horários de menor movimento (e mais sono).

11) Pinagem do cabo para “conexão direta via cabo”
Eu gostaria de conectar meu Notebook ao meu computador Desktop, através de uma conexão via cabo, mas não consigo. Como devo fazer?
Resposta:
Você deve usar o programa Ligação Direta Via cabo, encontrado no menu de acessórios / comunicação do Windows. Se este programa não estiver presente, use o comando Adicionar / Remover programas do Painel de Controle e selecione a guia Instalação do Windows. Uma vez instalado em ambos os computadores, um deve ser configurado como cliente e o outro como servidor.
Para fazer esta conexão, você deve procurar um “cabo de Laplink paralelo”. Este cabo possui nas suas extremidades, conectores DB-25 macho, e as seguintes ligações:
Conector 1 Conector 2
2 15
3 13
4 12
5 10
6 11
15 2
13 3
12 4
10 5
11 6
25 25
Você pode ainda encontrar este cabo à venda em lojas de suprimentos para informática.

12) Netscape Navigator com falha de página inválida
Estou com um daqueles problemas chatos. Eu rodo o Windows 95 com o Netscape Communicator 4.01, que de uns tempos para cá começou a apresentar a seguinte mensagem: NETSCAPE causou uma falha de página inválida no módulo NETSCAPE.EXE em 0137:0067a394. Depois disto eu tenho que fechar o Netscape e abri-lo de novo. Sua ajuda seria de grande valia.
Resposta:
É realmente um problema muito chato que pode acontecer com vários programas. Normalmente este tipo de problema é resolvido com a reinstalação do software. Como você não disse em sua carta que já tentou este procedimento, sugiro que você o faça, e caso não dê resultado mande-nos outra carta. Devido a travamentos do computador, instabilidade na rede elétrica ou desligamento indevido, programas podem ficar danificados e apresentar mensagens como esta que você cita. Por isso a reinstalação resolve o problema, mas não as suas causas. Use um estabilizador de voltagem e desligue sempre o computador através do comando Desligar, a partir do botão Iniciar da barra de tarefas. Quando for apresentada a mensagem “Seu computador já pode ser desligado com segurança”, não o desligue ainda. Espere até que se apague o LED indicador de aceso ao disco rígido.

13) Usando dois modems no Windows 98
Gostaria de saber como colocar 2 modems no Windows 98 (inglês). Tenho duas linhas em casa e no trabalho (PABX), já possuo um de 33.600bps e pretendo comprar outro de 56.000bps. Outra dúvida é que minha provedora passou a pouco tempo aceitar conexão de 56.000bps. Será que com os dois modems conseguirei mais velocidade ou não passará de 56.000bps.
Resposta:
Instale ambos os modems e faça os testes com conexões independentes. Cada um deles deve ser capaz de ligar para o provedor e ter acesso à Internet. Agora abra a pasta Acesso à rede Dial-Up na janela Meu Computador e clique a conexão do primeiro modem com o botão direito do mouse. No menu apresentado escolha a opção Propriedades. Será apresentado o quadro de propriedades da conexão, no qual você encontrará a guia Vínculos Múltiplos, não disponível no Windows 95. Marque a opção Usar dispositivos múltiplos e clique no botão Adicionar. Será apresentada uma janela para que você indique o nome do segundo modem e o número de telefone a ser utilizado. Antes de decidir por este tipo de conexão, consulte o seu provedor de acesso e verifique se o mesmo permite usá-la.

14) Formato da resposta a e-mail no Outlook
Quando respondo a um e-mail, o texto da minha resposta vai igualzinho ao da mensagem original, sem o sinal de “maior que” (>), sem itálico, nenhuma diferença. Você sabe o que eu devo fazer para que a minha resposta vá com um visual diferente, sem ter que formatá-la a cada e-mail que eu responder?
Resposta:
Use no Outlook Express o comando Ferramentas/Opções e selecione a guia Enviar. Marque então a opção Responder a mensagens no formato com o qual elas foram enviadas.

15) Salvando após um download ao invés de abrir
Ao acessar a Internet e clicar em certos arquivos, não tenho a opção de Salvar. Ao invés disso o arquivo é transferido, mas aberto por um aplicativo. Como faço para apenas salvar o arquivo em disco, sem abrir?
Resposta:
O método para salvar um arquivo pode variar de um navegador para outro. Em alguns casos (por exemplo, no Netscape Navigator) podemos usar a tecla Shift junto com o clique do mouse para fazer o download, ao invés de abrir. Se isto for feito no Explorer 4.x, o arquivo será aberto, porém em outra janela. Se você quiser que simplesmente o arquivo seja salvo em disco, clique o link com o botão direito do mouse e no menu apresentado escolha a opção Salvar destino como. Será então feito o download da forma como você estava acostumado.

16) Apagando o rastro de URLs no acesso à Internet
Gostaria de saber como faço para apagar os endereços de URL do browser e desmarcar os links visitados.
Resposta:
O que deve ser feito é zerar o número de dias para manutenção dos itens do histórico do seu navegador. No Internet Explorer use o comando Exibir / Opções da Internet e selecione a guia Geral. Marque com 0 o número de dias do histórico. Use também o botão Limpar Histórico para remover itens antigos. A partir daí o histórico só manterá os endereços visitados no próprio dia, todos os anteriores serão descartados. No Navigator use o comando Edit / Preferences (Editar / Preferências) e selecione a categoria Navigator. No campo History (Histórico), programe o valor zero.

17) Modem de 56k só conecta a 28.800
Troquei meu velho modem de 14.400 por um novo de 56K (Motorola SM56 Voice Modem) e observei que não conseguia nunca conectar a mais de 28.800. Telefonei ao meu provedor perguntando a razão pela qual não conseguia fazê-lo e a funcionária do suporte da provedora me disse que eu precisaria baixar um arquivo de atualização do modem para o padrão V90. Fui ao site da Motorola e baixei o arquivo :us_V90.exe. Instalei-o no meu micro e quando fui executá-lo me disse: “An upgradable 56K modem was not located in your system!”. Depois de conversar com várias pessoas, algumas me mandaram arquivos de atualização V90… sempre o mesmo!!! Não consegui descobrir porque o programa não acha meu modem, nem descobri se estou tentando usar o arquivo errado….o fato é que conecto sempre a 28.800 no máximo. A propósito meu modem está instalado na COM4.
Resposta:
Não é bom instalar modems na COM4. Algumas placas de vídeo, bem como interfaces IDE, podem utilizar endereços que pertencem à COM4 (2E8-2EF). Para ter menos problemas, desabilite a COM2 no CMOS Setup e reinstale o modem como COM2. É preciso ainda, é claro, que o seu provedor de acesso tenha linhas de 56k disponíveis, também no padrão V90. A sua linha telefônica ser “digital”, ou explicando melhor, a central deve ser digital. Se a sua linha for do tipo convencional, você poderá não conseguir conectar a velocidades superiores, ou até poderá conectar, mas a taxa de erros será muito elevada, resultando em lentidão. Não use também programas de atualização para 56k fornecidos por terceiros. Deve ser usado um programa fornecido pelo fabricante do seu próprio modem. Já soube de casos de usuários que estragaram seus modems instalando programas de atualização de fabricantes errados.
Para atualizar o seu modem, acesse a página:
http://www.mot.com/networking/products/sm56_isa_software_modem_v2/faqs2.html
Lá você encontrará instruções para a atualização de software. Será preciso usar um programa SM56 ISA Cleaner para remover drivers antigos. Faça também o download da nova versão (62) dos drivers para este modem.

18) Erro na transmissão de fax (phase B error)
Utilizo uma placa de fax US Robotics 33600 e com muita freqüência a conexão não é completada ao tentar enviar faxes, sendo interrompida e aparecendo a indicação “phase B error”. Isto acontece predominantemente em faxes para o exterior. O que isto significa? Há algo que devo fazer?
Resposta:
Isto pode realmente ocorrer devido às próprias características do canal de transmissão por satélite. Note que em muitas ligações para o exterior ocorrem efeitos estranhos, como o eco daquilo que você fala, ou então um retardo entre a voz de cada uma das pessoas que conversam, ou mesmo o chaveamento da voz em uma única direção. Se você tentar transmitir um fax em uma ligação com essas características, ocorrerão erros e a transmissão será abortada. Uma forma de reduzir a taxa de erros que muitas vezes funciona é configurar o seu programa de fax para operar em CLASSE 1. Será usada a taxa de 9600 bps, ao invés de 14.400 bps. Com uma velocidade menor, a chance de ocorrerem erros será reduzida.

19) Modem desativa o telefone
Estou com problemas no meu modem (se é que seja no modem). Quando ligo o computador, o telefone que fica ligado no computador para de funcionar. Já mexi em tudo e não consigo arrumar. É só desligar o computador e o telefone volta a funcionar. Uma observação: o computador conecta na Internet normalmente. É só o telefone que não funciona.
Resposta:
Isto pode ser um defeito do seu modem, ou então um problema causado por algum programa. Um bom teste a ser feito é tentar instalar este modem em outro computador, verificando se o problema se repete. Se não ocorrer, indica que algum programa no seu computador está comandando o modem e desligando o relé que controla o acesso ao telefone. Se o problema ocorrer exatamente da mesma forma, indica que é um defeito no seu modem. Felizmente é um defeito de simples solução. Ao invés de ligar o telefone diretamente no modem, utilize um adaptador de extensão para ligar simultaneamente o modem e o telefone. Como o telefone ficará ligado diretamente na linha, e não mais passando pelo modem, não sofrerá mais o efeito do problema. Note que desta forma você deve evitar tirar o telefone do gancho enquanto estiver usando o modem, pois poderá causar erros de comunicação.

20) Descobrindo o IP de um computador
Como se descobre o IP de um computador?
Resposta:
Depois de fazer a conexão com a Internet, use o programa WINIPCFG. Para isto use Iniciar / Executar e digite WINIPCFG. Ao ser executado o programa, clique sobre o botão Detalhes, e mais informações sobre a conexão serão obtidas, além do endereço IP.

21) Caixa de entrada para o Windows 98
Acabo de instalar o WIN98 e não consigo encontrar a Caixa de Entrada do antigo WIN95 (onde eu recebia meus faxes pelo programa de entrada do Microsoft fax), teria como utiliza-lo também no win98 ou terei que instalar um software p/ faxes?
Resposta:
A Caixa de entrada e o Microsoft Fax estão presentes no CD de instalação do Windows 98, porém não são instalados por default. Acesse este CD-ROM e abra a pasta \TOOLS\OLDWIN95\MESSAGE. Instale o Microsoft Exchange, clicando em WMS.EXE. Reinicie o computador e configure a caixa de entrada, de acordo com as instruções apresentadas na tela. A seguir você pode instalar o Microsoft Fax. O programa de instalação é o AWFAX.EXE, também localizado no diretório \TOOLS\OLDWIN95\MESSAGE do CD-ROM de instalação do Windows 98. Neste diretório você encontrará também o arquivo WMS-FAX.TXT, com instruções para a instalação e configuração do Microsoft Exchange, Caixa de entrada e Microsoft Fax.

22) Modem lento
Tenho um IBM Aptiva K40 que tem como configuração original Pentium 75 MHz, HD 850 MB da Western Digital e modem MWave de 28.8bps. Adicionei um novo HD de 1.2 GB também da Western. Troquei também o processador para um Pentium 166 MHz. Devido a um problema de incompatibilidade entre minha placa e o HD, tive que configurar a placa para 150 MHz. Um dia desses, esqueci a tomada do modem ligada e uma chuva de raios parentemente queimou meu modem. Comprei, então, um Motorola SM56. Depois de instalado, o modem não atingiu sua velocidade máxima, apesar da minha linha telefônica ser digital. E, ainda, deixou meu computador muito lento. Depois, observei um ícone de propriedades no painel de controle e percebi que possui uma opção CPU Usage com opções Low, Medium e High. Se escolhido o Low, o computador fica rápido, porém, a conexão fica extremamente ruim em 2400 bps. Se coloco medium ou high, a conexão fica em 31200, mas o computador fica muito lento. No arquivo do driver diz que esse modem requer Pentium 150 MHz, memória cache L2. Meu computador não tem memória cache. Essa cache L2 é a memória cache normal do Pentium? Me dê informações para que consiga fazer o modem funcionar perfeitamente sem que o computador fique lento.
Resposta:
Os software modems (como é o caso do SM56, da Motorola), têm como vantagem o custo baixo e como desvantagem a ocupação de tempo do processador para fazer o trabalho que em outros casos é feito por hardware. Este é o caso também do Winmodem, da U.S. Robotics. A ocupação do tempo do processador pode não ser muito prejudicial se o processador for muito veloz, mas acaba atrapalhando nos casos de chips mais lentos, como o Pentium-150. Esses modems também foram criados para serem usados em modelos MMX, já que essas instruções especiais podem fazer processamento de sinais de áudio em maior velocidade. Em modelos não MMX, a lentidão pode ser muito acentuada. Note que não necessariamente será possível instalar um Pentium MMX na sua placa mãe, pois as placas antigas não oferecem a opção de dupla voltagem (3.3V / 2.8V) exigida pelo Pentium MMX.
De um modo geral, é recomendável fugir dos soft modems, já que produzem queda de desempenho muito acentuada no caso dos processadores mais lentos, ou então não conseguem chegar à taxa de transferência máxima. No seu caso o problema é ainda mais sério, pois seu computador não possui memória cache L2. Operando apenas com a cache L1, com 16 kB, o Pentium perde boa parte do desempenho. Mesmo a 150 MHz, acaba ficando com desempenho comparável ao de um Pentium-100 com cache L2. Muitas placas de CPU de baixo custo não possuem memória cache L2, resultando em uma indesejável queda no desempenho.
As opções que você tem à frente são as seguintes: a) Utilizar uma outra placa de modem que não seja “soft modem”; b) Verificar se sua placa de CPU possui local para instalação de cache L2, através de um módulo COAST de 256 kB ou 512 kB; c) Verificar se a sua placa suporta o Pentium MMX, o que tornará o processamento do soft modem mais rápido; d) Tentar fazer sua placa operar pelo menos a 33.600 bps, sem que ocorra queda acentuada no desempenho.

23) Modem não disca
Adquiri recentemente um micro Pentium II, 350 MHz, 64 MB de memória RAM, HD 4.3, modem Cirrus CLM Data Fax Voice, drive de CD-ROM Creative Labs. Navego muito bem pela Internet. Entretanto, quando aciono o Outlook que contém agenda de telefones ou aciono a discagem do telefone automático existente em Programas/Acessórios/Comunicações/Discagem Automática, o PC não completa a ligação, passando a emitir o sinal de tom, embora seja selecionado em propriedades de discagem para o sinal de pulso, que é o correto aqui. Procurei o revendedor que verificou a configuração e disse estar tudo correto, porém, não conseguiu fazer a ligação. Você poderia me ajudar?
Resposta:
Você precisa corrigir as configurações avançadas do modem, através do Painel de Controle. Clique no nome do modem a configurar e a seguir no botão Propriedades. Selecione a guia Conexão e clique no botão Avançadas. No campo Configurações adicionais, digite X3. Esta configuração é necessária porque muitos modems não são capazes de detectar corretamente o tom de discagem de certas centrais telefônicas. Com o configuração X3, o modem irá ignorar o tom de discagem, considerando que o mesmo está sempre presente. O problema que pode ocorrer é o início da discagem de forma muito rápida, antes mesmo de surgir o tom. Se isto acontecer, adicione uma vírgula antes do número de telefone. Cada vírgula equivale a uma pausa de 2 segundos.

24) Perdido programa de configuração da placa de rede
Gostaria de saber se existe alguma forma de alterar, por exemplo através do debug, o endereço e IRQ de uma placa de rede, pois perdi o disquete de instalação.
Resposta:
Em caso de dúvida sobre o driver adequado, tente usar o comando Instalar Novo Hardware do Painel de Controle e deixe o Windows detectar a placa de rede. Será sugerido um driver adequado para a sua placa, provavelmente um do tipo NE2000 compatível, da Novell. Caso se trate de uma placa de legado (modelos anteriores a 1995), você precisará programar o seu endereço de E/S e a sua IRQ na própria placa, para depois indicar esses recursos no Gerenciador de Dispositivos. Também será preciso indicar na seção PCI/PnP Configuration do CMOS Setup que aquela IRQ (a usada pela placa de rede) deve ser destinada como ISA/não PnP. Se a placa for configurada através de jumpers, não há problema, desde que você possua o seu manual. Entretanto, se a placa for do tipo jumperless, seus recursos devem ser configurados com um utilitário próprio, fornecido em um disquete que acompanha a placa. Como você perdeu esse disquete, a situação será complicada. Sugiro que você tente encontrar o site do fabricante na Internet, ou então algum driver para o chip existente na sua placa de rede. Peguei aleatoriamente uma placa de rede em meu laboratório e encontrei no chip principal, a inscrição UK0022. Usei o Altavista para procurar por UK0022 e achei uma lista de arquivos relacionados com “clones de NE2000”. Fiz o download do arquivo UK0022.ZIP encontrado em um desses links, e os utilitários existentes funcionaram com minha placa. Também pude instalar a placa usando os drivers que obtive no arquivo UK0022.ZIP.

25) Ligação RJ-45 sem HUB
Tenho dois computadores Pentium II/300, e com placa de rede para conexão com cabo RJ-45. Fiquei sabendo que é possível a ligação de dois computadores sem a utilização de HUB e gostaria de saber como devo fazer esta ligação.
Resposta:
A forma mais simples de ligar dois PCs é usando o cabo coaxial (conector BNC) com terminadores em ambos os PCs. Usando cabos RJ-45, a conexão pode ser também feita sem HUB (apenas no caso da ligação de dois PCs, de três em diante é necessário usar o HUB). Para isto é preciso utilizar um cabo RJ-45 trançado (crossed). Se você não encontrar este cabo pronto, use um cabo comum, corte-o e faça as seguintes ligações: 1-3, 2-6, 3-1, 6-2. Em outras palavras, o cabo estará com as ligações 1-1, 2-2, 3-3 e 6-6. Ao cortar o cabo, ligue o fio 1 do primeiro conector ao fio 3 do outro conector, ligue o fio 2 do primeiro conector ao fio 6 do outro conector, e assim por diante.

26) Modem encontra linha de ramal sempre ocupada
Tenho duas linhas telefônicas perto do meu computador. Uma delas é de sistema de linha/ramal (para acessar a linha é preciso discar 0 antes), a outra é direta. Só consigo conectar com a Internet através da linha direta. A que necessita a discagem do 0 sempre afirma que está ocupada.
Resposta:
Os tons de discagem (dial tone) de centrais PABX nem sempre estão nos padrões de freqüência reconhecidos pelos modems. Podem desta forma surgir mensagens como No Dial Tone (sem tom de discagem) ou Busy (linha ocupada). Para resolver este problema é preciso alterar as configurações do modem. Abra a pasta da Rede Dial-Up, aplique um clique com o botão direito do mouse sobre o ícone da conexão e escolha a opção Propriedades. Ao lado do nome do modem clique sobre o botão Configurar. Selecione a guia Conexão e clique no botão Avançadas. No campo Configurações Adicionais acrescente X3. Isto fará com que o seu modem sempre reconheça o tom de discagem (mesmo que ele não exista). Esta é a forma de compatibilizar a detecção de tons de discagem com tons de centrais PABX fora do padrão. É aconselhável acrescentar algumas vírgulas (pausas de 2 segundos) antes do número do telefone a ser discado, pois a discagem começará imediatamente, mesmo que o tom de discagem ainda não esteja presente.

27) Download lento
Meu PC é um Pentium-233 com 48 MB de EDO DRAM e Windows 98. O modem é de 56k bps e o provedor fica a uma distância de 170 km. Gostaria de saber se quando é efetuado um download é normal a taxa de 600 bytes/s, sendo a conexão feita na faixa de 25.000 bps, e o que poderia ser feito para melhorar esta conexão.
Resposta:
A baixa taxa de transmissão é comum mesmo com provedores, linhas e modems rápidos, em períodos nos quais a Internet está congestionada. Você pode comprovar isto experimentando fazer um download bem cedo, entre 4 e 7 da manhã. Você verá que a taxa de transferência será bem maior. Neste caso não há solução para o problema, apenas deixar para fazer download em horários menos congestionados. O horário do almoço também é razoavelmente descongestionado.

28) Modem com baixa velocidade
Há 6 meses comprei um modem “US Robotics Sportster Voice 33.6 PnP Fax Internal”. No começo tudo foi bem, o modem estava operando a 33.600 bps mas atualmente andei notando que a velocidade caiu para 19.800 bps e às vezes até 16.800 bps, o que torna o acesso à Internet muito lento. Como fazer para o modem voltar a operar a 33.600 bps?
Resposta:
Abra a janela Acesso à Rede Dial-Up, clique o ícone da conexão com o botão direito do mouse e escolha a opção Propriedades. Ao lado do nome do modem, clique sobre o botão Configurar. No quadro de configurações apresentado selecione a guia Geral. Escolha para a conexão a velocidade máxima, que é 115.200 bps. A conexão será feita a 33.600 bps e utilizará compressão de dados, o que tornará a taxa ainda melhor quando os dados puderem ser comprimidos (em páginas html, por exemplo). Selecione a guia Conexão e clique sobre o botão Avançadas. Marque as opções “usar controle de erro”, “requerido para conexão” e “compactar dados”. Programe o controle de fluxo como “hardware CTS/RTS”. Isto deixará o seu modem corretamente configurado para operar na máxima velocidade. Note entretanto que a conexão só pode ser feita a 33.600 bps quando a qualidade da linha telefônica permite. Um sinal telefônico fraco ou ruidoso obrigará o modem a descartar as velocidades mais altas, operando com uma taxa de transmissão menor. A qualidade do sinal telefônico pode também ficar degradada quando é feita a instalação de uma extensão na mesma linha. O telefone que é ligado na parte traseira do modem não causa problema algum, pois é automaticamente desconectado quando o modem faz uma ligação, mas outros telefones em extensões poderão afetar a qualidade dos sinais que chegam ao modem.

29) Controlando o volume do modem
Possuo um modem marca Divicom 33.600P Internal Fax/Modem (Voice) e gostaria de saber se existe alguma forma de não ouvir o barulho dele durante a conexão à Internet. Nas propriedades dele no Painel de Controle eu diminuí o volume até chegar no “desligado”, mas ainda assim o barulho da conexão é alto.
Resposta:
Este é um erro muito comum. As propriedades do modem o Painel de Controle são globais, e usadas apenas por programas que não possuem configurações próprias. No caso das conexões com a Internet, as propriedades válidas são as definidas nas conexões encontradas na pasta “Acesso à Rede Dial-Up”, em Meu Computador. Clique a conexão desejada com o botão direito do mouse e no menu apresentado escolha a opção Propriedades. Na guia Geral você encontrará o nome do modem. Clique sobre o botão Configurar localizado abaixo do nome do modem. Selecione a guia Geral, e você verá um quadro de configuração similar ao existente no Painel de Controle. Regule o volume do alto falante (note que muitos modems não permitem variações de volume, apenas ligado e desligado). A configuração que você fez não funcionou porque esta existente no Acesso à Rede Dial-Up tem precedência sobre a do Painel de Controle, e portanto o volume indicado aqui era o utilizado durante a conexão.

30) Demora na conexão com a Internet após a digitação da senha
Quando conecto com a Internet, depois que digito a senha, demora mais ou menos 5 minutos para conectar. Porque isso acontece?
Resposta:
Provavelmente está sendo utilizada desnecessariamente a opção Efetuar Logon na Rede, e você deve retirá-la. Para isto abra a janela Acesso à Rede Dial-Up, clique o ícone da conexão com o botão direito do mouse e escolha a opção Propriedades. No quadro apresentado selecione a guia Tipos de servidor. Desmarque então a opção Efetuar Logon na Rede. A rede citada nesta opção não se aplica a provedores de acesso à Internet. Usamos esta opção quando queremos ligar para outro computador via modem, passando a ter acesso à rede na qual ele está conectado. Para acessos à Internet, deixe esta opção desativada.

31) Modem não reconhece tom de discagem
Tenho um Pentium-166 MMX (Blaster) com modem Rockwell 33.6 DPF Internal PnP. O problema é que quando mando discar, o modem “chama” a linha mas não dá linha, daí eu tenho que desconectar o fio do telefone que entra no modem, reconectar e mandar discar novamente, e só assim funcional. Além disso, depois que eu reconecto o cabo do telefone em tenho pouco tempo para mandar discar antes que dê o mesmo problema. Gostaria de ser auxiliado sobre o que fazer.
Resposta:
Provavelmente isto é um defeito de hardware do seu modem, mas também pode ser alguma configuração mal ajustada. Por exemplo, entre no CMOS Setup e na seção Advanced Chipset Setup programe o item 8/16 bit I/O Recovery com o seu valor máximo. Algumas placas não aceitam corretamente comandos quando este item é programado com valores pequenos. O problema pode também estar na sua linha. Procure levar o seu PC para outro lugar e tente uma conexão com outra linha, de preferência com prefixo diferente. Também vale a pena reinstalar o modem. Para isso use as informações do meu artigo na área de artigos deste site.
Já tive um modem com um problema parecido com o seu: não desligava a linha ao término da conexão, mantendo a linha aberta. A solução que empreguei pode ser usada por você, apesar de ser um paliativo. Abra o fio externo do cabo que liga o computador à tomada telefônica. Dos 4 fios internos do cabo, os dois do meio são os usados pela linha. Escolha um deles e corte-o (deixe os outros três fios intactos. Nas extremidades expostas do fio cortado, faça uma emenda de um par de fios. Este par de fios deve entrar no gabinete e ser ligado no botão Turbo. Certifique-se de que este botão não seja mais ligado nem na placa mãe e nem no display digital. A maioria dos gabinetes possui o botão Turbo (exceto os muito recentes), mas a maioria das placas de CPU não o utiliza. Quando você pressionar e depressionar este botão, estará fazendo eletricamente o mesmo que desconectar e conectar a linha. Assim você pelo menos não precisa ir atrás do computador para fazer a operação. É claro que isto é um “gatilho” e não resolve o seu problema, apenas minimiza o incômodo. Ainda assim é melhor que comprar um modem novo.

32) Salvando a senha da Internet para fazer login automático
Não consigo salvar a senha de acesso ao meu provedor, de forma a evitar sua digitação todas as vezes em que conecto à Internet. Como devo agir?
Resposta:
Aplique um clique duplo sobre o ícone da conexão, na janela Acesso à rede dial-up. No quadro apresentado, antes de clicar sobre o botão Conectar, preencha os campos Nome do usuário e senha. Marque também a opção salvar senha. Ainda na janela de Acesso à rede dial-up, clique o ícone da conexão com o botão direito do mouse e no menu apresentado escolha a opção Propriedades. No campo conectar usando, no qual aparece o nome do modem a ser usado, clique no botão configurar. No quadro de propriedades do modem que será apresentado, selecione a guia Opções. Desmarque a opção exibir janela de terminal após discagem. A partir de agora bastará aplicar um clique duplo sobre o ícone da conexão, e não será mais preciso digitar o nome e a senha quando o provedor atender.

33) Problemas de protocolos na conexão com a Internet
Estou com Dial-Up configurado da maneira ideal, conforme a provedora. Não tenho rede e sempre que tento conectar na Internet, o dial-up conecta e começa a fazer a verificação do usuário e da senha, então me apresenta o seguinte erro: “A rede dial-up não pôde negociar um conjunto compatível de protocolos de rede especificados nas configurações do Tipo de Servidor”.
Resposta:
Abra a janela Rede Dial-Up, clique o ícone da conexão com o botão direito do mouse e no menu apresentado escolha a opção Propriedades. Selecione a guia Tipo de servidor. Marque apenas as opções Ativar compactação de software e TCP/IP. Deixe as demais opções desmarcadas. É muito comum o uso indevido de opções neste quadro, o que resulta em lentidão ou mesmo impossibilidade de conexão. A opção Efetuar logon na rede é a mais usada indevidamente. Não deve ser usada em conexões com a Internet. É usada apenas quando a Rede Dial-Up é utilizada para conectar dois computadores (cliente e servidor), e o PC cliente precisa ter acesso à rede na qual este servidor está conectado.

34) Arquivos temporários no Navigator e no Explorer e abertura de páginas salvas em disco
Onde ficam guardados os arquivos temporários, das páginas já visitadas com o Netscape? E no caso do Internet Explorer? Não consigo em alguns sites, fazer a navegação Offline. Também não consigo abrir certas páginas, já no formato HTM, já gravadas em disco. Como faço para salvar páginas, inclusive com figuras?
Resposta:
Em qualquer navegador você encontra um comando para definir a localização doa arquivos temporários da Internet (termo usado pela Microsoft), ou cache (termo usado pela Netscape). No Navigator 4.x, use o comando Edit / Preferences. Clique sobre o sinal “+” ao lado da guia Advanced, e será expandido o menu Cache. Selecione-o e o quadro de configurações mostrará a localização e o tamanho da cache de disco e também o tamanho da cache de memória. O local default para a cache no Navigator 4.x é:
C:\Arquivos de programas\Netscape\Users\default\cache
Você pode entretanto especificar outro diretório para esta função. No Internet Explorer, use o comando Exibir / Opções da Internet e selecione a guia Geral. Ao lado do campo Arquivos temporários, clique sobre o botão Configurações. Você poderá então selecionar o local para este diretório, bem como definir o seu tamanho.
Note que em ambos os navegadores você encontrará também opções para declarar em que ocasiões serão utilizados os arquivos da cache. As opções são Nunca, uma vez a cada sessão e uma vez a cada visita de página. Recomendo o uso da opção Uma vez a cada sessão.
A navegação off-line é a melhor forma de acessar páginas visitadas sem o computador estar conectado na Internet. É preciso definir uma cache de tamanho razoável para que as páginas não expirem. Se você quer que certas páginas sejam armazenadas definitivamente para navegação offline, inclusive com figuras, use o comando Editar do Internet Explorer. Este comando pode ser executado a partir de um ícone na sua barra de ferramentas. Será aberto o Front Page Express (no caso do Windows 98), a partir do qual você poderá usar o comando Salvar e usar o botão Como Arquivo. Especifique o diretório no qual serão armazenados, tanto o arquivo HTML que forma a página como os arquivos GIF e JPG que formam as suas figuras, além de outros elementos embutidos.

35) Procuro driver para modem PCTel
Gostaria de saber como posso encontrar o driver do modem PCTel PCT288PNP, visto que no endereço www.pctel.com não existe download.
Resposta:
A primeira coisa a fazer para encontrar um driver é procurar entre aqueles que acompanham o Windows. Ao fazer a instalação do modem e escolher a opção “Exiba uma lista…”, é apresentada uma lista de fabricantes e outra de modelos. No caso do seu modem, nem mesmo entre os drivers do Windows 98 existe referência a este fabricante. A segunda coisa a fazer é tentar localizar o site do fabricante, mas você já tentou isso e não conseguiu. Neste caso recomendo procurar em http://www.drivershq.com. Se mesmo assim não encontrar, entre em um site de busca como o Altavista e comande a pesquisa pelo nome do modem. Você poderá encontrar algumas dezenas de links para páginas onde existem perguntas de usuários sobre drivers para o seu modem, ou qualquer que seja o produto. Procurando pacientemente entre essas perguntas, podemos encontrar algumas respondidas. Se não conseguir encontrar, existe mais um método: anote o número do chip principal existente no seu modem e procure por este nome na Internet. Muitos fabricantes de placas são um pouco “anônimos”, limitando-se apenas a construir produtos usando chips de outros fabricantes, porém sem prestar nenhum tipo de suporte. Você não perguntou, mas vou aproveitar para divulgar um fato importante: modems baratos podem dar dores de cabeça, desde defeitos, incompatibilidade e bugs à falta de suporte do fabricante. Se quiser comprar um bom modem, com boa qualidade e bom suporte, recomendo os da 3COM/U.S. Robotics, Diamond e Motorola.

36) Modem de 56k só conecta em baixa velocidade
Tenho uma placa fax/modem de 56k bps porém só consigo conexões a 14.400 bps e até no máximo 19.200 bps.
Resposta:
A linha telefônica precisa ser de boa qualidade, o modem precisa estar com upgrade para 56k, o seu provedor de acesso precisa estar preparado para operar a 56k, o driver correto para o seu modem precisa estar instalado, e o Windows precisa estar configurado para a velocidade máxima de 56k bps. Acredito que o problema não está na sua linha telefônica, pois mesmo nas de pior qualidade são obtidas velocidades maiores que essas. O ponto mais crítico é o provedor de acesso. Muitos deles ainda utilizam modems de 33.600 bps. Certifique-se com o seu provedor se linhas de 56k bps estão disponíveis.
Os modems de 56k bps produzidos antes do início de 1998 ainda não seguiam o padrão mundial V.90, estabelecido em fevereiro de 98. Você precisa acessar o site do fabricante na Internet e fazer o download do software que atualiza a Flash ROM do seu modem com o novo protocolo V.90. Também é preciso fazer a instalação do driver próprio para o seu modem, também obtido pela Internet. Finalmente, através do quadro de propriedades do modem, a partir do Painel de Controle, configure a velocidade máxima de operação, que pode estar indevidamente programada para um valor baixo.

37) Modem Genius é incompatível com o AMD K5?
Tenho um micro K5 PR-100/ com 32 Mb de RAM e modem US Robotics de 14.400. Estou comprando um modem Genius 56k, mas ouvi dizer que o Genius é incompatível com meu K5, por ter configuração mínima de Pentium 100. Isso é verdade? O K5 PR100 equivale a qual processador?
Resposta:
Não, este tipo de coisa não existe. Um certo produto não pode ser dito incompatível com determinado processador. O que existe na verdade são requisitos mínimos de hardware que certos produtos exigem. Veja por exemplo o caso dos soft modems. São modems baratos que, ao invés de terem um processador de sinais digitais apropriado, exige que o processador da placa de CPU realize este trabalho. Para que isto funcione, esses modems requerem processadores dotados de tecnologia MMX, e com clocks a partir de 200 MHz. Se este modelo que você pretende comprar é um soft modem, não funcionará no seu computador, não devido ao K5, mas devido ao fato do seu clock ser mais baixo. Um Pentium-166 sem MMX também pode apresentar dificuldades para funcionar com este modem. Se o seu processador é um K5 PR100, seu desempenho é equivalente ao de um Pentium de 100 MHz. Aproveite ainda para ler meu tutorial sobre microprocessadores, na área de artigos deste site.

38) Velocidades do processador e do acesso à Internet
Possuo um micro Pentium/166 MMX, com 64 Mb de RAM, modem Diamond SupraExpress de 56 Kbps PCI, HD de 3.2 Gb. Gostaria de saber se a velocidade de acesso à Internet sofre alguma influência do computador (memória, CPU, etc.)? As linhas digitais dos provedores são melhores?
Resposta:
A velocidade de conexão pode ou não ser influenciada pela velocidade do processador. Os modems conhecidos como Soft modems (alguns fabricantes usam nomes mais bonitos, como HSP = Host Signal Processor) podem apresentar baixa velocidade de conexão caso o processador não seja dos mais velozes (tipicamente o problema ocorre abaixo de 200 MHz). Esses modems não possuem DSP (processador de sinais digitais), e por isso são mais baratos. O trabalho do DSP é realizado pelo processador da placa de CPU. Como o processador fica ocupado com o trabalho que seria do modem, quanto mais lento é o processador, mais perceptível será a sua queda de desempenho. Em um processador de, digamos, 400 MHz, praticamente não notamos diferença, mas em um de 200 MHz chegamos a perceber alguma lentidão. Abaixo de 200 MHz a lentidão é ainda mais acentuada, chegando a um ponto em que é inviável manter uma conexão na faixa de 56k, sendo preciso operar com taxas mais baixas. Nos casos de modems completos (os que possuem DSP), que normalmente são mais caros (por isso você vai encontrar modems de 200 reais e modems de 50 reais), não existirá influência entre a velocidade do processador e a velocidade da conexão. Quanto às linhas “digitais” dos provedores, realmente são melhores que as que vão até nossas residências e escritórios. Geralmente os provedores estão localizados próximos à central telefônica, é menor a interferência e outros tipos de distorção que podem ocorrer ao longo do caminho.

39) Para utilizar o viva-voz do modem
Tenho uma placa fax modem SupraMax 56i Voice PCI , da Diamond Multimídia Inc. Gostaria de saber o que devo fazer para utilizar essa placa em ligações telefônicas, em conversas viva-voz (com se fosse um aparelho de telefone), e também para enviar e recebe fax.
Resposta:
O uso do modem como telefone viva-voz requer um software que possua este recurso, e também um voice modem dotado de capacidade de operação em viva-voz (speakerphone). Para saber se um modem possui tal capacidade, existem várias formas. Uma delas é consultando o seu manual. Outra é através de comandos AT, que podem ser dados através do programa Hyperterminal (Programas / Acessórios / Comunicações). O comando ATI7 mostra os protocolos suportados pelo modem (por exemplo, indica se o modem é V90), e em alguns modelos também informa se é “speakerphone capable”. Em outros modems esta informação é obtida com o comando ATI10. Especificamente no seu caso, use o comando AT#VLS=?. Serão listados números que indicam os recursos do modem. O recurso 6, caso seja listado, indica que o modem pode operar em viva-voz. Este comando é explicado no manual do seu modem, contido no CD-ROM que o acompanha. Procure pela palavra “speakerphone” para informações a respeito. No caso de modems capazes de operar como viva voz, verifique se o programa que o acompanha (no caso do seu, provavelmente é o FaxTalk) tem o comando “speakerphone”. Portanto o programa que acompanha o seu modem pode operar com viva-voz, mas o seu modem não.

40) Problemas com o Internet Explorer
Após navegar na Internet por umas duas horas, o Explorer pára para abrir as páginas, apesar da dial-up estar conectada e ativa na barra de tarefa. Consigo abrir novas páginas somente depois de fechar a conexão com o provedor e voltar a discar a nova conexão. Mas, o problema volta a se repetir, após certo tempo navegando. Meu equipamento é um Pentium 233 MMX, HD 4.3, 32 MB de RAM, placa fax/modem de 33,6 e Windows 98. Também gostaria de saber como é feita a cobrança das conexões e discagem. É cobrado algum impulso, enquanto o discador automático fica discando repetitivamente até conseguir a conexão?
Resposta:
Esvazie a pasta de arquivos temporários da Internet. Quando esta pasta está muito cheia, problemas como este podem ocorrer. Use no Explorer o comando Exibir/Opções da Internet, selecione a guia Geral e no campo de Arquivos Temporários, use o botão Excluir Arquivos. Se o problema persistir, faça uma atualização no Internet Explorer, operação feita gratuitamente através do site da Microsoft, www.microsoft.com.br.

41) Um modem para vários PCs
Tenho vários PCs ligados em rede, mas apenas um deles possui modem. Quero saber como faço para acessar a Internet a partir dos outros PCs que não têm modem.
Resposta:
Tipicamente a solução para este problema é instalar um software chamado Servidor Proxy, entretanto este tipo de software é difícil de configurar, pelo menos para usuários comuns. Ao invés disso, você pode instalar no PC que possui modem, o Windows 98 segunda edição. Um dos recursos interessantes deste sistema é o compartilhamento de conexões com a Internet. Os demais PCs, mesmo que utilizem o Windows 98 original ou o Windows 95, passarão a ter acesso à Internet através da rede. Verifique nos cadernos de informática deste jornal publicadas nas últimas semanas, pois recentemente fiz uma análise do Windows 98 segunda edição onde ensino detalhadamente como configurar o compartilhamento de conexão com a Internet.

42) Modem HSP trava no acesso à Internet
Tenho dois problemas com meu Pentium MMX 166 MHz, HD 2.1 MB, 64 RAM, 648 MB de memória livre no HD e uso o Windows 98. Um dos problemas se refere à seguinte questão: comprei uma placa de modem PCTel HSP56 Micro Modem Data/Fax/Voice Modem. O computador começou a travar usando a Internet e principalmente quando usava o ICQ. Desinstalei o mesmo, mas foi em vão. Depois disso, notei que mesmo off-line, ele travava quando eu abria alguma imagem que havia copiado on-line. O modem tem vários países como opção de uso, mas não tem o Brasil. O fabricante recomenda que se use os Estados Unidos e, neste caso, se torna mais lento. Por fim, o modem é instalado na porta COM4 automaticamente. Você recomenda usar a COM2? No meu caso, como devo proceder?
Resposta:
O modem que você utiliza é do tipo HSP (Host Signal Processor), ou seja, não possui um processador de sinais próprio. O trabalho que seria do modem está sendo realizado pelo processador. Como resultado, ocorrerá queda no desempenho do processador. Como você utiliza um Pentium MMX-166 (muitos desses modems recomendam no mínimo um Pentium MMX/150, portanto você está apenas um pouco acima do mínimo) a elevada carga de trabalho pode ser a responsável pelos travamentos. Para tirar a dúvida, configure o seu modem para conectar no máximo a 14.400 bps. Para isto, abra a pasta de acesso à rede Dial-Up, clique o ícone da conexão com o botão direito do mouse e escolha a opção Propriedades. Na guia Geral, abaixo do nome do modem, clique no botão Configurar. No quadro apresentado você poderá selecionar a velocidade a ser utilizada. Com uma velocidade menor, o processador terá menos trabalho. Se com esta alteração os travamentos cessarem, fica caracterizado que o seu processador é muito lento para utilizar o sistema HSP. Diga-se de passagem que os chamados “soft modems” são bastante baratos, mas devem ser evitados porque “roubam” uma parcela considerável do desempenho do processador. Para que você não fique limitado a utilizar a Internet com conexões de baixa velocidade, sugiro a instalação de um modem de melhor qualidade, que não seja “soft modem”. Se quiser manter este modem e sua placa de CPU permitir, você poderá instalar um processador mais veloz, como o AMD K6-2/300. Verifique no manual da sua placa de CPU quais são os processadores suportados.

43) Configuração MAXMTU na conexão com a Internet
Como faço para configurar o buffer de recebimento e o buffer de transmissão para ganhar melhor performance possível? Possuo Windows 98, Netscape 4.5 (Inglês), modem 56 Kbps e linha central digital.
Resposta:
Trata-se da regulagem de MTU (Maximum Transmition Unit), utilizada para casar o tamanho do pacote de dados utilizada pela conexão Dial-Up com a utilizada pelo seu provedor de acesso. No Windows 98, o ajuste é feito pelo Painel de Controle. Use o comando Rede e aplique um clique duplo sobre o Adaptador Dial-Up. Selecione a guia Avançada abra a opção Tamanho do pacote IP. As três primeiras opções são Grande (1500 bytes), Médio (1000 bytes) e pequeno (576 bytes). A opção Automático determina o tamanho ideal dependendo da conexão utilizada, e esta é a opção recomendada. Mesmo assim você pode alterar manualmente o tamanho (é preciso reiniciar o computador após a alteração) e verificar a alteração no desempenho. Você encontrará maiores informações sobre o assunto em:
http://www.windows-help.net/maxmtu.html

44) Dúvidas sobre segurança na Internet e Favoritos
Como manter minha homepage que acabei de publicar seguramente intocável e como travar ou esconder os códigos de fonte? Como apagar a lista dos meus favoritos?
Resposta:
Não cabe ao usuário manter a home page intocável. Esta tarefa é responsabilidade do servidor que está hospedando a página. Em situação protegida, os arquivos hospedados podem ser apenas lidos, não podendo ser alterados por terceiros (hackers, por exemplo). Freqüentemente ouvimos notícias de que alguns sites de órgãos públicos têm sido alterados por hackers que fazem alterações de teor político. Em geral esses sites têm seus próprios servidores, e o sistema de segurança deles é fraco ou inexistente. Se quiser total segurança, procure um servidor (hospedeiro) que ofereça fortes mecanismos de segurança. Por via das dúvidas, tenha sempre no seu computador uma cópia do conteúdo da sua home page para que possa transmiti-la novamente em caso de problemas que não possam ser recuperados pelo servidor. Note que nos casos de invasão por hackers, em geral o servidor providencia a restauração dos dados originais, feitos a partir do backup, mas mesmo assim os provedores não assumem total responsabilidade pela realização desses backups, que devem ser também providenciados pelo dono da home page.
É fácil apagar a lista dos Favoritos. Basta abrir a pasta C:\WINDOWS\FAVORITOS e excluir os arquivos nela existentes.

45) Problemas com modem e ajustes no CMOS Setup
Tenho um AMD k6-2 350 MHz, placa mãe AGP Pró PC100, 5.1 HD, placa de vídeo Diamond 4 MB, kit multimídia 32 X, monitor Samsung 14″, placa fax/modem US Robotics V90 56 Kbps com voice, Windows 98. O micro foi montado e configurado por mim e nunca apresentou problema. Mas, depois de instalar a placa de fax, configurar o Internet Explorer, cadastrar num provedor… não conseguia acessar o provedor. A comunicação com o modem era perfeita, mas continuava a receber mensagens ao tentar conectar: “impossível acessar o site… falha no provedor… reconfigure sua rede dial-up”. Em outro micro, instalei a placa e o acesso foi tranqüilo. Instalei uma placa 33.600 Kbps no meu micro e o acesso também foi tranqüilo. Durante o boot, entrei no CMOS setup e em chipset fatures setup na linha Bank 0/1 DRAM Timing: onde estava indicado SDRAM 8 ns passei para a opção Normal. Salvei a reiniciei a máquina. Já no Windows 98, entrei no Internet Explorer e consegui acessar sem problemas. Resolvi a questão mudando a velocidade de acesso à memória? Tornei a colocar em 8 ns e o acesso continua ok. Realmente, não sei mais se esse detalhe era a causa desse problema. Por favor, me esclareça.
Resposta:
Travamentos nem sempre têm lógica. Já tive por exemplo problemas sérios com uma placa de PC Chips com um Pentium-233 MMX: não conseguia instalar o Windows 98, sempre ocorria travamento. Reduzi o clock para 133 MHz e consegui instalar. Depois disso voltei o clock para 233 MHz e o Windows 98 funcionou perfeitamente. Apenas a instalação não estava funcionando a 233 MHz. Talvez no seu caso, parte do programa de instalação do acesso à Internet não funcione com a configuração original (8 ns), mas uma vez instalada funciona perfeitamente, mesmo com a configuração de 8 ns. A forma correta de configurar a velocidade da SDRAM é verificando o seu tempo de acesso. Se for 8 ns (ou 125 MHz), deixe o Setup configurado como 8 ns. Módulos de memória de 10 ns (100 MHz) não devem ser colocados para operar a 100 MHz, é preciso usar uma margem de segurança, ficando a 66 ou 75 MHz. Verifique o tempo de acesso da sua SDRAM e verifique também como estão configurados os jumpers da sua placa de CPU no que diz respeito ao clock externo do processador e à velocidade das memórias.

46) Modem não reconhece sinal de ocupado
Porque algumas vezes o modem não reconhece o sinal de ocupado de uma linha telefônica e, ao invés de rediscar ele emite sinal de ocupado? O que leva o modem ficar travado durante uma conexão, como se o servidor tivesse parado? Aparecem janelas informando que não foi possível contatar a URL. O que ocorre de verdade? O meu modem é um U.S. Robotics 33600 com voice e a máquina é um Pentium 233 com 64 Mb de RAM e a linha é analógica.
Resposta:
O não reconhecimento do sinal de ocupado, bem como o do tom de discagem, ocorre devido a pequenas diferenças entre a freqüência emitida pela central telefônica e a freqüência esperada pelo modem. O problema é mais comum em centrais PABX, que não necessariamente utilizam os mesmos tons que a companhia telefônica. O reconhecimento do sinal de ocupado também precisa ser habilitado por uma string de configuração do modem. Na configuração default, o reconhecimento deste tom (BUSY) é habilitado, porém em alguns casos o usuário emprega configurações adicionais (comandos AT) que podem desabilitar este reconhecimento (ATX2). O modem pode ficar “travado” sobretudo em casos de lentidão na Internet ou no próprio provedor. Por exemplo, ao fazer o download de uma imagem, a recepção pode ficar estacionada. O uso do botão Atualizar reinicia o carregamento interrompido. Erros na linha telefônica também podem causar paralisação da recepção. Janelas informando que não foi possível conectar a uma determinada URL podem aparecer devido a essas paralisações, porém também podem ocorrer quando o site que você tentou acessar está com problemas. O site pode estar sendo atualizado, ou então o hospedeiro pode estar sobrecarregado. Quando isto ocorre é melhor tentar acessar o mesmo endereço mais tarde.

47) Som da discagem
Tenho um micro K6 2 350, 4.3 de HD, modem de 56k e caixas de som Troni. Atrás do gabinete há uma saída de som multimídia. Quando conecto minhas caixas de som a esta saída, consigo ouvir perfeitamente todos os sons emitidos pelo Windows, como sons de alerta, etc. Porém, quando tento fazer uma conexão para a Internet ou uma ligação para um telefone qualquer, não consigo ouvir o som de discagem e também o som da pessoa ou da conexão sendo efetuada. mais abaixo, na placa de fax modem, há uma outra saída, que quando conecto as caixas de som, consigo ouvir o som de discagem, fala e conexão. A saída em que consigo ouvir os sons emitidos pelo Windows está designada como “Line Out”. já a saída de fax modem está representada por esse símbolo (()).O que posso fazer para que os sons emitidos pelo Windows e os sons de discagem e conexão possam ser transmitidos pelas mesmas caixas de som, ou será que, nesse caso, terei que adquirir novas caixas de som, independentes, para que possa ouvir o que não é emitido nas outras?
Resposta:
Normalmente as placas de som possuem um alto falante próprio (pequeno e fixo na parte interna da placa, sem necessidade de conexões) para reproduzir os tons de discagem e da conexão em andamento. Se a sua placa possui este alto falante, você pode ativá-lo através do quadro de propriedades do modem, no Painel de Controle. Nele você encontrará um controle de volume para este alto falante. Por outro lado, se a sua placa realmente não possui este alto falante, a solução é ligar uma pequena caixa de som, que pode até ser barata, na saída Line Out do modem, ou melhor ainda, ligar esta saída na entrada Line In da sua placa de som, que provavelmente está sem uso. Para isto você precisará comprar apenas um cabo com conectores P2 estéreo em ambas as extremidades. Use o controle de volume do Windows (clique no alto falante da barra de tarefas, ao lado do relógio) para habilitar os sons provenientes da entrada Line In da placa de som. Você passará então a ouvir os sons do modem pelos alto falantes da placa de som.

48) Modem sem Internet
Tenho uma amiga que não possui acesso à Internet, uma vez que sua máquina é um 486 com apenas 8MB de RAM. Gostaríamos de saber se poderíamos entrar em contato através do Modem e mais especificamente através do Hyper Terminal. Caso a resposta seja positiva, poderia nos ensinar como fazer? Já tentamos anteriormente sem sucesso.
Resposta:
Existem outras formas simples de fazer esta ligação. Se ambas usam o Windows 95 ou superior (mesmo um 486 com 8 MB pode usar o Windows 95), o computador dela pode acessar o seu para efeito de transmissão e recepção de arquivos, através da Rede Dial-Up. A ligação entre os computadores ocorrerá exatamente como se estivessem ligados a uma rede local. A diferença é que a taxa de transmissão será baixa, característica das transmissões via modem (cerca de 3.500 bytes por segundo usando modems de 33.600). Uma outra opção é utilizar os programas de comunicação que acompanham o seu modem, como o Quick Link ou o Rapid Comm. Nesses programas você encontrará o modo Host, no qual um computador passa a servir outro, sendo conectado pela linha telefônica. O computador cliente poderá transmitir e receber arquivos (upload/download) e trocar mensagens (chat) com o computador hospedeiro (host).
Para usar o HyperTerminal, use no seu computador o comando Chamar / Esperar uma chamada. No outro computador, use o comando Chamar / Chamar e preencha o número do telefone do computador que fará o atendimento. Feita a conexão, use os comandos Transferir / Enviar arquivo (transmissão) e Transferir / Receber arquivo (recepção).

49) Para configurar a rede
Tenho dois computadores e quero ligá-los em rede. Já instalei as placas de rede. Agora tenho que configurar a rede, como devo fazê-lo?
Resposta:
Acho que estou correto em supor que você usa o Windows 95 ou o Windows 98. Também é relativamente fácil fazer a configuração de rede no Windows 3.11, mas acho que não é o seu caso. Tanto no Windows 95 como no Windows 98, a configuração da rede é feita pelo comando REDE no Painel de Controle. Você já deve ter instalado as placas de rede, o primeiro passo da instalação. Será preciso agora instalar o protocolo de comunicação, o servidor e o cliente de rede. Sugiro que você instale a chamada Rede Microsoft, que já é fornecida com o Windows. No quadro de configuração de rede, use o botão Adicionar. No quadro seguinte marque a opção Protocolo e clique em Adicionar. O próximo quadro terá uma lista de fabricantes e de protocolos. Escolha Microsoft na lista de fabricantes e NETBEUI na lista de protocolos. Voltando ao quadro de configurações de rede, selecione a guia Identificação. Defina o nome do computador, a descrição do computador e o grupo de trabalho. O nome e a descrição do computador são de sua livre escolha, mas o grupo de trabalho deve ser o mesmo em ambos os computadores. Novamente no quadro de configurações de rede, use Adicionar, a seguir Cliente e Adicionar. Selecione Microsoft e Cliente para redes Microsoft. Novamente no quadro de configurações de rede, use Adicionar, Servidor, Adicionar. Selecione a opção Serviço de compartilhamento de arquivos e impressoras em redes Microsoft.
Será feita a leitura dos drivers necessários a partir do CD-ROM ou disquetes de instalação do Windows. Feito isto o computador precisará ser reiniciado. Depois de reiniciar, você precisará decidir se um ou ambos os computadores irão atuar como servidores. Um servidor é aquele que permite que outros computadores tenham acesso aos seus arquivos e impressoras. Se apenas um dos computadores irá atuar como servidor, o outro atuará apenas como cliente, e neste você não precisará instalar o serviço de compartilhamento de arquivos e impressoras quando configurar a rede. Para que um drive ou pasta de um servidor passe a ser acessível pelos demais PCs da rede, basta clicá-lo com o botão direito do mouse e no menu apresentado escolher a opção Compartilhamento. Dê então um nome ao recurso compartilhado e estabeleça uma senha para acesso. Feito isto, use no cliente o comando Ambiente de Rede, e nele dê um clique sobre o servidor e a seguir sobre o recurso a ser acessado. Será pedida a senha de acesso, a mesma que você usou quando definiu o compartilhamento. Poderá então acessar o drive ou diretório do servidor, exatamente da mesma forma como acessa um drive local.

50) PC trava muito na conexão com a Internet
Meu PC é um Pentium II/350, vídeo com 8 MB, 64 MB de RAM e modem Motorola de 56k (só consigo conectar a 28.800, mas isto é outro problema). O problema principal é que este PC está travando muito, principalmente quando estou conectado à Internet. Gostaria de alguma ajuda.
Resposta:
Travamentos são problemas bastante incômodos para o usuário, pois tiram totalmente a confiabilidade do computador. Também para o técnico que precisa consertar o PC, o travamento é incômodo, pois as origens podem ser várias. Com um pouco de sorte, o próprio usuário pode resolver alguns dos problemas que causam travamentos: Uso de um estabilizador de voltagem, a proteção do computador contra a poeira e a umidade, a reinstalação de drivers e até mesmo o check-up de hardware são algumas das providências. No caso do check-up de hardware, por exemplo, se o problema estiver relacionado com as memórias, será facilmente detectado. Algumas dessas técnicas são ensinadas na área de artigos deste site. O usuário que possui um pouco mais de talento pode até mesmo fazer uma manutenção mais profunda, como desmontar o PC para fazer uma limpeza geral de contatos.
O técnico leva vantagem sobre o usuário, pois em geral tem acesso a um laboratório no qual existem peças sobressalentes que podem ser trocadas, e através de tentativas e erros, acaba descobrindo a causa dos travamentos. Também possui aparelhos que facilitam o trabalho, como o testador de fontes e a placa de diagnóstico. Se você não conseguir resolver o problema com as técnicas que ensino em meu site, sugiro que você procure uma boa assistência técnica.
1) Para visualizar filmes da Internet
Costumo descarregar trailers de filmes da Internet, o que consigo muito bem, mas quando tento rodar o trailer do filme, recebo uma mensagem de que não foi encontrado o arquivo MMJB.EXE. Como conseguir este arquivo?
Resposta:
O Windows é capaz de exibir sozinho filmes em vários formatos (CODECs), sem a necessidade do uso de softwares adicionais. Existem entretanto casos em que é preciso utilizar um visualizador próprio, ou então um Plug-in, quando a visualização é feita a partir de um navegador. Neste caso, no mesmo site onde você obtém os filmes, encontrará também instruções para visualizá-lo. Lá você poderá encontrar o arquivo MMJB.EXE. Em casos como este, também é possível encontrar um arquivo necessário através de uma busca na Internet. Entrando no Altavista (www.altavista.com) e comandando a busca da expressão MMJB.EXE, serão encontradas várias referências a este arquivo. Foi lá que encontrei o endereço http://209.3.114.40/ftp/music, no qual existe disponível o arquivo MMJB.EXE para download.

2) Velocidade de conexão: 115.200 bps
Possuo um Pentium-200 MMX com modem Motorola de 56k que possui capacidade de conexão a 115.200 bps, à qual está configurado para conectar. Ocorre que quando conecto, só consigo no máximo 49.333 bps. Gostaria que você me ajudasse para que eu consiga conexão na velocidade máxima do modem, que é de 115.200 bps. Ficarei grato por qualquer dica.
Resposta:
A linha telefônica trará até seu modem, dados na taxa máxima teórica de 56k bps. Na prática esta velocidade não é atingida, devido ao ruído de quantização. Velocidades próximas de 50k bps são o que obtemos na vida real. Meu modem está ligado a uma linha de central digital, e quase sempre a conexão se dá a 50.666 bps, e em alguns casos a 52.000 bps. O valor que você está obtendo é bem próximo deste limite prático.
A taxa de 115.200 bps não ocorre na verdade ao longo da linha telefônica. Ela é o resultado de uma conexão que utiliza compressão de dados. Quando você faz o download de um arquivo ZIP, JPG ou qualquer outro que contenha dados que não podem mais ser comprimidos, a taxa verificada é mesmo em torno de 50k bps. Seu modem pode atingir a esta taxa quando está transmitindo ou recebendo dados que podem ser comprimidos. Por exemplo, quando você faz o download de um arquivo de texto, ou páginas HTML extensas (os arquivos HTML podem ser bastante comprimidos), serão obtidas taxas bem maiores. Depois da descompressão, o fluxo de dados resultante pode ser até 4 vezes superior (dependendo dos dados) ao verificado ao longo da linha. Portanto, está tudo certo com o seu modem.

3) Mala direta por e-mail
Gostaria de saber se existe uma forma de enviar um mesmo e-mail para vários destinatários, pois preciso enviar uma mala direta eletrônica.
Resposta:
Uma forma simples de fazer isto usando o Outlook Express do Windows 98 é criando no catálogo de endereços, um grupo de destinatários (uma espécie de “pasta” na qual ficam cadastrados os contatos). Ainda no catálogo de endereços clique no grupo com o botão direito do mouse e no menu apresentado escolha a opção Enviar Mensagem. A mesma mensagem será enviada para todos os destinatários do grupo.

4) Modem PCTel não instala
Meu PC é um Cyrix-333 com 64 MB de RAM, Windows 95 OSR2 e modem Pctel 56kFlex. Quando tento instalar este modem, o Windows o reconhece mas está ignorando o driver, mesmo quando forneço o local exato onde está armazenado. Em outro PC este mesmo modem foi instalado com sucesso. Outro problema é que no Word e no Excel ocorrem vários travamentos, por exemplo, quando uso Control-D.
Resposta:
Muitos dispositivos de hardware são instalados da forma como você fez (Windows detecta e a seguir é feita a leitura dos drivers). Para outros modelos, o fabricante oferece um programa de instalação, que ao ser executado faz todas as configurações necessárias, bem como a instalação do driver. É possível que o seu modem recaia nesta segunda categoria. No computador onde foi feita a instalação, caso esteja sendo usado o Windows 98, podem ter sido usados os drivers do Windows, tornando a instalação mais simples. Verifique se você está procedendo de forma correta. No caso da instalação pelo método tradicional, é preciso indicar o diretório no qual está o arquivo de extensão INF, que contém as informações sobre os drivers presentes.
Quanto aos problemas no Office, sugiro que você instale o Service Pack que corrige vários problemas detectados pelos usuários e eliminados pela Microsoft. Vá para www.microsoft.com.br, clique em Downloads, depois Office, e faça o download do Office 97 Service Release 2. Este é o procedimento geral para todos os que enfrentam problemas inexplicáveis com produtos da Microsoft, como travamentos, falta de memória, falhas gerais e quaisquer tipos de anomalias.
Também é oportuno fazer um check-up de hardware no seu computador, pois em caso de mau funcionamento dos seus circuitos, os programas podem realmente sofrer travamentos. Se você possui o programa Norton Utilities pode fazer o check-up com o programa NDIAGS. Na área de artigos deste site existe um artigo que ensina a usar este programa. Se você não possui este software, pode usar o PC-Check, que pode ser obtido gratuitamente em www.eurosoft-uk.com.

5) Lentidão no logon
Como fazer para reduzir o tempo de logon com meu provedor. Notei que depois que passei do Windows 95 para o 98, quando é feita a conexão, passa um tempo muito grande no estado de verificação de senha do usuário.
Resposta:
Na pasta Acesso à rede Dial-Up, clique o ícone da conexão com o botão direito do mouse e escolha a opção Propriedades. Selecione a guia Tipos de Servidor. No quadro apresentado, desmarque a opção Efetuar Logon na rede. Isto resolverá o problema da demora. Esta opção deve ser desmarcada nas conexões com a Internet. É usada quando a rede Dial-Up é usada para conectar-se a outra rede, via modem, visando acessar os recursos desta rede.

6) Servidores Proxy
Gostaria de saber se tem alguma utilidade para mim usar servidores Proxy. Meu computador não está ligado em rede.
Resposta:
O objetivo de um servidor Proxy e permitir que dois ou mais PCs de uma rede tenham acesso à Internet, utilizando para isto uma única conexão. Suponha por exemplo que você tem dois PCs domésticos e apenas um deles tem modem, apenas uma linha telefônica. O uso de um servidor Proxy (nada mais é que um software de compartilhamento) permite que o outro (ou outros) PC tenham acesso à Internet, compartilhando a conexão existente. Configurar este software é um pouco complicado, mas agora com o lançamento do Windows 98 segunda edição, ficou bem mais fácil. Seu recurso mais interessante é o compartilhamento de conexão com a Internet, uma espécie de servidor Proxy embutido. Para usar este recurso, os computadores devem estar ligados em rede, e um deles deve estar conectado à Internet. Todos os demais computadores também poderão acessar a Internet, compartilhando a conexão existente. Apenas o computador que está fisicamente conectado à linha telefônica precisa ter o Windows 98 segunda edição. Os demais computadores podem usar qualquer versão do Windows 95 ou 98.

7) Modem de 56k só chega a 14.400 bps
Tenho um micro Pentium/120 MMX, com 16 MB de RAM e multimídia, com CD-ROM de 16x. Antes da instalar a placa-mãe (Pentium MMX VX Pro-II), o modem USR 33.6K (com upgrade) acessava a Internet a 56 kB; agora, não consigo mais do que 14.400 bps.
Resposta:
O problema do seu modem pode ter várias causas. Por exemplo, a qualidade da linha telefônica pode estar baixa, obrigando a conexão em velocidades menores. Verifique no quadro de propriedades do modem, obtido a partir de Meu Computador / Acesso à Rede Dial-Up, qual é a máxima velocidade programada para o modem. Use o valor 115.200 bps. No comando Modems do Painel de Controle, acesse as propriedades avançadas da conexão e marque a opção “Compactar dados”.

8) Internet sem modem
Existe a possibilidade de acessar a Internet sem placa de fax-modem?
Resposta:
O acesso à Internet pode ser feito sem placa fax/modem. Nesse caso é preciso usar uma rede, e um dos computadores da rede deve estar ligado à Internet e configurado como servidor para os demais computadores.